Publicidade

Bolsas operam em alta, debate sobre reajuste no Brasil e mais assuntos que vão movimentar o mercado hoje

Mercados operam em sua maioria no positivo no exterior, na abertura da última semana do ano, que registra menor liquidez
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Bolsas operam em alta, debate sobre reajuste no Brasil e mais assuntos que vão movimentar o mercado hoje; invistaja.info;


EVEN3 | Cresc.5anos: 0.0802 | P/VP: 0.75 | Liq.Corr.: 2.0 | ROIC: 0.0786 | DY: 0.1317 | PSR: 0.612

ListenToMarket: Bolsas operam em alta, debate sobre reajuste no Brasil e mais assuntos que vão movimentar o mercado hoje – Áudio gerado às: 8:12:10

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

A última semana do ano será mais curta, com os mercados fechando na sexta-feira, e com liquidez mais reduzida.

No radar dos investidores, porém, segue o monitoramento em relação ao avanço da variante ômicron da Covid-19.

+Ibovespa volta a descolar do exterior e opera abaixo dos 105 mil pontos; juros DI avançam

Por aqui, seguem as negociações em relação ao reajuste do funcionalismo público.

1. Bolsas Mundiais

Estados Unidos

No domingo, Anthony Fauci, uma das autoridades médicas com maior visibilidade dos Estados Unidos, afirmou que americanos devem se manter vigilantes quanto à alta de casos da variante Ômicron no país.

Ele alertou que a variante pode sobrecarregar os hospitais, apesar de estudos divulgados na semana passada na África do Sul e no Reino Unido indicarem que seus sintomas são menos severos.

Mais de 2.800 voos foram cancelados no final de semana do feriado nos Estados Unidos por conta da propagação da Ômicron.

Também no domingo, a vice-presidente dos EUA Kamala Harris afirmou que o governo Biden está buscando formas de avançar com o seu programa de estímulos “Build Back Better”.

Futuros dos EUA às 7h20:

Dow Jones Futuro (EUA), +0,01%S&P 500 Futuro (EUA), +0,14%Nasdaq Futuro (EUA), +0,26%

Ásia

Dados divulgados na segunda-feira pelo Escritório Nacional de Estatísticas indicaram alta de 9% no lucro industrial da China em novembro em relação ao mesmo mês do ano anterior.

No sábado, a autoridade monetária do país prometeu maior apoio econômico à “economia real”, e reiterou o compromisso com um crescimento “saudável” no setor de propriedades, em contraste com o Federal Reserve e bancos de outros países, que vêm sinalizando cortes de estímulos como forma de lutar contra a inflação.

Na China, o índice Shanghai composto fechou em leve queda, e o componente Shenzhen, em leve alta na segunda. No Japão, o Nikkei recuou, assim como o Kospi, na Coreia do Sul.

Índices da Ásia no fechamento

Nikkei (Japão), +0,83% (fechado)Shanghai SE (China), -0,06% (fechado)Hang Seng Index (Hong Kong), +0,13% (fechado)Kospi (Coreia do Sul), -0,43% (fechado)

Europa

Na Europa, o índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, avança 0,01%. No Reino Unido, o número de novas infecções continuou a ultrapassar, no final de semana, a marca de 100 mil. Este número também foi ultrapassado pela primeira vez na França.

Índices da Europa

FTSE 100 (Reino Unido), não abriuDax (Alemanha), +0,15%CAC 40 (França), +0,15%FTSE MIB (Itália), +0,24%

Commodities

Os preços do barril do petróleo e do minério de ferro recuam neste início de semana.

Petróleo WTI, -1,41%, a US$ 72,75 o barrilPetróleo Brent, -0,13%, a US$ 76,04 o barrilMinério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve baixa de -3,33%, a 683 iuanes, o equivalente a US$ 107,19

Bitcoin

Bitcoin perde força após rali de Natal, usuários da OpenSea ganham moedas de graça e ativos DeFi disparam.

Bitcoin, +1,61% a US$ 50.807,59 (em relação à cotação de 24 horas atrás)

2. Agenda

8h25: Boletim Focus do Banco Central, com a expectativa de economistas quanto a indicadores como inflação, juros e PIB14h: Receita Tributária Federal15h: Balança comercial semanal

20h50: Produção industrial relativa a novembro e projeções relativas a dezembro e janeiro

hotWords: operam mercado alta, assuntos debate hoje brasil

Anuncie no invistaja.info

3. Reajustes

Em sua transmissão semanal pelas redes sociais na quinta-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que os recursos do Orçamento não estão reservados para o reajuste de policiais.

Semana passada, o Congresso Nacional aprovou o Orçamento de 2022 com reserva de R$ 1,7 bilhão para reajuste a forças federais de segurança e cerca de R$ 800 milhões para agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias. Segundo Bolsonaro, o governo esperará a situação se acalmar para definir como será distribuído o dinheiro.

Em entrevista em frente ao Palácio do Planalto na sexta, Bolsonaro afirmou: “Me coloco no lugar deles. Os [cerca de] R$ 2 bilhões, vai ser decidido para quem ir. Pode ser que parte vá para o pessoal da Receita [Federal], pode ser para pessoal dos policiais, para ninguém, ou dar menos de 1% para todo mundo. Deixa acalmar um pouquinho aí que a gente toma a melhor decisão”.

A fala ocorre em meio a protestos de servidores da Receita, que aprovaram greve nacional a partir desta segunda.

Desonerações

O presidente Jair Bolsonaro disse na sexta-feira que sancionará a proposta aprovada pelo Congresso que prorroga até o final de 2023 a desoneração da folha de pagamento para vários setores e afirmou que o Ministério da Economia deveria ter atendido a uma reivindicação de servidores da Receita Federal antes que eles aprovassem uma greve.

“Determinei ontem, quando fiquei sabendo do imprevisto, falei ‘vou sancionar’, não interessa em que condições, vou sancionar porque é uma desoneração”, disse Bolsonaro a jornalistas em Brasília.

4. Covid

No domingo (26), o Brasil registrou 27 mortes por Covid-19 em 24 horas. Assim, a média móvel de mortes por Covid em 7 dias no Brasil ficou em 92, queda de 46% em comparação com o patamar de 14 dias antes, segundo informações do consórcio de veículos de imprensa divulgadas às 20h.

Os números continuam a ser afetados por um ataque hacker realizado em 10 de dezembro contra o site do Ministério da Saúde e ao aplicativo e à página do ConectSUS, que vêm prejudicando o registro de casos por estados.

Em um dia foram registrados 4.984 novos casos de Covid. A média móvel de novos casos em sete dias foi de 3.681, o que representa queda de 40% em relação ao patamar de 14 dias antes.

Chegou a 142.548.160 o número de pessoas totalmente imunizadas contra a Covid no Brasil, o equivalente a 66,82% da população.

O número de pessoas que tomaram ao menos a primeira dose de vacinas atingiu 160.952.162 pessoas, o que representa 75,45% da população. A dose de reforço foi aplicada em 24.602.605 pessoas.

Vacinação de crianças

Na noite de quinta-feira (23), o ministro da Saúde Marcelo Queiroga afirmou em entrevista coletiva que será exigida prescrição médica para a aplicação da vacina da Pfizer em crianças com entre 5 e 11 anos de idade.

Isso acontece mesmo após a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) ter autorizado a aplicação da vacina em crianças desta faixa etária, o que vem fazendo com que seja pressionado, inclusive por sociedades médicas e científicas, a iniciar a vacinação de crianças.

Já na sexta (24), a Pfizer afirmou que espera iniciar em janeiro a entrega de doses para crianças de sua vacina contra Covid-19 ao governo brasileiro.

Também na sexta, o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde dos Estados) afirmou em nota que não exigirá a apresentação de uma prescrição médica para vacinar crianças contra a Covid-19.

Compra de vacinas

Também na sexta, o presidente Jair Bolsonaro assinou duas medidas provisórias que preveem gastos de R$ 10,5 bilhões, dos quais R$ 4,1 bilhões são para o pagamento do auxílio emergencial à população vulnerável impactada pela pandemia de Covid e R$ 6,4 bilhões para a compra de vacinas.

5. Radar Corporativo

Magazine Luiza (MGLU3)

A Magazine Luiza emitirá aprovou em reunião extraordinária do conselho a emissão de duas milhões de notas de dívida, não conversíveis em ações, no valor de R$ 1 mil cada, buscando, então, levantar um montante de R$ 2 bilhões. Os papéis vencerão em dezembro de 2026, com pagamentos em todo dia 15 de junho e de dezembro de cada ano.

Segundo a varejista, os recursos obtidos por meio da emissão serão utilizados para a otimização do fluxo de caixa no curso e na gestão ordinária dos negócios.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras anunciou, após o pregão da última quinta-feira (23), a venda da totalidade de sua participação nos 11 campos de produção terrestre do Polo Carmópolis, em Sergipe.

O valor da venda é de US$ 1,1 bilhão, sendo US$ 275 milhões a título de sinal, US$ 550milhões no fechamento da transação e US$ 275 milhões 12 meses após o fechamento.

Cyrela  ( CYRE3)

A Cyrela Brazil Realty acertou compromisso com a HBR Realty para venda de unidades autônomas não residenciais e fachadas ativas em empreendimentos na cidade de São Paulo, onde serão desenvolvidos empreendimentos de uso misto (residencial e comercial).

A venda saiu por R$ 284,7 milhões, com pagamento previsto da seguinte forma: sinal correspondente a 10% do total em até 30 dias; parcelas iguais, mensais e sucessivas, devidas até a expedição do Habite-se dos empreendimentos; e o restante do valor devido em parcela única, em até 15 dias contados da data de expedição do Habite-se.

Analista da Rico Corretora ensina ferramentas práticas a extrair lucro do mercado financeiro de forma consistente. Inscreva-se Grátis.

palavras-chave: Bolsas operam em alta, debate sobre reajuste no Brasil e mais assuntos que vão movimentar o mercado hoje; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | mercados | invistaja.info – Bolsas operam em alta, debate sobre reajuste no Brasil e mais assuntos que vão movimentar o mercado hoje

REFLEXÃO: Tim Hanson, da Motley Fool: Compre ações impressionantes por preços que não refletem sua grandiosidade.

Leia também:

Pfizer espera iniciar em janeiro entregas de vacinas contra Covid para crianças ao Brasil

Taxa de desemprego, dados de crédito e consolidado das contas públicas: o que acompanhar na última semana do ano

B3 finaliza compra da empresa de big data Neoway

Cyrela acerta venda de R$ 284,7 mi em imóveis para a HBR Realty

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade