Capitânia lança fundo de infraestrutura negociado na B3

Isento de Imposto de Renda, Capitânia Infra FIC FIRF distribui dividendos mensais e possibilita acesso ao investidor geral
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para o trader investidor

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Capitânia lança fundo de infraestrutura negociado na B3; invistaja.info;


SLED3 | P/EBIT: -0.71 | PSR: 0.446 | EV/EBIT: -4.17 | Mrg.Liq.: -2.26 | P/ACL: -0.08 | Cresc.5anos: -0.4825

ListenToMarket: Capitânia lança fundo de infraestrutura negociado na B3 – Áudio gerado às: 7:40:28

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O número de investidores pessoa física cadastrados na B3 cresceu 43% no primeiro semestre deste ano – são 3,8 milhões de contas. O aumento do interesse do brasileiro por investimentos reflete em mudanças no mercado. Em linha com o movimento de disponibilizar mais produtos eficientes, a gestora Capitânia lançou em janeiro o Capitânia Infra FIC FIRF, fundo de investimento em infraestrutura isento de Imposto de Renda para pessoa física, com cotas negociadas na B3 – com o ticker CPTI11 -, e que paga dividendos mensais.

Com dinâmica parecida aos fundos imobiliários de papel com carteira dedicada a Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs), o veículo oferece acesso ao investidor geral a uma cesta de ativos que tradicionalmente é ofertada somente para investidores qualificados – que têm mais de R$ 1 milhão disponíveis para aportes.

“É um dos poucos fundos do mercado com essas características”, afirma Christopher Smith, sócio e gestor da Capitânia, gestora especialista em crédito privado e imobiliário, que está há 18 anos no mercado e tem mais de R$ 13 bilhões sob gestão. A Capitânia  desenha a sua família de fundos para oferecer aos mais de 100 mil cotistas diversificação, retorno, controle de risco e gestão ativa.

+Enjoei e Méliuz: resultados decepcionam e ações fecham com queda de mais de 10%, mas por que os analistas seguem otimistas?

Portfólio

O Capitânia Infra FIC FIRF (CPTI11) investe em Cotas de Fundos Incentivados de Investimento em Infraestrutura, Renda Fixa e Crédito Privado. O seu portfólio é formado por empresas que atuam nos segmentos de energia, transportes, telecomunicações – entre outros. Com foco em gestão ativa, o administrador sempre busca as melhores oportunidades do mercado para gerar resultados.

hotWords: capitânia infraestrutura lança

Anuncie no invistaja.info

“Trata-se de uma opção para o longo prazo, que investe em companhias reguladas com  previsibilidade de fluxo de caixa e da operação”, diz Smith. Ele destaca a descorrelação com os ciclos políticos como uma das principais características do fundo. “É consenso que o Brasil, hoje e nas próximas décadas, precisa aprimorar a sua infraestrutura com a construção de rodovias, ferrovias, entre outras frentes. Essa necessidade independe da mudança de mandatos na política”.

A maior parte da carteira do CPTI11 está alocada em ativos com maior liquidez, como  debêntures de infraestrutura. Há também uma parcela menor comprada em outras operações, que passam por criteriosa avaliação da equipe de análise antes de figurar no portfólio.

Dividendos

Com média ponderada – cálculo que considera a rentabilidade dos ativos de acordo com a participação na carteira – de IPCA + 7,82%, o Fundo tem como objetivo distribuir aos seus cotistas, no mínimo, 95% do resultado do caixa. “É uma régua que os investidores de fundos imobiliários conhecem bem”, diz Smith.

A relação entre os dividendos distribuídos e o preço atual da cota – ou dividend yield (DY), de 10.90% a.a. em Julho21. A cota do CPTI11 pode ser adquirida na B3.  A taxa de administração é de 1% ao ano; não há taxa de performance. Para mais informações, acesse o site da Capitânia.

palavras-chave: Capitânia lança fundo de infraestrutura negociado na B3; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | mercados | invistaja.info – Capitânia lança fundo de infraestrutura negociado na B3

REFLEXÃO: Ben Carlson, autor de A Wealth of Common Sense – A riqueza do senso comum, em tradução livre: Menos é mais. O processo de investimento deve ser mais importante que os resultados. Comportamento correto na hora de investir é a chave.

Saiba mais:

Riscos político e fiscal “tiram” 30 mil pontos da Bolsa, afirmam analistas

Nuvemshop se torna unicórnio, após investimento de R$ 2,6 bilhões

IRB tem prejuízo líquido de R$ 206,9 milhões no 2º trimestre de 2021, queda de 68,5% nas perdas; Conselho aprova JCP referente a 2019

Empréstimo a microempresas encolhe, apesar da expansão do crédito no país

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade