Publicidade

Estoque de crédito sobe 1,8% em novembro ante outubro para R$ 4,575 tri, diz BC

Em novembro ante outubro, houve alta de 2,0% no estoque para pessoas físicas e elevação de 1,4% no estoque para pessoas jurídicas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para quem vive o mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Estoque de crédito sobe 1,8% em novembro ante outubro para R$ 4,575 tri, diz BC; invistaja.info;


BMEB3 | Div.Brut/Pat.: 0.0 | ROIC: 0.0 | P/Ativo: 0.0 | Pat.Liq: 1112840000.0 | DY: 0.0472 | P/Cap.Giro: 0.0

ListenToMarket: Estoque de crédito sobe 1,8% em novembro ante outubro para R$ 4,575 tri, diz BC – Áudio gerado às: 11:40:54

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O estoque total de operações de crédito do sistema financeiro subiu 1,8% em novembro ante outubro, para R$ 4,575 trilhões, informou nesta terça-feira, 28, o Banco Central. Em 12 meses, houve alta de 15,6%.

Em novembro ante outubro, houve alta de 2,0% no estoque para pessoas físicas e elevação de 1,4% no estoque para pessoas jurídicas.

De acordo com o BC, o estoque de crédito livre avançou 2,4% em novembro, enquanto o de crédito direcionado apresentou alta de 0,8%.

+Taxa de desemprego, dados de crédito e consolidado das contas públicas: o que acompanhar na última semana do ano

No crédito livre, houve alta de 2,4% no saldo para pessoas físicas no mês passado. Para as empresas, o estoque também avançou 2,4% no período.

O BC informou ainda que o total de operações de crédito em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) foi de 52,8% para 53,2% na passagem de outubro para novembro.

Habitação e veículos

O estoque das operações de crédito direcionado para habitação no segmento pessoa física cresceu 1,1% em novembro ante outubro, totalizando R$ 807,371 bilhões, informou o Banco Central.

Em 12 meses até novembro, o crédito para habitação no segmento pessoa física subiu 14,5%.

Já o estoque de operações de crédito livre para compra de veículos por pessoa física subiu 0,3% em novembro ante outubro, para R$ 238,928 bilhões. Em 12 meses, houve alta de 10,6%.

Setores

O saldo de crédito para as empresas do setor de agropecuária subiu 1,0% em novembro, para R$ 39,318 bilhões, informou o Banco Central.

Já o saldo para a indústria avançou 0,3%, para R$ 753,368 bilhões. O montante para o setor de serviços teve alta de 1,1%, para R$ 1,121 trilhão.

No caso do crédito para pessoa jurídica com sede no exterior e créditos não classificados (outros), o saldo subiu 115,9%, aos R$ 19,672 bilhões.

hotWords: ante 1,8% para tri, sobe novembro

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Setor não financeiro

O saldo do crédito ampliado ao setor não financeiro subiu 1,7% em novembro ante outubro, para R$ 13,362 trilhões. O montante equivale a 155,3% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, conforme dados divulgados pelo Banco Central.

O crédito ampliado inclui, entre outras, as operações de empréstimos feitas no âmbito do Sistema Financeiro Nacional (SFN) e as operações com títulos públicos e privados. A medida permite uma visão mais ampla sobre como empresas, famílias e o governo geral estão se financiando, ao abarcar não apenas os empréstimos bancários.

No caso específico de empresas, o saldo do crédito ampliado cresceu 0,7% em novembro ante outubro, para R$ 4,647 trilhões. O montante equivale a 54,0% do PIB.

BNDES

O saldo de financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para empresas teve baixa de 0,6% em novembro ante outubro, somando R$ 375,298 bilhões, informou o Banco Central. Em 12 meses, a queda acumulada é de 3,8%.

Em novembro, houve alta de 2,4% nas linhas de financiamento agroindustrial do BNDES, queda de 0,2% no financiamento de investimentos e baixa de 33,1% no saldo de capital de giro.

Concessões

As concessões dos bancos no crédito livre subiram 5,3% em novembro ante outubro, para R$ 401,0 bilhões, informou o Banco Central. No acumulado dos 11 primeiros meses do ano, o avanço foi de 19,4% e, nos 12 meses até novembro, a alta foi de 16,8%.

Estes dados, apresentados nesta terça pelo BC, não levam em conta ajustes sazonais. Em novembro, no crédito para pessoas físicas, as concessões subiram 3,3%, para R$ 200,7 bilhões. Em 12 meses até novembro, há alta de 17,6%.

Já no caso de pessoas jurídicas, as concessões subiram 7,5% em novembro ante julho, para R$ 200,4 bilhões. Em 12 meses até novembro, o avanço é de 16,0%.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

palavras-chave: Estoque de crédito sobe 1,8% em novembro ante outubro para R$ 4,575 tri, diz BC; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | economia | invistaja.info – Estoque de crédito sobe 1,8% em novembro ante outubro para R$ 4,575 tri, diz BC

REFLEXÃO: Tom Gardner, da Motley Fool: Encontre lideres notáveis e uma missão para o longo da vida.

Tópicos mais acessados:

Ibovespa cai, descolado de bolsas no exterior, e luta para manter os 105 mil pontos

Ibovespa abre próximo à estabilidade, descolado de bolsas no exterior, que sobem

Ibovespa abre próximo à estabilidade descolado de bolsas no exterior, que sobem

Ibovespa Futuro abre em alta, em linha com mercados internacionais

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade