Assembleias de acionistas aprovam combinação de negócios entre NotreDame Intermédica e Hapvida

As companhias anunciaram fusão no final de fevereiro.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias de trader para trader

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Assembleias de acionistas aprovam combinação de negócios entre NotreDame Intermédica e Hapvida; invistaja.info;


CGAS3 | EV/EBIT: 13.0 | P/L: 17.28 | Cotacao: 150.0 | P/EBIT: 10.21 | Mrg.Ebit: 0.2341 | Div.Brut/Pat.: 11.94

LONDRINA | invistaja.info — Em comunicado ao mercado nesta segunda-feira (29), a Hapvida (HAPV3)  informou que a combinação de negócios entre ela e a NotreDame Intermédica (GNDI3) foi aprovada por acionistas nas assembleias gerais extraordinárias realizadas nesta data. As companhias anunciaram fusão no final de fevereiro.

“Conforme anteriormente divulgado, a consumação da Operação permanece sujeita à verificação de condições suspensivas, incluindo a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e pela Agência Nacional de SaúdeSuplementar (ANS), bem como à verificação de outras determinadas condições usuaispara operações deste tipo, conforme estabelecidas no Acordo, sendo certo que a Hapvida manterá o mercado e seus acionistas informados a respeito da verificação de tais condições”, afirma a Hapvida em comunicado.

A empresa destacou que, após a satisfação das condições suspensivas, o Conselho de Administração da Hapvidase reunirá para, nos termos do Acordo: (i) confirmar a satisfação (ou renúncia, conforme o caso) das condições suspensivas da Operação; (ii) registrar a data de eficácia da Operação e da vigência do novo estatuto social da Hapvida, nos termos e condições do Acordo, além de outras deliberações previstas no Acordo. Após a realização da referida Reunião do Conselho de Administração da Hapvida, a companhia divulgará um Fato Relevante a respeito da consumação da Operação, informando a data de consumação da Operação e outras informações relativas à entrega e emissão das ações da Hapvidaaos acionistas da GNDI.

+Canal de Suez diz que tráfego será retomado com desencalhe de navio

Os acionistas da Hapvida, na condição de acionistas da sociedade incorporadora, não terão direito de retirada em decorrência da Operação. Os acionistas da GNDI também  não terão direito de retirada em decorrência da Operação, tendo em vista que as ações ordinárias de emissão da GNDI possuem liquidez e dispersão no mercado, conforme disposto nos artigos 252, § 1º e 137, II da Lei das Sociedades por Ações.

Participe do Treinamento gratuito Scalper Pro e entenda como extrair lucro e controlar riscos na Bolsa em operações que duram minutos ou segundos! Inscreva-se aqui.

palavras-chave: Assembleias de acionistas aprovam combinação de negócios entre NotreDame Intermédica e Hapvida; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – Assembleias de acionistas aprovam combinação de negócios entre NotreDame Intermédica e Hapvida

REFLEXÃO: Ben Carlson, autor de A Wealth of Common Sense – A riqueza do senso comum, em tradução livre: Menos é mais. O processo de investimento deve ser mais importante que os resultados. Comportamento correto na hora de investir é a chave.

Leia também:

Canal de Suez diz que tráfego será retomado com desencalhe de gigantesco navio de 400 metros

2020 marcou a estreia de 13 milhões de consumidores na internet, diz pesquisa

Canal de Suez diz que tráfego será retomado com desencalhe de navio

Oi tem lucro líquido de R$ 1,798 bi no 4º trimestre, mas fecha 2020 com prejuízo de R$ 10,5 bi; ações sobem

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade