Em audiência sobre GameStop, CEO da Robinhood defende modelo de negócios

“Nosso modelo de negócios está funcionando para os americanos comuns”, afirmou Vlad Tenev na abertura da audiência
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Negociando na bolsa de valores

palavras-chave: Em audiência sobre GameStop, CEO da Robinhood defende modelo de negócios; invistaja.info;


O CEO da corretora americana Robinhood, Vlad Tenev, defendeu seu modelo de negócios nesta quinta-feira, 18, durante uma audiência no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos. O escrutínio dos parlamentares ocorre após a volatilidade causada nos mercados acionários americanos por movimentos especulativos de investidores de varejo, o que ficou conhecido como “caso GameStop”.

“Nosso modelo de negócios está funcionando para os americanos comuns”, afirmou Tenev na abertura da audiência. “Muitas pessoas dizem que a Robinhood os ajudou a pagar empréstimos para automóveis, reduzir dívidas de empréstimos estudantis, pagar as contas diárias e economizar para o futuro”, acrescentou.

Como mostrou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), o crescimento da influência de operadores de varejo no mercado acionário dos EUA entrou em evidência. A avaliação de analistas é de que o aumento do número de pequenos investidores está relacionado ao surgimento de corretoras online que não cobram taxas, como a Robinhood, e a um ambiente de ampla liquidez fiscal e monetária.

+Ibovespa Futuro tem leve queda seguindo exterior em meio a temor sobre inflação nos EUA; dólar cai a R$ 5,39

“Aos nossos clientes, peço desculpas e saibam que estamos fazendo tudo que podemos para garantir que isso não aconteça novamente”, declarou Tenev. Segundo o CEO, muitas corretoras observaram um aumento “maciço” de negociações em suas plataformas no final de janeiro, com um movimento “sem precedentes” no dia 28.

Sobre as restrições temporárias à negociação de ações da GameStop, ele afirmou que a medida foi necessária por causa da volatilidade, “para atender às crescentes exigências regulatórias de depósito, não para ajudar os fundos de hedge”. Tenev também ressaltou que a Robinhood injetou mais de US$ 3 bilhões em liquidez para “se proteger” das exigências de garantias.

Leia também: Robinhood: como o caso GameStop expôs o lado obscuro do aplicativo que revolucionou a forma de investir nos EUA

Anuncie no invistaja.info

Os papéis da GameStop subiram mais de 400% na última semana de janeiro, com o aumento da demanda de usuários da rede social Reddit, mais especificamente do fórum WallStreetBets, o que causou um short squeeze no mercado.

O short squeeze ocorre quando um ativo dá um salto e força investidores que apostam em sua queda a comprá-lo, para evitar uma perda maior. Os grandes fundos de hedge que foram impactados pela especulação, como o Melvin Capital, haviam “alugado” papéis como os da GameStop.

O objetivo era vender essas ações no mercado e comprá-las de volta por um preço menor, embolsando a diferença antes de devolver os ativos ao dono original. No entanto, com a disparada das ações, esses fundos se viram obrigados a recomprá-las o mais rápido para zerar posição e evitar mais prejuízos – o que alimentou ainda mais a alta de preços, como uma bola de neve.

“Para estrategista-chefe da XP, mudança histórica abriu oportunidade para um grupo específico de ativos na Bolsa. Clique aqui ou deixe seu e-mail abaixo para saber de graça como aproveitá-la.

CALIFORNIA | mercados | invistaja.info – Em audiência sobre GameStop, CEO da Robinhood defende modelo de negócios

Saiba mais:

Plataforma, crescimento, tecnologia e varejo: uma tese de investimento em Neogrid

Estoques de petróleo nos EUA caem 7,257 milhões de barris na semana, diz DOE

Cogna: troca de ativos com Eleva será catalisador? Analistas veem empresa no rumo certo, mas seguem cautelosos

Bitcoin: entrada de investidores institucionais ajudaram em alta de quase 400% em 4 meses, mas patamar é sustentável?

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.