CVM apura demissão de gerente de RH da Petrobras suspeito de caso de “insider”

O órgão regulador do mercado de capitais deu início à apuração após levantada a possibilidade de uso de informação privilegiada com ações da estatal
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para quem vive o mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: CVM apura demissão de gerente de RH da Petrobras suspeito de caso de “insider”; invistaja.info;


JALL3 | ROIC: 0.0 | P/VP: 4.17 | EV/EBIT: 0.0 | Mrg.Liq.: 0.0 | Mrg.Ebit: 0.0 | EV/EBITDA: 0.0

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) está analisando o episódio que resultou na demissão do gerente de Recursos Humanos da Petrobras, Claudio Costa, na última segunda-feira, 29, sob a acusação de negociar ações da estatal em bolsa poucos dias antes do anúncio dos resultados da companhia.

Em comunicado, a Petrobras disse que ele atuou, “em episódio pontual”, em desacordo com o disposto na política de divulgação de ato ou fato relevante e de negociação de valores mobiliários. Ela veda a negociação de valores mobiliários de emissão da Petrobras por pessoas vinculadas nos 15 dias que antecedem a divulgação das demonstrações financeiras da companhia, explica a estatal.

O caso está sendo analisado pela CVM dentro de um processo aberto em 2 de março para investigar diversas transações com papéis da petroleira no período próximo à troca de comando na empresa determinada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. O órgão regulador do mercado de capitais deu início à apuração após levantada a possibilidade de uso de informação privilegiada (insider trading) com ações da estatal.

+Saraiva marca leilão de lojas e de operações de e-commerce para 16 de abril; ações saltam mais de 20%

Homem de confiança do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, Costa também deixou o conselho de administração da subsidiária de Logística da estatal, a Transpetro. “Concluí minha jornada no grupo Petrobras”, afirmou Costa, numa rápida conversa com o Broasdcast, por telefone. Ele negou que tenha cometido qualquer irregularidade enquanto esteve na liderança do RH da empresa e repassou para a estatal a responsabilidade de se posicionar sobre a decisão de demiti-lo. Segundo o executivo, “são inverdades que estão sendo divulgadas” contra ele.

Quer descobrir como é possível multiplicar seu capital no mercado de Opções? O analista Fernando Góes te mostra como na Semana 3×1, evento online e 100% gratuito. Clique aqui para assistir.

palavras-chave: CVM apura demissão de gerente de RH da Petrobras suspeito de caso de “insider”; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – CVM apura demissão de gerente de RH da Petrobras suspeito de caso de “insider”

REFLEXÃO: James Early, do Motley Fool: Explore a fraqueza cognitiva dos outros

Notícias relacionadas:

Conselho de Administração da Dimed, controladora da Panvel, aprova pedido de adesão ao Novo Mercado

Saraiva marca leilão de lojas e de operações de e-commerce para 16 de abril; ações fecham em alta de até 25%

Ibovespa cai e quase apaga os ganhos na semana com temor fiscal ofuscando dia de recorde do S&P 500; dólar sobe a R$ 5,71

Caixa responde Procon sobre Mega da Virada e considera identificar vencedor impossível: “dados pessoais do apostador não são registrados”

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade