Estudo aponta risco pequeno de inflamação cardíaca por vacina da Pfizer

Em cada 100 mil pacientes que tomam a vacina, de 1 a 5 provavelmente desenvolverão miocardite, diz o estudo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Estudo aponta risco pequeno de inflamação cardíaca por vacina da Pfizer; invistaja.info;


AERI3 | ROIC: 0.0 | EV/EBIT: 0.0 | P/Cap.Giro: 6.78 | ROE: 0.0 | PSR: 0.0 | EV/EBITDA: 0.0

ListenToMarket: Estudo aponta risco pequeno de inflamação cardíaca por vacina da Pfizer – Áudio gerado às: 9:20:16

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

(invistaja.info) – O uso da vacina da Pfizer aumenta levemente o risco de inflamação do coração, mas o risco é maior entre aqueles infectados com o COVID-19, mostrou um estudo publicado nesta quarta-feira no New England Journal of Medicine.

Em cada 100.000 pacientes que tomam a vacina, de 1 a 5 provavelmente desenvolverão miocardite que de outra forma não desenvolveriam, relataram os pesquisadores com base em dados do Clalit Health Services, um grande serviço de saúde israelense.

Essa taxa é muito maior, de 11 pessoas por 100.000, entre as pessoas infectadas com o coronavírus, disseram.

+China acrescentará “Pensamento de Xi Jinping” ao currículo nacional

Os dados foram divulgados dias depois que a vacina contra Covid-19 da Pfizer/BioNTech se tornou a primeira vacina totalmente aprovada nos Estados Unidos para pessoas com 16 anos ou mais, um movimento que poderia persuadir os céticos da vacina a serem imunizados.

Os pesquisadores compararam as taxas de eventos adversos em 884.828 indivíduos vacinados e um número igual de pessoas não vacinadas. No total, 21 pessoas relataram miocardite no grupo vacinado –principalmente homens jovens– em comparação com 6 pessoas entre os não vacinados.

hotWords: pequeno estudo inflamação aponta vacina

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

A maioria dos eventos adversos em pessoas vacinadas foi leve, mas alguns, como miocardite, são potencialmente graves, disseram os pesquisadores.

Os pesquisadores também analisaram as taxas de eventos adversos em mais de 240.000 pacientes infectados.

Os resultados indicam que a infecção por Covid-19 é em si um fator de risco muito forte para miocardite e também aumenta substancialmente o risco de outros eventos adversos graves.

Curso gratuito ensina a ter consistência na bolsa para ganhar e rentabilizar capital. Participe!

palavras-chave: Estudo aponta risco pequeno de inflamação cardíaca por vacina da Pfizer; invistaja.info;

CALIFORNIA | economia | invistaja.info – Estudo aponta risco pequeno de inflamação cardíaca por vacina da Pfizer

REFLEXÃO: Michael Batnick, gestor de patrimônios da Ritholtz: Evitar erros catastróficos é mais importante do que construir o portfólio perfeito.

Notícias relacionadas:

Ibovespa Futuro opera em leve queda com investidores atentos à indicadores nos EUA; dólar sobe

Pfizer e BioNTech assinam acordo com Eurofarma para fabricação de vacina contra Covid

Minério de ferro avança com volta de apostas de aceleração na China

Programa de redução de salários e jornada termina sem prorrogação

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade