Governo diz que mantém tratativas com EUA para compra de vacinas desde dia 13

O Brasil enfrenta o segundo surto mais letal de coronavírus depois dos Estados Unidos, que piorou com uma nova onda nas últimas semanas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias de investidor para investidor

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Governo diz que mantém tratativas com EUA para compra de vacinas desde dia 13; invistaja.info;


BRSR6 | Mrg.Ebit: 0.0 | Div.Brut/Pat.: 0.0 | EV/EBIT: 0.0 | DY: 0.0521 | ROIC: 0.0 | ROE: 0.0872

BRASÍLIA (MarketMsg) – O governo brasileiro afirmou neste sábado que mantém tratativas desde o dia 13 com o governo norte-americano para eventual importação de vacinas do excedente disponível nos Estados Unidos.

“Desde o dia 13 de março o governo brasileiro, através do Itamaraty e da Embaixada em Washington, em coordenação com o Ministério da Saúde, está em tratativas com o governo dos EUA para viabilizar a importação pelo Brasil de vacinas do excedente disponível nos Estados Unidos”, disse o Itamaraty em publicação no Twitter.

Mais tarde, também por meio do Twitter, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, argumentou que o trabalho da diplomacia exige discrição em algumas situações.

+A estratégia da Cury para manter um “patrimônio leve” e pagar dividendos, apesar da pandemia

“Tão logo os EUA nos sinalizaram a possibilidade de exportação de vacinas excedentes, iniciamos o processo para obtê-las, na forma e pelos canais que o próprio governo americano nos recomendou. A diplomacia muitas vezes precisa trabalhar em silêncio”, publicou na rede social.

A Casa Branca anunciou na sexta-feira planos de “emprestar” 4 milhões de doses da AstraZeneca já produzidas nos Estados Unidos para o Canadá e o México. A Casa Branca não tem planos de emprestar doses a outros países, de acordo com um funcionário do governo.

hotWords: tratativas governo mantém desde

Seja anunciante no invistaja.info

O Brasil enfrenta o segundo surto mais letal de coronavírus depois dos Estados Unidos, que piorou com uma nova onda nas últimas semanas, levando o sistema hospitalar à beira do colapso.

O governo federal tem demorado a implantar a vacinação no país, com alguns governos locais precisando suspender a imunização em vários pontos devido à falta de suprimentos.

Na sexta-feira, a Reuters informou que o governo brasileiro ainda não havia pedido aos Estados Unidos para comprar o excesso de vacinas, apesar dos planos de compartilhamento de doses com o México e o Canadá, citando duas fontes familiarizadas com o assunto.

palavras-chave: Governo diz que mantém tratativas com EUA para compra de vacinas desde dia 13; invistaja.info;

BRASIL | economia | invistaja.info – Governo diz que mantém tratativas com EUA para compra de vacinas desde dia 13

REFLEXÃO: Tom Gardner, da Motley Fool: Encontre lideres notáveis e uma missão para o longo da vida.

Veja também:

Brasil deve crescer abaixo da média da América Latina até 2023, diz BID

Lupatech reverte prejuízo e encerra 2020 com resultado de R$ 20,578 milhões

Eletrobras: conselho de administração propõe pagamento de R$ 1,5 bilhão em dividendos

Coronavírus sem controle, ata do Copom, PIB dos EUA e resultados: o que acompanhar nesta semana

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.