Publicidade

Coreia do Norte roubou US$ 316 mi em criptomoedas, diz relatório

A maior parte desse valor é proveniente de dois ataques cibernéticos realizados no segundo semestre do ano passado
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

invistaja.info | Informação para quem vive o mercado

A Coreia do Norte roubou mais US$ 300 milhões em criptomoedas por meio de ataques cibernéticos para financiar o desenvolvimento de mísseis balísticos e nucleares, diz um relatório confidencial de especialistas das Nações Unidas (ONU).

O documento, obtido pela agência AFP, foi elaborado por um grupo que monitora as sanções internacionais contra Pyongyang e aponta que “o roubo de ativos virtuais entre 2019 e novembro de 2020 é avaliado em aproximadamente US$ 316,4 milhões”.

A maior parte desse valor é proveniente de dois ataques cibernéticos realizados no segundo semestre do ano passado.

palavras-chave: Coreia do Norte roubou US$ 316 mi em criptomoedas, diz relatório; invistaja.info;

O primeiro, em setembro, atingiu uma bolsa de criptomoedas e resultou em US$ 281 milhões em divisas digitais. Um mês depois, um segundo ataque cibernético resultaria em US$ 23 milhões.

+Ação da Sabesp dispara 7% com ânimo sobre proposta de revisão tarifária; Petrobras e PetroRio caem, enquanto bancos avançam

“Uma análise preliminar baseada nos vetores dos ataques e nos subsequentes esforços para lavar os proventos ilícitos sugere fortemente ligações com a RPDC [sigla de República Democrática Popular da Coreia]”, diz o relatório.

Kim Jong-un encerrou a moratória em testes de armas nucleares e mísseis balísticos há um ano, em meio ao impasse nas negociações com os Estados Unidos para a desnuclearização das Coreias. As conversas estão travadas desde fevereiro de 2019, quando o então presidente Donald Trump abandonou de forma abrupta uma cúpula bilateral com Kim em Hanói, no Vietnã.

O último teste de míssil balístico na Coreia do Norte ocorreu em novembro de 2017, com um projétil intercontinental capaz de chegar ao território americano. Desde então, o regime de Pyongyang lançou apenas armas de curto alcance.

Kim exige o fim das sanções internacionais para desmantelar seu principal complexo nuclear, mas os EUA querem que o país asiático abra mão de todo o seu arsenal atômico.

Já pensou em ser um broker? mostra como entrar para uma das profissões mais bem remuneradas do mercado. Deixe seu e-mail abaixo para assistir.

BRASIL | economia | invistaja.info – Coreia do Norte roubou US$ 316 mi em criptomoedas, diz relatório

palavras-chave: Coreia do Norte roubou US$ 316 mi em criptomoedas, diz relatório; invistaja.info;

Veja também:

Governo quer acelerar vacinação no Amazonas para tentar conter avanço da Covid-19 no Norte

Ações da Ultrapar caem com recomendação reduzida; Klabin sobe e Aeris tem baixa após resultados do 4º tri

Luiza Trajano: “Não vamos sair comprando vacinas, mas poderemos agilizar”

Alemanha planeja prorrogar lockdown até 14 de março, mostra documento

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade