“Frente à tarifa atual, o custo da energia vai cair”, diz secretário da desestatização sobre MP da Eletrobras

Cálculos do Ministério de Minas e Energia que estimam redução de até 7,36% nas tarifas incluem a queda no custo da energia produzida por Itaipu
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação de quem vive o mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: “Frente à tarifa atual, o custo da energia vai cair”, diz secretário da desestatização sobre MP da Eletrobras; invistaja.info;


PGMN3 | ROIC: 0.0871 | Mrg.Liq.: 0.0188 | EV/EBIT: 16.19 | P/L: 40.62 | Cresc.5anos: 0.052 | DY: 0.0

ListenToMarket: “Frente à tarifa atual, o custo da energia vai cair”, diz secretário da desestatização sobre MP da Eletrobras – Áudio gerado às: 15:30:29

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados da Economia, Diogo Mac Cord, disse que as simulações do governo que apontam redução nas contas de luz com a aprovação da Medida Provisória da Eletrobras (ELET3;ELET6) pelo Congresso consideram a tarifa atual como referência, e não a redução potencial que poderia ocorrer caso o texto não incluísse os jabutis – emendas estranhas à proposta original incluídas por deputados e senadores.

Os cálculos do Ministério de Minas e Energia que estimam redução de até 7,36% nas tarifas incluem a queda no custo da energia produzida por Itaipu, mas essa diminuição poderia ocorrer independentemente da aprovação da MP da Eletrobras.

Até 2023, o custo de financiamento da construção da usina, que representa 60% da tarifa atual, será quitado e poderá ser retirado do preço ao consumidor. Para isso, porém, será preciso entrar em acordo com o Paraguai, que é dono de metade da hidrelétrica. As decisões a respeito de Itaipu são paritárias e exigem a concordância de ambos os lados para serem efetivadas.

+Bitcoin pode cair mais no curto prazo, dizem estrategistas

A redução tarifária calculada pelo governo desconsidera o fato de que ela poderia ser ainda maior sem os jabutis que determinam a contratação de termelétricas a gás em locais sem reservas ou gasodutos, a reserva de mercado para Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) e a renovação dos contratos das usinas contratadas no âmbito do Programa de Incentivo às Fontes Alternativa de Energia Elétrica (Proinfa) a preços de energia nova, sem retirar a parcela referente à amortização dos investimentos.

Ainda assim, Mac Cord defendeu os números do Ministério de Minas e Energia (MME) e criticou as estimativas de entidades e associações da indústria e do setor elétrico, que preveem um aumento nos custos da energia de até R$ 84 bilhões com os jabutis.

hotWords: tarifa atual, cair”, eletrobras energia custo

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Leia mais: Estimativa de conclusão de processo da Eletrobras é em fevereiro, diz secretário de desestatização

Para ele, os números são “mirabolantes”. “Frente à tarifa atual, o custo da energia vai cair. Conseguimos convencer o Congresso a destinar recursos para conta de luz”, afirmou, ressaltando que, no passado, os governos priorizavam a arrecadação para o Tesouro Nacional.

No texto da MP, o fluxo futuro de Itaipu foi estimado em R$ 25 bilhões, dos quais, dos quais R$ 7 bilhões para um fundo de redução de pobreza e R$ 18 bilhões irão para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) – fundo setorial que banca subsídios e descontos para grupos de interesse e que é pago por meio de uma taxa embutida na conta de luz.

O secretário ironizou ainda o anúncio de parlamentares da oposição, que prometem entrar no Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a sanção da MP da Eletrobras. “Tudo que é bom para o Brasil a oposição judicializa. Boa sorte a eles nessa batalha”, afirmou.

Curso gratuito do (MarketMsg) mostra como você pode se tornar um Analista de Ações. Inscreva-se agora.

palavras-chave: “Frente à tarifa atual, o custo da energia vai cair”, diz secretário da desestatização sobre MP da Eletrobras; invistaja.info;

CALIFORNIA | mercados | invistaja.info – “Frente à tarifa atual, o custo da energia vai cair”, diz secretário da desestatização sobre MP da Eletrobras

REFLEXÃO: Morgan Housel: Se preocupe somente quando você achar que tiver tudo resolvido.

Saiba mais:

Aneel aprova reajuste médio de 9,89% nas tarifas da Copel

Bitcoin pode cair mais no curto prazo, dizem estrategistas

Estimativa de conclusão de processo da Eletrobras é em fevereiro, diz secretário de desestatização

JPMorgan mira jovens startups com nova unidade de tecnologia

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.