Covid-19: mortalidade de gestantes é mais que o dobro da média no país

Gestantes e puérperas registram taxa de letalidade de 7,2%
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdos sobre investimentos

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Covid-19: mortalidade de gestantes é mais que o dobro da média no país; invistaja.info;


ARZZ3 | Liq.Corr.: 1.55 | Liq.2meses: 54221200.0 | P/ACL: 147.66 | PSR: 5.073 | Mrg.Ebit: 0.0513 | Pat.Liq: 1371410000.0

ListenToMarket: Covid-19: mortalidade de gestantes é mais que o dobro da média no país – Áudio gerado às: 7:0:32

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

As gestantes e puérperas (mulheres que tiveram filhos há até 45 dias) registra uma taxa de letalidade de 7,2%, mais que o dobro da atual taxa de letalidade do país, que é de 2,8%.

O dado faz parte do último Boletim do Observatório Covid-19, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado nesta sexta-feira (4).

Segundo o boletim, um estudo sobre a pandemia nas Américas, publicado em maio pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), verificou que, entre janeiro e abril deste ano, houve um aumento relevante de casos em gestantes e puérperas, e de óbitos maternos por covid-19 em 12 países.

+Vendas no varejo da zona do euro caem 3,1% em abril ante março

Os especialistas alertam ainda que as gestantes podem evoluir para formas graves da covid-19, com descompensação respiratória, em especial, aquelas que estão em torno de 32 ou 33 semanas de gestação. Em muitos casos, segundo os cientistas, há necessidade de antecipar o parto.

Esse quadro aumenta a preocupação em relação à disponibilidade de leitos de UTI adulto para essas mulheres e de leitos de UTI neonatal para os recém-nascidos, que podem ser prematuros. Os pesquisadores alertam que ambos precisam de cuidados especializados e imediatos.

hotWords: média gestantes dobro covid-19:

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

A partir de meados de 2020, começaram a ser publicados artigos sobre a morte de gestantes e puérperas por covid-19 no Brasil, alertando para a necessidade de preparação e organização de toda a rede de atenção em saúde.

De acordo como Observatório Obstétrico Brasileiro Covid-19, os óbitos maternos em 2021 superaram o número notificado em 2020.

No ano de 2020, foram 544 óbitos em gestantes e puérperas por covid-19 no país, com média semanal de 12,1 óbitos, considerando que a pandemia se estendeu por 45 semanas epidemiológicas nesse ano. Até 26 de maio de 2021, transcorridas 20 semanas epidemiológicas, foram registrados 911 óbitos, com média semanal de 47,9 óbitos.

Em curso gratuito de Opções, professor Su Chong Wei ensina método para ter ganhos recorrentes na bolsa. Inscreva-se já.

palavras-chave: Covid-19: mortalidade de gestantes é mais que o dobro da média no país; invistaja.info;

CALIFORNIA | economia | invistaja.info – Covid-19: mortalidade de gestantes é mais que o dobro da média no país

REFLEXÃO: Michael Batnick, gestor de patrimônios da Ritholtz: Evitar erros catastróficos é mais importante do que construir o portfólio perfeito.

Veja também:

Dólar se aproxima de R$5 e fecha na mínima em um ano com apetite global por risco

Onda de fusões e aquisições em commodities favorece hackers

Ações da BRF caem 2,5% após novas compras pela Marfrig; CVC salta 7%, shoppings sobem e siderúrgicas recuam

Ibovespa tem 7ª alta seguida, avança 3,6% na semana e supera os 130 mil pontos; dólar bate mínima em um ano

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.