Banco Central: setor público tem déficit primário de R$ 65,5 bilhões em junho

Contas do setor público acumularam déficit primário de R$ 5,2 bilhões no 1º semestre, ou 0,13% do Produto Interno Bruto (PIB)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Banco Central: setor público tem déficit primário de R$ 65,5 bilhões em junho; invistaja.info;


LAME3 | Liq.Corr.: 2.45 | Pat.Liq: 12394200000.0 | P/L: 45.75 | DY: 0.0313 | EV/EBITDA: 4.61 | Cotacao: 6.8

ListenToMarket: Banco Central: setor público tem déficit primário de R$ 65,5 bilhões em junho – Áudio gerado às: 11:30:28

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

Em meio aos efeitos econômicos da pandemia do novo COVID-19, o setor público consolidado (Governo Central, Estados, municípios e estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras) apresentou déficit primário de R$ 65,508 bilhões em junho, informou nesta sexta-feira o Banco Central (BC). Em maio deste ano, havia sido registrado déficit de R$ 15,541 bilhões e, em junho de 2020, déficit de R$ 188,682 bilhões.

O resultado primário reflete a diferença entre receitas e despesas do setor público, antes do pagamento dos juros da dívida pública.

O déficit primário consolidado do mês passado ficou dentro do intervalo das estimativas de analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Projeções Broadcast, que iam de déficit de R$ 75,300 bilhões a R$ 29,756 bilhões. A mediana estava negativa em R$ 64,200 bilhões.

+Dinheiro digital: dólar deve seguir como moeda de reserva, diz diretora do FMI

O resultado fiscal de junho foi composto por um déficit de R$ 75,083 bilhões do Governo Central (Tesouro Nacional, Banco Central e INSS). Já os governos regionais (Estados e municípios) influenciaram o resultado positivamente com R$ 8,391 bilhões no mês. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 7,541 bilhões, os municípios tiveram resultado positivo de R$ 850 milhões. As empresas estatais registraram superávit primário de R$ 1,183 bilhão.

Acumulado

hotWords: 65,5 banco central: déficit junho

Publique seu negócio no invistaja.info

As contas do setor público acumularam um déficit primário de R$ 5,208 bilhões no primeiro semestre do ano, o equivalente a 0,13% do Produto Interno Bruto (PIB), informou o Banco Central.

O déficit fiscal no primeiro semestre do ano ocorreu na esteira do déficit de R$ 55,155 bilhões do Governo Central (1,34% do PIB). Os governos regionais (Estados e municípios) apresentaram um superávit de R$ 47,006 bilhões (1,14% do PIB) no período. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 40,911 bilhões, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 6,096 bilhões. As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 2,940 bilhões no período.

Acumulado em 12 meses

O BC também informou que as contas do setor público acumulam um déficit primário de R$ 305,456 bilhões em 12 meses até junho, o equivalente a 3,81% do PIB. O déficit fiscal nos 12 meses encerrados em junho pode ser atribuído ao rombo de R$ 383,180 bilhões do Governo Central (4,78% do PIB). Os governos regionais (Estados e municípios) apresentaram um superávit de R$ 73,973 bilhões (0,92% do PIB) em 12 meses até junho. Enquanto os Estados registraram um superávit de R$ 67,466 bilhões, os municípios tiveram um saldo positivo de R$ 6,508 bilhões. As empresas estatais registraram um resultado positivo de R$ 3,751 bilhões no período.

palavras-chave: Banco Central: setor público tem déficit primário de R$ 65,5 bilhões em junho; invistaja.info;

BRASIL | economia | invistaja.info – Banco Central: setor público tem déficit primário de R$ 65,5 bilhões em junho

REFLEXÃO: Michael Kitces, conselheiro financeiro: Invista pensando no longo prazo, não especule, mas, não ignore as flutuações do mercado.

Veja também:

XP inicia cobertura de Boa Safra Sementes com recomendação de compra e vê potencial de alta de 32% para ação

Alta de preços de commodities ajuda uns e derruba outros países; confira a posição do Brasil

Ações de Vale caem cerca de 3% com derrocada do minério, Usiminas ameniza perdas; Localiza e Fleury têm baixa após balanços

Ibovespa cai seguindo exterior em meio a resultados, indicadores e regulações da China; dólar sobe

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade