Empresas chinesas terão que informar investidores nos EUA sobre riscos políticos e regulatórios

Maior rigor indicado por presidente da CVM americana reflete a mais recente reação à repressão de Pequim ao setor privado
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Investindo como um profissional

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Empresas chinesas terão que informar investidores nos EUA sobre riscos políticos e regulatórios; invistaja.info;


BAHI11 | P/EBIT: 99.87 | P/L: -1.62 | Liq.2meses: 11889.0 | Mrg.Ebit: 0.0031 | P/VP: 0.47 | Cresc.5anos: 0.9068

ListenToMarket: Empresas chinesas terão que informar investidores nos EUA sobre riscos políticos e regulatórios – Áudio gerado às: 16:40:17

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

(MarketMsg) — A Comissão de Valores mobiliários dos EUA vai exigir que as mais de 250 empresas chinesas listadas em mercados americanos forneçam mais informações aos investidores sobre riscos políticos e regulatórios, ampliando uma exigência que antes só se aplicava a ofertas públicas iniciais (IPOs, em inglês).

Gary Gensler, presidente da comissão (conhecida pela sigla em inglês SEC), disse em entrevista na terça-feira que as informações mais detalhadas provavelmente serão incluídas nos relatórios anuais das companhias a partir do começo do ano que vem. Os novos detalhes devem trazer dados sobre estruturas de empresas usadas apenas como veículos financeiros, acrescentou.

Os investidores precisam de “revelação completa e justa” das informações, disse Gensler.

+Fintech brasileira capta mais de R$ 600 milhões para conquistar a conta das PMEs – e até a Tencent participou

“O que é divulgado é realmente adequado ao momento atual em termos de riscos regulatórios, dos vários riscos políticos?”, questionou ele.

hotWords: regulatórios informar sobre políticos investidores

Seja anunciante no invistaja.info

Leia também:• Pressão regulatória atinge mais setores em “nova China” de Xi Jinping

O maior rigor reflete a mais recente reação da SEC à repressão de Pequim ao setor privado. As medidas do governo chinês, como análises aprofundadas de segurança para empresas que querem listar papéis no exterior, chocaram Wall Street e desencadearam um grande movimento de venda de ações chinesas negociadas nos EUA.

No mês passado, Gensler disse que a SEC paralisaria IPOs de empresas chinesas até que a divulgação de informações fosse aprimorada.

Curso gratuito ensina a ter consistência na bolsa para ganhar e rentabilizar capital. Participe!

palavras-chave: Empresas chinesas terão que informar investidores nos EUA sobre riscos políticos e regulatórios; invistaja.info;

BELO HORIZONTE | mercados | invistaja.info – Empresas chinesas terão que informar investidores nos EUA sobre riscos políticos e regulatórios

REFLEXÃO: Michael Kitces, conselheiro financeiro: Invista pensando no longo prazo, não especule, mas, não ignore as flutuações do mercado.

Notícias relacionadas:

Gol enfrenta instabilidade em site e aplicativo

Intelbras pode “abocanhar” parte significativa do mercado 5G após parceria com a Qualcomm, dizem analistas

China mira US$ 1 trilhão em depósitos minerais de lítio no Afeganistão

Ações de Vale e siderúrgicas saltam com minério; aéreas disparam, construtoras disparam 10% e só 6 ações do Ibovespa caem

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade