Publicidade

Banco Central deixa de regular vale-alimentação e refeição; entenda o porquê

Mudança deve trazer mais competitividade ao setor, diz BC; mercado hoje é dominado por 4 empresas (Alelo, Sodexo, Ticket e VR Benefícios)

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Banco Central deixa de regular vale-alimentação e refeição; entenda o porquê; invistaja.info;


PITI4 | P/ACL: 0.0 | Mrg.Liq.: 0.0 | P/Ativo: 0.0 | Pat.Liq: 0.0 | Mrg.Ebit: 0.0 | P/Cap.Giro: 0.0

ListenToMarket: Banco Central deixa de regular vale-alimentação e refeição; entenda o porquê – Áudio gerado às: 19:10:27

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O Banco Central publicou nesta quarta-feira (25) a resolução 289, que retira os benefícios de vale-alimentação e vale-refeição do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB), e afirmou que a mudança tende a trazer mais competitividade para o setor.

A partir de 1º março, quando a mudança entrará em vigor, as empresas que trabalham com esse tipo de cartão não precisarão mais seguir regras específicas do BC, como exigência de capital (clique aqui para ler a lê-la).

Ela não trará impacto imediato sobre os trabalhadores, mas diminuirá as normas, restrições e regulamentações atualmente vigentes sobre as empresas que operam esse tipo de cartão. Elas atuam em um mercado gigantesco, de cerca de R$ 150 bilhões, que está concentrado em quatro grandes empresas: Alelo, Sodexo, Ticket e VR Benefícios.

Mais concorrência

A decisão foi tomada por causa da Lei 14.442/2022 e do Decreto 10.854/2021, que garantiram isonomia entre os auxílios-alimentação e os benefícios do Programa de Auxílio ao Trabalhador (PAT) — que já estava fora do SPB.

A lei e o decreto também estabeleceram de forma direta vários critérios para a prestação do serviço e para a utilização do benefício. Com a resolução, o BC diz que espera contribuir para um ecossistema de pagamentos equilibrado, mais competitivo e eficiente na oferta desse serviço de pagamentos.

hotWords: banco refeição; porquê entenda deixa

Seja anunciante no invistaja.info

“Com isso, melhoram as condições para a expansão do universo de empresas que oferecem esse serviço e o desenvolvimento de novos modelos de negócios, beneficiando tanto os estabelecimentos comerciais que aceitam esse meio de pagamento quanto os trabalhadores”, afirma o BC em nota.

Decisão é ‘movimento natural’

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) diz que a decisão não surpreende e é “um movimento natural, dentro do processo de otimização dos programas de benefício trazido pela nova lei” (a 14.442/22).

Paulo Solmucci, presidente-executivo da Abrasel, diz que o próprio Banco Central disse, ao longo do ano passado, que não cabia à autoridade monetária regular esse tipo de benefício. As declarações foram dadas em reuniões com os ministério da Economia e do Trabalho e as empresas de vale-refeição.

“Isso por se tratar de um programa de governo, com incentivos em algumas circunstâncias, inclusive fiscais, com regulações que vão além daquelas ligadas à moeda e aos meios de pagamento”, afirmou Solmucci em nota.

“Entendemos que o Banco Central deixa claro, com essa norma, que se trata de programas que têm objetivos e normas que devam ser conduzidas pelos órgãos apropriados — em especial o Ministério do Trabalho”, afirma o presidente-executivo da Abrasel.

(Com Estadão Conteúdo e Agência Brasil)

CALIFORNIA | negocios | invistaja.info – Banco Central deixa de regular vale-alimentação e refeição; entenda o porquê

REFLEXÃO: Tom Gardner, da Motley Fool: Encontre lideres notáveis e uma missão para o longo da vida.

Leia também:

Tesla (TSLA34) lucra US$ 3,687 bi no 4º trimestre e supera expectativas; ações sobem

Americanas (AMER3) pede extensão nos EUA dos efeitos da recuperação judicial no Brasil

Ação do IRB (IRBR3) desaba 20,93% em primeira sessão pós-grupamento na proporção de 30 para 1

Quatro anos de Brumadinho: mesmo após desastres em barragens, fiscalização tem quadro desfalcado

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

plugins premium WordPress