FMI mantém Georgieva como diretora-gerente após denúncia de manipulação de dados

Após uma revisão da denúncia, o Conselho Executivo do fundo, composto por 24 membros, reafirmou na segunda que tem “confiança total” em Georgieva
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação de quem vive o mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: FMI mantém Georgieva como diretora-gerente após denúncia de manipulação de dados; invistaja.info;


YDUQ3 | P/L: 47.46 | P/VP: 2.47 | Cresc.5anos: 0.0505 | P/EBIT: 17.31 | P/ACL: -2.44 | ROIC: 0.0623

ListenToMarket: FMI mantém Georgieva como diretora-gerente após denúncia de manipulação de dados – Áudio gerado às: 9:20:25

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O Fundo Monetário Internacional (FMI) decidiu manter a economista búlgara Kristalina Georgieva no cargo de diretora-gerente da instituição. A chefe do órgão credor está no centro de uma polêmica desde setembro, quando foi acusada de ter feito pressão por alterações no relatório “Doing Business 2018” do Banco Mundial para beneficiar a China. Ela nega qualquer irregularidade.

Após uma revisão da denúncia, o Conselho Executivo do fundo, composto por 24 membros, reafirmou nesta segunda-feira, 11, que tem “confiança total” em Georgieva.

“O Conselho Executivo considerou que as informações apresentadas no curso de sua revisão não demonstravam de forma conclusiva que a diretora-gerente desempenhou um papel impróprio em relação ao relatório “Doing Business 2018″ quando era CEO do Banco Mundial”, diz um comunicado do FMI.

+Prévia do PIB e dados de serviços no Brasil, ata do Fomc nos EUA: o que acompanhar nesta semana

Nas últimas semanas, os conselheiros se reuniram oito vezes para discutir as acusações contra Georgieva. “Depois de examinar todas as evidências apresentadas, o Conselho Executivo reafirma sua total confiança na liderança da diretora-gerente e na capacidade dela de continuar a desempenhar com eficácia suas funções”, afirma outro trecho da nota.

A junta executiva ressalta, ainda, que confia na “imparcialidade” e “excelência analítica” do corpo técnico do FMI. “Ao mesmo tempo, o Conselho Executivo planeja se reunir para considerar possíveis medidas adicionais para garantir a força das salvaguardas institucionais nessas áreas.”

A investigação, que veio a público no dia 16 de setembro, foi solicitada pelo comitê de ética do Banco Mundial à firma de advocacia WilmerHale, cujos representantes também se encontraram recentemente com os conselheiros do FMI.

hotWords: mantém denúncia diretora-gerente manipulação após

Anuncie no invistaja.info

O documento divulgado pelo Banco Mundial, com os resultados da averiguação feita pela WilmerHale, dizia que Georgieva havia pressionado por mudanças específicas na pontuação da China em determinados dados, em um esforço para aumentar a posição do país asiático no relatório de 2018.

Segundo a nota, havia expectativas naquele período de que a China exerceria um papel crucial na campanha para aumento de capital do Banco Mundial. Georgieva exerceu o cargo de diretora-executiva da entidade entre 2017 e 2019, antes de assumir a atual posição no FMI.

Ela, contudo, negou as acusações. “Eu discordo fundamentalmente das descobertas e interpretações feitas pela Investigação de Irregularidade de Dados no que diz respeito à minha atuação no relatório Doing Business de 2018, do Banco Mundial”, disse Georgieva em nota divulgada no mesmo dia em que a investigação veio à tona.

Após a polêmica, o “Doing Business” foi descontinuado. O relatório analisava dados quantitativos para comparar o ambiente regulatório das atividades empresariais em 190 países. A decisão do Conselho Executivo do FMI ocorre no mesmo dia em que teve início a reunião anual do órgão credor e do Banco Mundial. Georgieva, 53 anos, é a primeira pessoa nascida em um país emergente a dirigir o FMI desde a fundação da instituição, em 1944.

Analista da Clear apresenta plano detalhado para começar a construir uma renda diária utilizando a Bolsa de Valores. Inscreva-se grátis.

palavras-chave: FMI mantém Georgieva como diretora-gerente após denúncia de manipulação de dados; invistaja.info;

BRASIL | economia | invistaja.info – FMI mantém Georgieva como diretora-gerente após denúncia de manipulação de dados

REFLEXÃO: Tim Hanson, da Motley Fool: Compre ações impressionantes por preços que não refletem sua grandiosidade.

Saiba mais:

Pandemia gera explosão de marketplaces e aumenta disputa por consumidores

Fábio Faria: expectativa é votar PL dos Correios até novembro

Bitcoin vai a US$ 58 mil, fundos recebem US$ 225 milhões e mais assuntos que vão movimentar o mercado de criptos hoje

XP: captação líquida soma R$ 47 bilhões no trimestre; carteira de crédito cresce 122% em 2021

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade