Axie Infinity: como funciona e quais os riscos do jogo com criptomoedas e NFT que tem rendido grandes ganhos por mês

Modalidade conhecida como play to earn (jogue para ganhar) tem chamado atenção com relatos de jogadores ganhando mais de R$ 6 mil por mês
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para traders e investidores

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Axie Infinity: como funciona e quais os riscos do jogo com criptomoedas e NFT que tem rendido grandes ganhos por mês; invistaja.info;


GOLL4 | EV/EBIT: -8.96 | Mrg.Liq.: -0.6379 | Mrg.Ebit: -0.3609 | P/EBIT: -4.14 | Liq.Corr.: 0.24 | P/Ativo: 0.705

ListenToMarket: Axie Infinity: como funciona e quais os riscos do jogo com criptomoedas e NFT que tem rendido grandes ganhos por mês – Áudio gerado às: 9:11:33

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

BRASIL | invistaja.info — Nos últimos anos o Bitcoin ganhou muito espaço, e entre críticos e apoiadores, muito se fala sobre sua forte valorização em períodos mais longos de investimento. Mas o mercado de criptomoedas hoje é muito mais amplo, com diversas opções diferentes de ativos digitais sendo que, mais recentemente, uma nova modalidade que envolve jogos de videogame está chamando atenção.

O Axie Infinity é a nova febre entre investidores e gamers, sendo um jogo que envolve duas criptomoedas e os badalados tokens não fungíveis, mais conhecidos pela sigla NFT. Mas o que tem se destacado é o relato de pessoas ganhando até R$ 6 mil por mês apenas jogando.

Para se ter uma ideia do sucesso atual dessa plataforma, em 2021, até o momento, o Axie Infinity Shards (AXS), token deste jogo, teve uma valorização de 7.160%, enquanto o Bitcoin avançou 40% e o Ethereum, 230%.

+Ibovespa Futuro cai seguindo preocupações com China, resultados e indicadores; dólar sobe

Criado na blockchain do Ethereum, o Axie Infinity é um jogo que tem a cara de Pokémon, misturando também conceitos de jogos de carta e estratégia, em que o usuário pode ir melhorando seus personagens e ganhando um token quando cumpre certos requisitos, os chamados Smooth Love Potions (SLPs), que também é uma criptomoeda que pode ser negociada.

Atualmente o SLP é cotado em cerca de US$ 0,24, acumulando uma valorização de mais de 470% desde o fim de abril, quando iniciou um forte rali. E é com a negociação desses ativos que muitos jogadores estão conseguindo ganhar dinheiro com a plataforma (entenda o funcionamento mais abaixo).

Leia também: NFTs de obras de arte, cards da NBA e outros colecionáveis movimentam milhões de dólares; entenda o que é e como funciona

“O primeiro ponto para destacar que é muito importante é que isso não é um investimento, é um jogo”, analisa Samir Kerbage, CTO da Hashdex. “Obviamente você pode ganhar dinheiro com isso, assim como existem atletas de e-sports que ganham dinheiro, mas quando você abre um videogame hoje não está jogando com o objetivo de investimento, mas para entretenimento”, afirma.

E complementa: “Esse é o principal ponto: as pessoas não se iludirem de que essa é uma plataforma de investimento e você vai comprar pegar esses tokens e ganhar dinheiro”, alerta.

Como começar a jogar Axie Infinity

Para o leitor que já está empolgado com a história de ganhar dinheiro jogando, primeiro é preciso entender como esse jogo funciona e ter e mente que há um grande custo para começar.

Em Axie Infinity, o jogador precisa montar um time de três Axies, que são bichinhos redondos coloridos e que possuem diferentes características, por isso a utilização da tecnologia NFT, que garante que cada personagem seja único.

NFT é a representação de um bem único, com um certificado de posse digital e inviolável por meio do blockchain. Ele pode ser usado para comercializar objetos físicos – como um quadro -, mas também para uma figurinha colecionável ou para uma moeda rara. Mas essa tecnologia tem chamado atenção ao comercializar produtos digitais, como um tuíte, um meme, uma skin exclusiva de jogo ou uma ilustração digital.

Para compor seu time no Axie Infinity, porém, o usuário precisa comprar os bichinhos de quem já está dentro da plataforma, essa é a única forma de começar a jogar. Com seu recente sucesso, a questão é que está de tornando mais caro conseguir entrar, sendo que hoje, o Axie mais barato disponível para comprar (que é feita usando Ether) custa mais de US$ 250, com algumas raras exceções mais baratas

Como são necessários três “monstrinhos” para começar, o investimento inicial já está acima de US$ 750, ou cerca de R$ 3.900 pela cotação atual do dólar. O ponto é que uma vez dentro do sistema do jogo, você passa a ter a possibilidade de também adquirir itens e vendê-los para outras pessoas que queiram jogar.

Porém, existe uma outra forma de conseguir entrar no jogo gastando menos, que são as scholarships, que nada mais são do que grupos que “alugam” seus Axies para quem não tem dinheiro para comprar (ou não quer comprar) os bichinhos, com os SLPs ganhos sendo divididos entre o jogador e o grupo dono do Axie.

“É um entretenimento com uma lógica nova que a gente chama de ‘cryptoeconomics’ por trás, que geram incentivos para os usuários”, explica Kerbage, dizendo que esses jogos têm um grande potencial de crescimento no futuro.

Mesmo assim, ele reforça que NFTs, em geral, não podem ser tratadas como investimento, mas como uma arte, um colecionável. “Se jogar com a lógica de entretenimento você não vai ser prejudicado, mas se entrar com a lógica de ter ganhos com isso, pode quebrar a cara”, afirma.

O CTO da Hashdex ainda destaca que se, tecnicamente, o jogo fosse realmente um investimento, ele teria fortes características de um esquema de pirâmide, em que quem quer entrar depende dos jogadores que já estão dentro do sistema, enquanto o lucro dos atuais players se dá pela entrada de novas pessoas.

“Eu não quero parecer polêmico, mas nesse sentido, isso se parece muito com um esquema Ponzi. Mas como isso não é um investimento, está tudo certo”, diz, se referindo a um esquema de fraude famoso que envolve a promessa de pagamento de rendimentos altos aos investidores à custa do dinheiro pago pelos investidores que chegarem posteriormente.

Como funciona

Para se montar um time de Axies, o jogador tem diversas opções de tipos, como acontece com Pokémon, que nesse são: planta, réptil, água, besta, pássaro, mecânico, inseto, crepúsculo e alvorecer.

Escolhido e comprado os três tipos, também existem diversos complementos, como partes de corpo e acessórios, que dão habilidades diferentes para cada Axie. Esses itens se tornam cartas, que serão usadas de forma estratégica para se conseguir ataques mais poderosos ou uma defesa forte na hora de batalhar com os monstrinhos.

Criado o seu time com três Axies, agora é possível começar a efetivamente jogar o game. O usuário tem algumas opções de atividades que pode realizar diariamente, entre as duas principais está o “modo aventura” e o “modo arena”.

A aventura é usada principalmente para os jogadores ganharem experiência (XP), que torna os bichinhos mais fortes. Para conseguir isso é preciso cumprir missões contra o computador.

Além de XP, o jogador também é recompensado com Smooth Love Potion (SLP), um token usado dentro do jogo como uma moeda. Nesse modo, é possível ganhar até 100 SLPs por dia.

Porém, é no modo arena, em que o jogador faz batalhas contra equipes de Axies de outros usuários, que é possível ganhar mais SLPs conforme conseguir vencer os adversários.

Ganhando dinheiro no Axie Infinity

A ideia de se ganhar dinheiro jogando Axie Infinity parte do sistema de marketplace que ele cria. Esses SLPs conquistados diariamente são também uma criptomoeda, cuja cotação pode ser acompanhada em tempo real em sites como o CoinMarketCap. E uma vez conquistada dentro do jogo, é possível vender para se ganhar dinheiro na vida real.

hotWords: infinity: rendido como riscos jogo axie

Publique seu negócio no invistaja.info

Hoje, o SLP é cotado em US$ 0,24, sendo que usuários dizem que, em um dia “fraco” de jogo, é possível conquistar 150 SLPs, o que resultaria em um ganho de US$ 1.080 em um mês (ou R$ 5,616).

Com isso, jogando apenas algumas horas por dia para ganhar experiência e SLPs, o que no jargão dos gamers é conhecido como farmar (ato de conquistar novos recursos dentro de um jogo), uma pessoa poderia, em cerca de um mês, pagar o custo de entrada no jogo e começar a lucrar.

Além disso, dentro da plataforma há uma outra forma de ganhar dinheiro: vendendo Axies.

Para conseguir fazer isso, o jogador precisa conquistar uma determinada quantidade de SLPs para então realizar o cruzamento de dois de seus Axies, gerando um novo Axie ainda em níveis baixos e mais fraco.

Com isso, é possível colocar à venda esse bichinho para que novos usuários possam entrar no jogo, o que, como citado acima, hoje custa pelo menos US$ 200 cada um.

Riscos

O primeiro problema que qualquer jogador precisa ter em mente é o de queda no sistema do jogo, algo que tem sido comum principalmente após o estouro de popularidade.

Assim como qualquer site, às vezes uma quantidade muita grande de acessos acaba derrubando os servidores, e os usuários não conseguem jogar e nesse caso, não há como negociar no marketplace do game.

Outro fator, e o mais importante, é saber que esses ativos são voláteis, assim como qualquer criptomoeda, ou seja, seu valor varia e, qualquer problema, ou se os jogadores começarem a parara de jogar, seu valor vai cair.

Isso vale principalmente para o AXS, que é o token de governança do jogo, que são ativos que dão poder decisão para quem os possui. Ou seja, além dos SLPs usados dentro do jogo, o AXS pode ser adquirido em corretoras para quem se interessa e quer investir no projeto como um todo.

Em live recente, Ivan Bianco, fundador da Fraternidade Crypto, ressaltou que esse investimento em AXS deve ser feito da mesma forma como se investe em Bitcoin ou outra cripto, ou seja, é preciso estudar o projeto, realizar as mesmas análises, seja elas fundamentalista ou técnica, para se decidir comprar esses ativos e se tornar um “sócio” da Axie Infinity.

Há ainda riscos envolvendo ataques hackers, o que pode acontecer com qualquer ativo digital, não sendo um problema exclusivo dessa plataforma. O usuário precisa entender como cuidar de seus tokens para evitar a perda deles.

Início de um mundo maior

Vale destacar ainda que o Axie Infinity está apenas em fase alfa, ou seja, em seu primeiro estágio. No site e white paper do projeto, os desenvolvedores prometem a criação de todo um universo baseado nestes monstrinhos.

No próprio marketplace do jogo atual já é possível comprar “terrenos”, que serão usados em versões futuras como um novo mundo mesmo, em que será possível criar cidades, desenvolver itens e negociar com outros usuários diversas outras coisas. O terreno mais barato atualmente já custa mais de US$ 9 mil.

Portanto, o jogo atual de batalhas entre Axies e de aventuras é apenas o começo, sendo que são prometidas melhorias e novas formas de se ganhar SLP dentro do jogo e, no futuro, até mesmo ser recompensado com AXS, que hoje tem um valor maior – além do poder de decisão dentro do projeto como um todo.

A recente valorização do AXS também está muito ligada a esse potencial enxergado por alguns investidores de que esse jogo se torne um sucesso ainda maior e venha a ter desdobramentos que possam gerar mais lucros.

Por outro lado, sobre o futuro em si, os desenvolvedores evitam dar muitos detalhes, existindo sempre o risco de algo não dar certo e o projeto não render como esperado, o que poderia derrubar o preço das criptomoedas.

Um novo mercado de games

Assim como o Bitcoin inaugurou o mundo das moedas digitais, pensando em ser um meio de troca totalmente virtual e descentralizado, agora o que o mercado está vivenciando é o surgimento de outras alternativas dentro dos criptoativos.

Mais do que ser uma possibilidade de ganhar dinheiro jogando, o Axie Infinity tem sido visto como um projeto inovador, que tem poder para mudar até mesmo o mercado tradicional de jogos. Isso tudo principalmente por ele também descentraliza o negócio de games.

“A lógica do jogo é recompensar os usuários com o token, criando assim uma comunidade engajada”, afirma Safiri Félix, diretor de produtos e parcerias da Transfero Swiss.

“Por funcionar como uma aplicação descentralizada a lógica de funcionamento é diferente de um modelo de negócio convencional. Os desenvolvedores do jogo se beneficiam da utilização da plataforma e devem testar outras formas de monetização ao longo do tempo”, explica.

Para ele, a utilização da tecnologia blockchain na indústria dos jogos é um dos casos de uso mais promissores, “possibilitando novos modelos de engajamento, seja especulando com o valor do token quanto coletando as recompensas do jogo”.

Já Kerbage ressalta que essa inovação ajuda a incluir o jogador no sistema, que até hoje tinha apenas os fabricantes dos jogos como controladores, e únicos com lucro no negócio. É comum encontrar games em que os usuários podem comprar itens ou novos personagens, mas isso só pode ser feito na loja oficial, pagando para o dono do jogo.

“Com cripto e blockchain, você permite que esses ativos digitais, que podem ser dinheiro do jogo, armaduras ou players, criem um mercado P2P [peer-to-peer, em inglês, ou, no caso, jogador a jogador]”, explica.

“Longe de dizer que Axie Infinity é um super jogo, mas o conceito de que cada vez mais os jogos vão ter um cryptoeconomics próprio é bastante interessante […], mas a maioria dos usuários não vai ganhar dinheiro, eles vão gastar”, conclui.

Invista nos fundos de criptomoedas mais acessíveis do mercado: abra uma conta gratuita na XP!

palavras-chave: Axie Infinity: como funciona e quais os riscos do jogo com criptomoedas e NFT que tem rendido grandes ganhos por mês; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | mercados | invistaja.info – Axie Infinity: como funciona e quais os riscos do jogo com criptomoedas e NFT que tem rendido grandes ganhos por mês

REFLEXÃO: Tim Hanson, da Motley Fool: Compre ações impressionantes por preços que não refletem sua grandiosidade.

Notícias relacionadas:

As 5 maiores baixas e as 5 maiores altas do Ibovespa no mês de julho

Recursos por perdas na Bolsa têm alta de 810%

Ibovespa cai 4% e dólar sobe 4,8% em julho: saiba o que derrubou o mercado e quais as perspectivas a partir de agora

Ministro de Minas e Energia diz que não há nenhum movimento para retorno do horário de verão

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade