Publicidade

Câmara de Porto Rico quer usar blockchain contra corrupção

“Temos um problema real de credibilidade”, disse o presidente da Câmara dos Representantes. “Isso pode ser parte da solução”.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias de investidor para investidor

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Câmara de Porto Rico quer usar blockchain contra corrupção; invistaja.info;


CTKA4 | P/EBIT: 1.86 | Cotacao: 14.51 | Pat.Liq: -147222000.0 | P/L: 1.7 | Mrg.Ebit: 0.0973 | DY: 0.0

ListenToMarket: Câmara de Porto Rico quer usar blockchain contra corrupção – Áudio gerado às: 19:0:35

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

(MarketMsg) — Porto Rico vive às voltas com acusações de corrupção, mas parlamentares da ilha vão começar a discutir sobre o uso da tecnologia blockchain para diminuir o problema.

O presidente da Câmara dos Representantes, Rafael Hernandez, disse que começará a se reunir este mês com profissionais do crescente setor de blockchain da ilha para conversar sobre a criação de “contratos inteligentes”. Programas de computador embutidos nos protocolos podem trazer mais transparência e prestação de contas ao setor público.

“Temos um problema real de credibilidade”, disse Hernandez à Bloomberg durante uma conferência da associação local de blockchain. “Isso pode ser parte da solução.”

+Reunião do Copom, PEC dos Precatórios de volta à Câmara e IPCA de novembro: o que acompanhar na próxima semana

Esse território dos EUA de 3,3 milhões de habitantes foi sacudido por escândalos de corrupção nos últimos anos. Na sexta-feira, o prefeito de Catano admitiu ter aceitado mais de US$ 100.000 em propinas e relógios de luxo como contrapartida de contratos municipais. O escritório local do FBI sinalizou que haverá mais indiciamentos no setor público.

Hernandez, conhecido como Tatito, explicou que as reuniões fazem parte de um esforço mais amplo para tornar Porto Rico um centro de criptomoedas e inovação em blockchain.

hotWords: usar porto rico câmara quer

Publique seu negócio no invistaja.info

Os incentivos fiscais da ilha — particularmente a ausência de impostos sobre ganhos de capital — ajudam a atrair milhares de novos residentes.

O Departamento de Desenvolvimento Econômico informa que a demanda por esses incentivos fiscais triplicou nos últimos anos e que 1.000 pessoas tiveram aprovação para receber os benefícios em 2021, quebrando o recorde anterior, estabelecido em 2018.

Para Hernandez, os setores de blockchain e criptografia podem ajudar a reverter a falência econômica do território.

“Nas décadas de 1960 e 1970, tínhamos o nicho da indústria de transformação”, lembrou ele. “Este é um novo nicho, uma nova oportunidade para criar empregos.”

Quer aprender a investir em criptoativos de graça, de forma prática e inteligente? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir

palavras-chave: Câmara de Porto Rico quer usar blockchain contra corrupção; invistaja.info;

CALIFORNIA | mercados | invistaja.info – Câmara de Porto Rico quer usar blockchain contra corrupção

REFLEXÃO: Ben Carlson, autor de A Wealth of Common Sense – A riqueza do senso comum, em tradução livre: Menos é mais. O processo de investimento deve ser mais importante que os resultados. Comportamento correto na hora de investir é a chave.

Notícias relacionadas:

Ibovespa sobe 1,7% e fecha em alta pelo terceiro dia seguido; bolsas em NY recuperaram perdas

Ação da CCR (CCRO3) fecha com alta de 3,11% com notícia de possível interesse de fundo canadense na companhia

Binance Smart Chain cria fundo de US$ 200 mi para jogos em blockchain em parceria com Animoca

CVM abre processo envolvendo Petrobras (PETR4) após declaração de Bolsonaro

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade