Brasil negocia compra de vacinas com fabricantes chineses, diz Queiroga

Atualmente, a maior parte da campanha de vacinação contra Covid-19 no Brasil está sendo feita com a CoronaVac
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para quem vive o mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Brasil negocia compra de vacinas com fabricantes chineses, diz Queiroga; invistaja.info;


ATMP3 | Mrg.Ebit: -0.095 | Mrg.Liq.: -0.2272 | P/ACL: -0.1 | Cotacao: 5.29 | DY: 0.0 | EV/EBIT: -4.37

ListenToMarket: Brasil negocia compra de vacinas com fabricantes chineses, diz Queiroga – Áudio gerado às: 12:0:44

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

hotWords: vacinas compra queiroga negocia

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

LONDRINA | invistaja.info — O governo federal negocia a compra de vacinas contra Covid-19 de fabricantes chineses, disse nesta segunda-feira o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante audiência na comissão que acompanha a pandemia de COVID-19 no Senado.

“Há também negociações com outros fabricantes de vacinas da China que estão sendo encaminhadas e no momento que houver algo conclusivo, eu terei muita satisfação em passar para os senhores”, disse Queiroga aos parlamentares, sem dar mais detalhes ou informar com quais fabricantes as negociações estão sendo feitas.

Atualmente, a maior parte da campanha de vacinação contra Covid-19 no Brasil está sendo feita com a CoronaVac, vacina do laboratório chinês Sinovac, que está sendo envasada no Brasil pelo Instituto Butantan, ligado ao governo do Estado de São Paulo.

+Via Varejo anuncia mudança em sua marca e passa a se chamar Via

Quer gerar uma renda extra na Bolsa? Curso gratuito do (MarketMsg) ensina a fazer o seu primeiro trade na prática, em menos de uma semana. Inscreva-se aqui.

hotWords: vacinas compra queiroga negocia

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

LONDRINA | invistaja.info — O governo federal negocia a compra de vacinas contra Covid-19 de fabricantes chineses, disse nesta segunda-feira o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante audiência na comissão que acompanha a pandemia de COVID-19 no Senado.

“Há também negociações com outros fabricantes de vacinas da China que estão sendo encaminhadas e no momento que houver algo conclusivo, eu terei muita satisfação em passar para os senhores”, disse Queiroga aos parlamentares, sem dar mais detalhes ou informar com quais fabricantes as negociações estão sendo feitas.

Atualmente, a maior parte da campanha de vacinação contra Covid-19 no Brasil está sendo feita com a CoronaVac, vacina do laboratório chinês Sinovac, que está sendo envasada no Brasil pelo Instituto Butantan, ligado ao governo do Estado de São Paulo.

+Via Varejo anuncia mudança em sua marca e passa a se chamar Via

Quer gerar uma renda extra na Bolsa? Curso gratuito do (MarketMsg) ensina a fazer o seu primeiro trade na prática, em menos de uma semana. Inscreva-se aqui.

palavras-chave: Brasil negocia compra de vacinas com fabricantes chineses, diz Queiroga; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | economia | invistaja.info – Brasil negocia compra de vacinas com fabricantes chineses, diz Queiroga

REFLEXÃO: Eddy Elfenbein, dono do site Crossing Wall Street: Seja paciente e ignore modismos. Foque no valor e não entre em pânico.

Saiba mais:

Carteira gráfica da XP faz duas trocas para esta semana; veja as mudanças

Ações de C&A, Renner, Marisa e Guararapes sobem forte com incorporações no setor; Vale avança antes de resultado

Lewandowski nega prazo maior para Anvisa decidir sobre Sputnik V

Ação do Grupo GPS (GGPS3) estreia na B3 em queda

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *