Bolsas mundiais caem com investidores monitorando tensão geopolítica no Afeganistão e após dados da China

Investidores monitoram as implicações geopolíticas do colapso repentino do governo do Afeganistão, após o Taleban tomar a capital Kabul
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para traders e investidores

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Bolsas mundiais caem com investidores monitorando tensão geopolítica no Afeganistão e após dados da China; invistaja.info;


USIM5 | ROIC: 0.2733 | Liq.2meses: 343175000.0 | DY: 0.0065 | EV/EBIT: 3.41 | P/VP: 1.33 | P/ACL: 6.23

ListenToMarket: Bolsas mundiais caem com investidores monitorando tensão geopolítica no Afeganistão e após dados da China – Áudio gerado às: 7:20:43

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

As bolsas mundiais têm quedas nesta segunda, após uma semana de dados econômicos positivos nos Estados Unidos.

Investidores monitoram as implicações geopolíticas do colapso repentino do governo do Afeganistão, após o Taleban tomar a capital Kabul, levando à debandada de forças dos Estados Unidos do país.

A semana passada foi essencialmente positiva, marcada pela divulgação de resultados e dados econômicos importantes nos Estados Unidos.

+CVC registra prejuízo líquido de R$ 175,5 milhões no 2º trimestre, recuo de 30,4%

O Dow fechou a semana passada com alta de 0,8%, em 35.515,38 pontos, um recorde; o S&P fechou com alta de 0,7%, em 4.468 pontos; e o Nasdaq, marcado por ações do setor de tecnologia, fechou em queda de 0,1%.

Na quarta-feira passada, o Departamento de Emprego dos Estados Unidos informou que o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) subiu 5,4% no mês de julho em relação ao patamar de um ano antes, e 0,5% em relação ao mês imediatamente anterior.

O núcleo da inflação avançou 0,3% em julho na comparação mensal, e 4,3% na comparação anual. Este indicador exclui os preços de alimentação e energia, e é encarado por economistas como uma medida mais confiável, já que esses itens tendem a ser mais voláteis. Os números foram encarados por analistas como sinais de que a inflação está sob controle.

Na quinta-feira, o Departamento de Emprego afirmou que os novos pedidos semanais de seguro-desemprego somaram 375 mil, uma queda pela terceira semana consecutiva, e em linha com as estimativas de analistas.

Além disso, o índice de sentimento econômico da Universidade de Michigan para agosto registrou 70,2 pontos, o patamar mais fraco desde dezembro. O medidor de preços ao consumidor ficou mais forte do que o esperado.

Até o momento, 87% das ações listadas na S&P informaram resultados por ação acima do esperado, segundo dados compilados pelo FacSet. Caso este patamar se mantenha, será o mais elevado já registrado desde o início da análise do FacSet, em 2008.

As bolsas asiáticas fecharam em sua maioria em queda na segunda. Investidores reagiram à divulgação de dados econômicos da China relativos a julho, que indicaram alta de 8,5% nas vendas no varejo na comparação anual, abaixo da expectativa de 11,5% de analistas ouvidos pela agência internacional de notícias Reuters.

A produção industrial cresceu 6,4% no mesmo período, abaixo da expectativa de 7,8%, também segundo analistas ouvidos pela Reuters.

Entre os fatores para o desempenho abaixo da expectativa, o Escritório Nacional de Estatísticas da China citou o impacto de incertezas externas, a pandemia de Covid na China e enchentes, e também afirmou que “a recuperação econômica é instável e desigual”.

hotWords: geopolítica mundiais bolsas caem monitorando após

Seja anunciante no invistaja.info

Na China continental, o componente Shenzhen perdeu 0,712%, e fechou em 14.693,74 pontos; o índice Hang Seng, de Hong Kong perdeu 0,8%, fechando em 26.181,46 pontos; no Japão, o Nikkei perdeu 1,62%.

O PIB japonês avançou 0,3% no segundo trimestre em comparação com o trimestre imediatamente anterior, quando contraiu 0,9%, segundo dados oficiais preliminares divulgados na segunda, acima da estimativa de alta de 0,2% prevista por analistas ouvidos pela agência internacional de notícias Reuters.

As bolsas europeias têm quedas nesta segunda, na esteira dos resultados das bolsas asiáticas. Investidores aguardam pela divulgação de dados econômicos mais fracos do que o esperado, e monitoram preocupações geopolíticas.

O índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, perde 0,3%. Ações dos setores de gás, varejo, viagem e lazer perdem mais de 1%.

Veja os principais indicadores às 6h30 (horário de Brasília):

Estados Unidos*Dow Jones Futuro (EUA), -0,22%*S&P 500 Futuro (EUA), -0,21%*Nasdaq Futuro (EUA), -0,13%

Europa*FTSE 100 (Reino Unido), -0,93%*Dax (Alemanha), -0,54%*CAC 40 (França), -0,8%*FTSE MIB (Itália), -0,36%

Ásia*Nikkei (Japão), -1,62%*Shanghai SE (China), +0,03% (fechado)*Hang Seng Index (Hong Kong), -0,8% (fechado)*Kospi (Coreia do Sul), -1,16% (fechado)

Commodities e bitcoin*Petróleo WTI, -1,023%, a US$ 67,74 o barril*Petróleo Brent, -0,91%, a US$ 69,95 o barril*Bitcoin, +2,58%, a US$ 47.152,98Sobre o minério: **Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com alta de 2,29%, cotados a 850,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 131,35 (nas últimas 24 horas).USD/CNY = 6,47

palavras-chave: Bolsas mundiais caem com investidores monitorando tensão geopolítica no Afeganistão e após dados da China; invistaja.info;

CALIFORNIA | mercados | invistaja.info – Bolsas mundiais caem com investidores monitorando tensão geopolítica no Afeganistão e após dados da China

REFLEXÃO: Michael Batnick, gestor de patrimônios da Ritholtz: Evitar erros catastróficos é mais importante do que construir o portfólio perfeito.

Tópicos mais acessados:

CVC registra prejuízo líquido de R$ 175,5 milhões no 2º trimestre, recuo de 30,4%

Reforma do IR, fim da temporada de balanços e dados na China e EUA: o que acompanhar nesta semana

Além de Bitcoin e Ethereum: 5 criptomoedas para ficar de olho, segundo especialistas

Guerra do streaming: até que ponto Netflix pode aumentar preços no Brasil?

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade