Publicidade

Filantropia comunitária: como ampliar o impacto social para transformar uma região

Em entrevista ao podcast, fundadora e diretora da Redes da Maré, Eliana Sousa Silva, fala sobre a sua experiência
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Investindo como profissionais

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Filantropia comunitária: como ampliar o impacto social para transformar uma região; invistaja.info;


BRGE12 | P/VP: 0.41 | Div.Brut/Pat.: 0.0 | Pat.Liq: 1247620000.0 | Cotacao: 6.94 | DY: 0.0001 | Mrg.Liq.: 4.0381

Ao investir nas associações que atuam em uma área geográfica específica, seja um bairro, uma região ou uma cidade, é possível envolver a população local na identificação do que é prioridade e na busca por melhores soluções.

Ações assim fazem parte da chamada filantropia comunitária, que é o tema do 43º episódio do podcast Aqui Se Faz, Aqui Se Doa!, produzido pelo Instituto MOL com apoio de Movimento Bem Maior, Morro do Conselho Participações e Ambev,  com divulgação do (MarketMsg). O programa desta semana é uma edição especial em parceria com o IDIS (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social).

+Em cenário desafiador para adquirentes, Bradesco BBI recomenda cautela e tem preferência por Cielo e PagSeguro

Os institutos e fundações comunitárias visam proporcionar um impacto sistêmico, possuem planos de longo prazo, financiam projetos, capacitam entidades do terceiro setor, fomentam a cultura de doação e protagonizam um diálogo entre organizações e iniciativas sociais com a sociedade civil, o poder público e os doadores. Tudo para transformar o território onde atuam.

Para falar sobre o assunto, o programa realizou uma entrevista com a fundadora e diretora da Redes da Maré, Eliana Sousa Silva. A organização luta para garantir os direitos e melhorar a condição de vida dos cerca de 140 mil moradores de 16 favelas da Maré, no Rio de Janeiro. Um passo adiante nesse trabalho está sendo dado com a realização de um estudo de viabilização para criação de um fundo comunitário que consiga ter resultados em maior escala.

“Até hoje, a gente vem construindo nossos projetos de pesquisas, de ação e de incidência na política pública muito a partir de projetos, e é assim que a gente capta recursos. É assim que a gente traz parcerias. Entendemos que poder ter uma fundação comunitária vai olhar para esse conjunto de favelas e para esse conjunto de iniciativas a partir de uma outra dimensão. A partir da possibilidade de pegar uma demanda social que a gente tem aqui e trabalhá-la em rede”, continuou.

hotWords: para transformar ampliar como impacto

Anuncie no invistaja.info

Ela citou um projeto de educação idealizado em 1997 quando menos de 0,5% dos habitantes da região tinham estudado em uma universidade. A partir daquela realidade, um curso foi implementado para que os alunos pudessem se preparar melhor para os vestibulares. Esse curso e outros existem até hoje.

Segundo Eliana, atualmente quase 4% da população da Maré tiveram acesso à universidade. Mas ela sabe que não é apenas uma iniciativa que muda todo o panorama.

“A gente não consegue isso se continuar atuando apenas com um projeto, a gente precisa realmente fomentar uma rede de projetos, lideranças, iniciativas ou coletivos que possam a partir de uma temática, de um direito que não está estabelecido, criar essa possibilidade de inventividade para enfrentamento desse problema”, declarou.

Para estabelecer o fundo para a Maré, o projeto de Eliana participa do programa Transformando Territórios, do IDIS, que tem como objetivo justamente fomentar a criação e o fortalecimento de institutos e fundações comunitárias no Brasil.

“Realmente, a gente quer investir para mudanças estruturais. O que faria uma mudança estrutural? O que a gente precisaria criar e inventar?  Essa coisa muito a partir dos moradores, a partir da mobilização social”, afirmou.

palavras-chave: Filantropia comunitária: como ampliar o impacto social para transformar uma região; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | economia | invistaja.info – Filantropia comunitária: como ampliar o impacto social para transformar uma região

REFLEXÃO: Tom Gardner, da Motley Fool: Encontre lideres notáveis e uma missão para o longo da vida.

Veja também:

Embraer (EMBR3) firma acordo com Holanda para pesquisa aeroespacial

Por que essa fintech, que ajuda pequenas empresas a pagarem seus fornecedores, recebeu R$ 176 milhões

Bradesco BBI inicia cobertura de Grendene (GRND3) com recomendação neutra: crescimento baixo, mas altos dividendos

Contratos futuros do minério de ferro disparam na China

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade