37% dos bares e restaurantes operaram no prejuízo em julho, diz Abrasel

Segundo o levantamento, pouco mais da metade dos estabelecimentos (54%) têm pagamentos em atraso
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias de trader para trader

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: 37% dos bares e restaurantes operaram no prejuízo em julho, diz Abrasel; invistaja.info;


ECOR3 | Cotacao: 10.21 | ROIC: 0.1688 | Mrg.Ebit: 0.4312 | P/L: -20.68 | Cresc.5anos: 0.0985 | DY: 0.0

ListenToMarket: 37% dos bares e restaurantes operaram no prejuízo em julho, diz Abrasel – Áudio gerado às: 14:40:16

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

Em julho, 37% dos bares e restaurantes operaram no prejuízo. Outros 34% trabalharam no equilíbrio e 29% já tiveram lucro. Os números significam melhora em relação a junho, quando 56% tiveram prejuízo, segundo pesquisa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

De acordo com o levantamento, apenas 16% das empresas não conseguiram honrar integralmente com o pagamento dos salários em agosto, contra 27% da pesquisa de julho.

Pouco mais da metade dos estabelecimentos (54%) têm pagamentos em atraso. Nesse indicador, também houve melhora em relação a julho, quando as empresas nessa situação representavam 64% do todo.

Sabe-se que 79% das empresas do setor têm algum empréstimo contratado. Destas, 37% possuem ao menos uma parcela em atraso.

Em relação aos impostos, 86% das empresas pesquisadas estão inseridas No Simples Nacional. Destas, mais da metade devem o tributo. Dos devedores, 81% convivem com o receio de sair do regime diferenciado em razão das pendências.

hotWords: prejuízo abrasel operaram julho,

Publique seu negócio no invistaja.info

Preços

Dentre os donos de bares pesquisados, 84% creem que o preço de insumos vai aumentar até o fim do ano. Além disso, 43% têm a percepção de que o custo dos insumos aumentou mais de 20% no primeiro semestre, mesmo que o IPCA tenha fechado em alta de 3,77%. Outros 40% dizem que o custo aumentou entre 10% e 20%.

Devido à alta de preços, 65% dos estabelecimentos aumentaram preço do cardápio no primeiro semestre de 2021. 44% dos bares e restaurantes reajustaram suas tabelas entre 5% e 10%. Outros 20% aumentaram entre 10% e 15%. Apenas 4% reajustaram os preços em mais de 20%.

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.

palavras-chave: 37% dos bares e restaurantes operaram no prejuízo em julho, diz Abrasel; invistaja.info;

PORTO ALEGRE | negocios | invistaja.info – 37% dos bares e restaurantes operaram no prejuízo em julho, diz Abrasel

REFLEXÃO: Morgan Housel: Se preocupe somente quando você achar que tiver tudo resolvido.

Veja também:

Ameaça de atentados em Cabul ainda está “ativa”, diz Pentágono

Gigante siderúrgica prevê queda no preço do minério de ferro

Obsessão de Biden com questão ambiental atrapalha “um pouquinho” Brasil, diz Bolsonaro

Solução jurídica para precatórios é extremamente eficaz e tem apoio da Economia, diz Guedes

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade