PUBLICIDADE

Câmara deve retomar polêmica sobre compra de vacinas por empresas nesta terça-feira

Relatora acrescentou que texto prevê que empresário doem ao SUS a mesma quantidade de vacinas adquiridas para a imunização de seus funcionários
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Negociando na bolsa de valores

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Câmara deve retomar polêmica sobre compra de vacinas por empresas nesta terça-feira; invistaja.info;


SAPR3 | ROIC: 0.145 | EV/EBITDA: 4.45 | P/EBIT: 3.79 | Cotacao: 4.4 | P/Cap.Giro: 21.63 | Cresc.5anos: 0.088

BRASÍLIA – A Câmara dos Deputados deve retomar a controversa discussão de projeto que flexibiliza as regras para a compra de vacinas contra a Covid-19 por pessoas jurídicas.

A pauta de votações da Casa para esta terça-feira traz requerimento para conferir regime de urgência ao projeto sobre o tema e segundo a relatora da proposta, deputada Celina Leão (PP-DF), ela tem sido tratada como prioridade pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).

A deputada relatou que há divergências entre líderes sobre o mérito da matéria, mas ela deve ser levada a plenário e decidida no voto. Leão também comentou ter feito alguns “ajustes” no texto para facilitar sua aprovação e evitar uma “competição” entre os setores público e privado pelas vacinas.

+Pandemia e crise levam empresas a adiar abertura de capital na Bolsa

“A ideia é agilizar a imunização no Brasil, não é competir com o SUS ou competir com o Ministério da Saúde”, disse a deputada.

“Nós vamos deixar isso muito claro no projeto, até porque o projeto não permite a comercialização (de vacinas), é somente para vacinar trabalhadores”, explicou a parlamentar.

A relatora acrescentou que o texto prevê que empresário doem ao SUS a mesma quantidade de vacinas adquiridas para a imunização de seus funcionários. Também será permitida a compra pelo setor privado para doação direta ao SUS.

hotWords: sobre deve compra retomar polêmica câmara

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Os ajustes promovidos por Leão incluem ainda a retirada de artigo que permitiria ao empresário vacinar os familiares dos trabalhadores. Também foi inserida no texto a previsão que a vacinação de funcionários siga os critérios do Plano Nacional de Imunização, levando em conta os grupos de risco.

A relatora explicou ainda que a possibilidade de compra também se aplicará a classes operativas e associações.

palavras-chave: Câmara deve retomar polêmica sobre compra de vacinas por empresas nesta terça-feira; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | negocios | invistaja.info – Câmara deve retomar polêmica sobre compra de vacinas por empresas nesta terça-feira

REFLEXÃO: Barry Ritholtz, da Bloomberg: Mantenha a simplicidade, faço menos e administre sua estupidez.

Tópicos mais acessados:

Trabalhadores entram em greve em SP após LG deixar setor de celular

Pandemia e crise levam empresas a adiar abertura de capital na Bolsa

Comissão do Senado pede informações da Anvisa sobre Sputnik V

Acionar estado de calamidade traria mais custo do que ganhos, alerta Campos Neto

Publique seu negócio no invistaja.info

PUBLICIDADE

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE