Fiocruz recebe nova remessa de insumo para produção de vacina

Produção, que foi interrompida na última quinta feira (20), será retomada na próxima terça-feira (25)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Investindo como profissionais

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Fiocruz recebe nova remessa de insumo para produção de vacina; invistaja.info;


CMIG3 | P/L: 7.94 | Liq.Corr.: 1.62 | P/VP: 1.48 | P/Ativo: 0.501 | EV/EBIT: 7.2 | ROIC: 0.1088

ListenToMarket: Fiocruz recebe nova remessa de insumo para produção de vacina – Áudio gerado às: 11:10:43

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu mais uma remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), insumo mais importante para a produção da vacina contra a covid-19. O carregamento desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, no final da tarde de ontem (22). Com a nova entrega, poderão ser fabricadas aproximadamente 12 milhões de doses, o que assegura os repasses previstos ao Programa Nacional de Imunização (PNI) até a terceira semana de junho.

Segundo a Fiocruz, a produção, que foi interrompida na última quinta feira (20), será retomada na próxima terça-feira (25).

Vinculada ao Ministério da Saúde, a Fiocruz é responsável pela produção da vacina Oxford-AstraZeneca, a Covishield. A vacina foi desenvolvida por meio de uma parceria entre a Universidade de Oxford e a farmacêutica inglesa AstraZeneca. Ainda no ano passado, elas firmaram com a instituição brasileira um acordo para transferência de tecnologia.

+Mortes por Covid-19 na América Latina passam de 1 milhão

A vacina já possui o registro definitivo na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e está sendo usada no controle da pandemia, seguindo os critérios do PNI. Os primeiros lotes da vacina que chegaram em janeiro ao país foram importados da Índia.

A fabricação em larga escala no Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fiocruz (Bio-Manguinhos) teve início em março. No entanto, o IFA ainda está sendo importado. No início desse mês, a Anvisa deu aval para que a Fiocruz também possa fabricar o insumo. Assim, a expectativa é de que, nos próximos meses, a produção da Covishield esteja 100% nacionalizada.

Até o momento, a Fiocruz já entregou ao PNI mais de 41 milhões de vacinas para distribuição aos estados e municípios. A última remessa, de 6,1 milhões de doses, foi repassada ontem (21).

palavras-chave: Fiocruz recebe nova remessa de insumo para produção de vacina; invistaja.info;

FARIA LIMA | economia | invistaja.info – Fiocruz recebe nova remessa de insumo para produção de vacina

REFLEXÃO: Rich Greifner, da Motley Fool: Pense a longo prazo, seja paciente e busque por retornos assimétricos.

Leia também:

Puxadas pelo minério, exportações para a China crescem 36% até abril

Ibama barra nova usina na Amazônia

Governo prepara PEC para prorrogar auxílio emergencial, dizem fontes

Dados de emprego, IPCA-15, Covid-19 e PIB dos EUA: o que acompanhar nesta semana

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.