Publicidade

Davos: Crise energética poderá levar a racionamento no inverno europeu e até recessão, dizem líderes

Líderes alertam para a necessidade de estratégias de consumo mais eficientes com o fornecimento de gás da Rússia comprometido
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para o trader investidor

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Davos: Crise energética poderá levar a racionamento no inverno europeu e até recessão, dizem líderes; invistaja.info;


VIVR3 | Mrg.Ebit: -0.8731 | Cresc.5anos: 0.7601 | EV/EBIT: -6.48 | P/VP: -0.62 | Mrg.Liq.: -1.1497 | P/Cap.Giro: -0.66

ListenToMarket: Davos: Crise energética poderá levar a racionamento no inverno europeu e até recessão, dizem líderes – Áudio gerado às: 16:10:34

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

A Agência Internacional de Energia (IEA, na sigla em inglês), deu um alerta às autoridades europeias de que será preciso elaborar planos de contingência para o próximo inverno. “Temo não ser possível excluir o risco de racionamento de gás”, afirmou Fatih Birol, diretor da IEA, durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, que começou esta semana.

Antes da invasão à Ucrânia, a Rússia era responsável por fornecer 40% do gás que abastece a União Europeia e 55% do suprimento da Alemanha e agora, nas palavras de Birol, o continente paga o preço de sua grande dependência da energia Rússia.

De acordo com projeções do banco alemão Bundesbank, um embargo às importações russas de gás custaria 165 bilhões de euros somente à Alemanha e jogaria o país em uma recessão, ainda que em menor escala do que a vivida no primeiro ano de pandemia. No primeiro trimestre deste ano, o Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha avançou a 0,2% em relação aos três últimos meses do ano passado. O crescimento, ainda que pequeno, impediu que o país já entrasse em uma recessão técnica.

“No cenário de crise severa, o PIB real no ano atual cairia quase 2% em relação a 2021”, diz a análise do banco. Autoridades alemãs têm dito que um embargo ao gás russo poderia forçar o fechamento de algumas indústrias.

Mesmo diante dessa situação, Fatih Birol também fez um apelo para que os países não utilizem a invasão Rússia à Ucrânia como premissa para aumentar investimentos em combustíveis fósseis. O diretor da IEA defendeu estratégias de eficiência, como impedir vazamentos de metano e reduzir os termostatos “em alguns poucos graus” no próximo inverno.

As emissões de gases do efeito estufa cresceram 8% no quarto trimestre de 2021, totalizado 1,041 milhão de toneladas de gás carbônico (CO2) equivalente. O número supera os volumes emitidos antes do início da pandemia.

hotWords: davos: inverno europeu crise poderá levar

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Leia mais: Davos: Guedes defende maior integração e volta a falar da moeda única “peso-real”

Em um dos painéis de discussão, sobre perspectivas globais, a CEO do Citigroup, Jane Fraser, disse estar convencida de que a Europa caminha para uma recessão. Segundo ela, a crise energética deixa o continente vulnerável a uma desaceleração econômica, ainda que outras partes do mundo ainda estejam dando sinais de resistência.

“A Europa está o meio de uma tempestade nas cadeias produtivas, de uma crise energética e, claro, próxima das atrocidades que estão acontecendo na Ucrânia”, disse ela, respondendo a perguntas de jornalistas. No ano passado, Jane havia previsto que os mercados entrariam em liquidação, o que se estendeu ao longo do começo de 2022.

Leia mais: Persistência de alta dos preços de alimentos eleva risco de fome e de turbulência política no mundo

O Banco Central Europeu, que vinha resistindo em adotar uma política de aperto monetário, tem deixado cada vez mais claro que deve subir os juros e isso deve acontecer já a partir do próximo mês de julho. O mercado aposta em quatro ajustes até o final do ano.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

palavras-chave: Davos: Crise energética poderá levar a racionamento no inverno europeu e até recessão, dizem líderes; invistaja.info;

BELO HORIZONTE | economia | invistaja.info – Davos: Crise energética poderá levar a racionamento no inverno europeu e até recessão, dizem líderes

REFLEXÃO: Morgan Housel: Se preocupe somente quando você achar que tiver tudo resolvido.

Notícias relacionadas:

Baleias trocam Tether (USDT) por USDC após colapso da stablecoin TerraUSD

Deputado quer ampliar programa de auxílio-gás em projeto que limita ICMS

Integrantes do Fed veem como apropriadas novas altas de juros em 0,5 ponto, mostra ata do Fomc

Bolsonaro assina decreto que autoriza junção das estatais Valec e EPL

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade