CVC tem prejuízo de R$ 81,4 mi no 1º trimestre, queda de 92,9% na comparação anual

Segundo a empresa, o prejuízo do período decorre, mais uma vez, do impacto causado pela pandemia da covid-19, especialmente no Brasil
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Negociando na bolsa de valores

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: CVC tem prejuízo de R$ 81,4 mi no 1º trimestre, queda de 92,9% na comparação anual; invistaja.info;


RNEW11 | P/EBIT: -5.65 | P/VP: -0.39 | Liq.Corr.: 1.75 | EV/EBITDA: -27.59 | EV/EBIT: -24.14 | Pat.Liq: -1127370000.0

A operadora de turismo CVC (CVCB3) registrou prejuízo de R$ 81,4 milhões no primeiro trimestre de 2021, o que representou uma queda de 92,9% ante as perdas de R$ 1,151 bilhão acumuladas no mesmo período de 2020.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ficou negativo em R$ 56,403 milhões, o que representou uma melhora de 92,4% ante o Ebitda negativo de R$ 741,432 milhões do mesmo intervalo do ano passado.

As despesas financeiras somaram R$ 10,531 milhões no período de janeiro a março, uma queda de 79,1% sobre a despesa financeira de um ano antes.

+Cogna tem prejuízo de R$ 90,9 milhões no primeiro trimestre, alta de 132,5% na comparação anual

A receita líquida atingiu no período R$ 165,935 milhões, recuo de 58,2% sobre o mesmo intervalo de 2020.

Segundo a empresa, o prejuízo do período decorre, mais uma vez, do impacto causado pela pandemia da covid-19, especialmente no Brasil. “No primeiro trimestre do ano de 2021 fizemos bons progressos na preparação da CVC para liderar a retomada dos negócios, com uma boa evolução financeira, embora os volumes de novas vendas e embarques tenham sido abaixo das expectativas em função das restrições impostas devido ao aumento de casos, nesta nova onda da pandemia covid-19”, informou, na mensagem da administração que acompanha o balanço.

hotWords: 81,4 prejuízo comparação 92,9%

Seja anunciante no invistaja.info

Leia também: O futuro da CVC em meio à saída de 4 conselheiros e aos desafios do setor de turismo em 2021

Em janeiro, a CVC realizou a quinta emissão de debêntures no valor de R$ 436,4 milhões e vencimento em 10 de junho em 2023. Os recursos captados serão integralmente usados para o pagamento antecipado do passivo financeiro junto ao Citibank.

Segundo a empresa, o processo de capitalização, lançado em 9 de julho de 2020, foi encerrado com a conclusão da segunda etapa. O montante total integralizado no capital foi de R$ 665,6 milhões. “A primeira fase desse processo foi encerrada em setembro de 2020 e totalizou R$ 301,7 milhões, com a integralização de 100% do total proposto.

A segunda etapa, concluída e comunicada ao mercado em 3 de fevereiro de 2021, resultou em um aumento adicional de capital de R$ 363,9 milhões, tendo exercício de 90,7% dos bônus de subscrição disponíveis”, informou.

Stock Pickers lança curso online e gratuito que ensina a identificar ativos com ótimo potencial de valorização. Inscreva-se.

palavras-chave: CVC tem prejuízo de R$ 81,4 mi no 1º trimestre, queda de 92,9% na comparação anual; invistaja.info;

LONDRINA | mercados | invistaja.info – CVC tem prejuízo de R$ 81,4 mi no 1º trimestre, queda de 92,9% na comparação anual

REFLEXÃO: Eddy Elfenbein, dono do site Crossing Wall Street: Seja paciente e ignore modismos. Foque no valor e não entre em pânico.

Tópicos mais acessados:

Ata do Fomc, dados na China e CPI da Pandemia: o que acompanhar nesta semana

Decisão sobre ICMS vai destravar ações, dizem especialistas

Espanha investe em semana de trabalho com 4 dias; ideia funcionaria no Brasil?

Petrobras diz buscar alinhamento anual de preços com o mercado internacional

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.