Bandeira vermelha 1 é acionada em maio e conta de luz fica mais cara

Cobrança adicional será de R$ 4,169 a cada 100 quilowatts-hora (kWh); desde janeiro, vigorou a bandeira amarela, com taxa de R$ 1,343 a cada 100 kWh
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Bandeira vermelha 1 é acionada em maio e conta de luz fica mais cara; invistaja.info;


PLAS3 | ROIC: -0.1491 | Cresc.5anos: 0.0146 | Cotacao: 9.41 | P/L: -1.0 | Mrg.Ebit: -0.2159 | Liq.2meses: 208686.0

ListenToMarket: Bandeira vermelha 1 é acionada em maio e conta de luz fica mais cara – Áudio gerado às: 10:30:47

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira, 30, que acionará bandeira vermelha em seu primeiro patamar no mês de maio. Com isso, a conta de luz dos consumidores ficará mais cara a partir do próximo mês, com cobrança de taxa adicional de R$ 4,169 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

Desde janeiro, vigorou a bandeira amarela, cuja cobrança é de R$ 1,343 a cada 100 kWh. Em nota, a agência explicou que o mês de abril marcou o fim do período de transição entre as estações de chuva e seca nas principais bacias hidrográficas do sistema elétrico. O nível dos reservatórios é o pior já registrado, desde 1931.

“Em maio, inicia-se o período seco, com os principais reservatórios apresentando estoques reduzidos para essa época do ano”, diz a nota. O cenário, segundo a agência, sinaliza piores condições para geração de energia hidrelétrica e a maior necessidade de acionar usinas térmicas, que geram energia mais cara.

+Lucros de Duratex, Irani, Grendene, Unidas e Fleury saltaram ao menos 100% no 1º tri: confira análises dos balanços

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 para sinalizar ao consumidor o custo da geração de energia elétrica no País. Na prática, as cores e modalidades – verde, amarela ou vermelha- indicam se haverá ou não cobrança extra nas contas de luz.

A bandeira verde, quando não há cobrança adicional, significa que o custo para produzir energia está baixo. O acionamento das bandeiras amarela e vermelha representa um aumento no custo da geração e a necessidade de acionamento de térmicas, o que está ligado principalmente ao volume dos reservatórios e das chuvas.

hotWords: vermelha cara bandeira maio conta

Seja anunciante no invistaja.info

Novos valores

Em março, a agência reguladora propôs novos valores para as bandeiras tarifárias. Pela proposta, as taxas cobradas na bandeira vermelha irão aumentar. No patamar 1, a taxa adicional pode subir de R$ 4,169 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos para R$ 4,599 – aumento de 10%. No patamar 2, o mais caro do sistema, o reajuste pode chegar a 21%, passando de R$ 6,243 a cada 100 kWh para R$ 7,571.

No caso da bandeira amarela, a previsão é de redução de 26% no valor. A cobrança passaria de R$ 1,343 a cada 100 kWh para R$ 0,996. A proposta ficará em consulta pública até 7 de maio e poderá ser modificada. Após essa fase, a diretoria votará uma proposta final e estabelecerá os novos valores a serem pagos pelos consumidores de todo o País.

Como declarar investimentos no IR?

GLEBA PALHANO | economia | invistaja.info – Bandeira vermelha 1 é acionada em maio e conta de luz fica mais cara

REFLEXÃO: Morgan Housel: Se preocupe somente quando você achar que tiver tudo resolvido.

Tópicos mais acessados:

BB confirma mudanças no alto escalão com novos vice-presidentes

Rogério Marinho ‘cutuca’ Paulo Guedes e defende que brasileiros possam viver até 120 anos

Como serão os supermercados do futuro? Saiba como startups brasileiras estão mudando as gôndolas

Vale suspende eleição de Conselho; votação será retomada no dia 3

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *