Publicidade

Arrecadação está em bom caminho sem aumentar impostos, avalia Guaranys

No acumulado do ano até novembro, a arrecadação federal somou R$ 2,008 trilhões, o maior volume para o período da série histórica iniciada em 1995

Negociando na bolsa de valores

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Arrecadação está em bom caminho sem aumentar impostos, avalia Guaranys; invistaja.info;


TFCO4 | Mrg.Ebit: 0.2251 | DY: 0.0128 | P/Cap.Giro: 6.08 | Cresc.5anos: 0.3197 | Liq.2meses: 3150230.0 | P/ACL: 9.01

ListenToMarket: Arrecadação está em bom caminho sem aumentar impostos, avalia Guaranys – Áudio gerado às: 12:40:21

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, avaliou nesta quarta-feira que a arrecadação está em bom caminho sem que o atual governo tenha aumentado impostos. “O aumento real da arrecadação mostra que o setor produtivo, o setor financeiro e o mercado de trabalho estão crescendo e gerando mais impostos”, acrescentou.A arrecadação de impostos e contribuições federais somou R$ 172,038 bilhões em novembro. O resultado representa um aumento real (descontada a inflação) de 3,25% na comparação com novembro do ano passado, quando o recolhimento de tributos somou R$ 157,304 bilhões.No acumulado do ano até novembro, a arrecadação federal somou R$ 2,008 trilhões, o maior volume para o período da série histórica iniciada em 1995. O montante ainda representa um avanço real de 8,80% na comparação com os primeiros onze meses de 2021. “Temos recorde de arrecadação mesmo reduzindo impostos”, destacou o secretário-executivo.Guaranys aproveitou a entrevista coletiva da arrecadação para listar medidas e reformas aprovadas pelo atual governo, que se encerra no último dia deste mês. “Destravamos marcos regulatórios, digitalizamos a economia, desburocratizamos e geramos um choque de produtividade que levaram a resultados de melhor arrecadação, mesmo com redução transversal de impostos”, completou.Aumento racional e qualitativoO secretário especial da Receita Federal do Brasil, Julio Cesar Vieira Gomes, avaliou que o aumento da arrecadação ao longo de 2022 é “racional e qualitativo”. “O governo adotou desonerações neste ano que atingiram praticamente todos os tributos federais, e a arrecadação manteve o seu gráfico ascendente”, destacou.“Bater recordes em praticamente todos os meses do ano não acontece à toa. Isso só foi possível porque os servidores da Receita se empenharam muito”, completou.

palavras-chave: Arrecadação está em bom caminho sem aumentar impostos, avalia Guaranys; invistaja.info;

CALIFORNIA | economia | invistaja.info – Arrecadação está em bom caminho sem aumentar impostos, avalia Guaranys

REFLEXÃO: Michael Kitces, conselheiro financeiro: Invista pensando no longo prazo, não especule, mas, não ignore as flutuações do mercado.

Notícias relacionadas:

Elon Musk entra em discussão no Twitter sobre baixa das ações da Tesla

Investimento direto no país (IDP) soma US$ 8,338 bi em novembro, diz BC

Arrecadação em novembro soma R$ 172,038 bilhões, afirma Receita Federal

IRB (IRBR3) registra lucro líquido de R$ 6,4 milhões em outubro; ações sobem forte

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

plugins premium WordPress