Ibovespa Futuro supera 123 mil pontos e estende ganhos da véspera; dólar cai a R$ 5,25

Índice futuro inicia a terça no positivo ajudado por recuperação nas bolsas internacionais
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias de trader para trader

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Ibovespa Futuro supera 123 mil pontos e estende ganhos da véspera; dólar cai a R$ 5,25; invistaja.info;


SQIA3 | P/Cap.Giro: 8.61 | ROIC: 0.0308 | Liq.Corr.: 3.0 | Liq.2meses: 13724200.0 | PSR: 6.603 | Cresc.5anos: 0.2266

ListenToMarket: Ibovespa Futuro supera 123 mil pontos e estende ganhos da véspera; dólar cai a R$ 5,25 – Áudio gerado às: 9:21:57

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

BRASIL | invistaja.info — O Ibovespa Futuro inicia esta terça-feira (18) em alta, estendendo os ganhos da véspera e acompanhando o dia de recuperação no exterior, que avançam apesar dos dados de recuo do Produto Interno Bruto (PIB) na Zona do Euro e do Japão.

Nos Estados Unidos, os investidores seguem aguardando a ata do Fomc, que será divulgada nesta quarta. Eles temem que a inflação acima da meta de 2% do Federal Reserve por um período contínuo leve o banco central americano a alterar sua política monetária, piorando o cenário para ações que tendem a se beneficiar de taxas de juros baixas.

Enquanto isso, aqui no Brasil, as atenções se voltam novamente para a CPI da Pandemia, que ouvirá hoje o ex-ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

+Startup de supermercado online recebe R$ 120 mi de investidores como Galló, ex-Renner, e Minerva

Às 9h08 (horário de Brasília), o contrato futuro do Ibovespa com vencimento em junho de 2021 tinha alta de 0,52%, a 123.660 pontos.

Enquanto isso, o dólar comercial opera em queda de 0,18% a R$ 5,256 na compra e a R$ 5,257 na venda. Já o dólar futuro com vencimento em junho registra baixa de 0,52% a R$ 5,256.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 sobe um ponto-base a 4,94%, o DI para janeiro de 2023 tem queda de um ponto-base a 6,69%, o DI para janeiro de 2025 recua três pontos-base a 8,14% e o DI para janeiro de 2027 registra variação negativa de três pontos-base a 8,72%.

De volta ao exterior, dados divulgados hoje indicam que a economia do Japão recuou 5,1% entre janeiro e março em comparação com o mesmo período do ano anterior. O PIB de março recuou 1,3% na comparação com o trimestre anterior, resultado levemente pior do que a expectativa de analistas ouvidos pela agência internacional de notícias Reuters.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 1,31%, enquanto que o Shanghai composto subiu 0,32%. O índice Kospi, da Coreia do Sul, subiu 1,23%.

Na Europa, o índice Eurostoxx sobe, impulsionado pelos setores automobilístico e de petróleo. Investidores ainda acompanham os dados do PIB da Zona do Euro, que recuou 1,8% na comparação anual, em linha com a projeção e com o valor anterior. Na comparação trimestral, o PIB recuou 0,6%, também em linha com a estimativa de analistas e com a variação anterior.

Atenção também para os dados sobre emprego no mesmo período de alguns países europeus, como Reino Unido. O desemprego britânico marcou 4,8%, abaixo da projeção de analistas, de 4,9%, e abaixo do valor anterior, de 4,9%.

No mercado de commodities, o minério subiu mais de 4% na Bolsa de Dalian, puxado pela demanda das usinas chinesas.

Atenção para os dados do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, que subiu 0,28% na segunda quadrissemana de maio, desacelerando em relação ao acréscimo de 0,35% verificado na primeira quadrissemana deste mês, segundo dados publicados nesta terça-feira, 18, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Na política, na CPI da Covid, o ex-chanceler Ernesto Araújo presta depoimento nesta manhã. Às 16h, Paulo Guedes, ministro da Economia, participa da cerimônia de lançamento do programa Gigantes do Asfalto.

Já às 9h30 a Secretaria de Política Econômica faz a divulgação dos parâmetros macroeconômicos com estimativas sobre o PIB e inflação e Boletim MacroFiscal.

Nos EUA, também às 9h30, serão divulgados os dados de construções de moradias iniciadas de abril. Às 17h50, o API divulga os dados preliminares de estoques de petróleo e derivados nos EUA na semana até dia 14.

Comissão do Ministério da Saúde contraindica cloroquina

No domingo (16), a média móvel de mortes por Covid em 7 dias no Brasil ficou em 1.918, queda de 19% em comparação com o patamar de 14 dias antes. Em apenas um dia foram registradas 1.039 mortes.

As informações são do consórcio de veículos de imprensa que sistematiza dados sobre Covid coletados por secretarias estaduais de Saúde no Brasil, que divulgou, às 20h, o avanço da pandemia em 24 h. A média móvel de novos casos em sete dias foi de 63.868, alta de 8% em relação ao patamar de 14 dias antes.

Desde a segunda-feira (10) da semana passada a média móvel de novos casos tem subido. Em apenas um dia foram registrados 35.888 novos casos. 39.263.416 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid no Brasil, o equivalente a 18,54% da população. A segunda dose foi aplicada em 19.423.560 pessoas, ou 9,17% da população.

Segundo reportagem de capa do jornal Folha de S. Paulo, pesquisa Datafolha indica que a proporção de brasileiros que afirmam ficar em casa ou sair apenas quando inevitável é de 30%, ante 72% há um ano. É o patamar mais baixo da enquete desde o início da pandemia. A pesquisa ouviu 2.071 pessoas entre os dias 11 e 12 de maio.

O presidente da CPI da Covid no Senado, Omar Aziz (PSD-AM), afirmou na segunda-feira que, a partir dos depoimentos e informações já colhidos pela comissão, seria possível afirmar que o governo se equivocou no combate à pandemia no país e que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) teria sido mal orientado.

Em depoimento à CPI na última semana, o ex-presidente da Pfizer no Brasil Carlos Murillo disse à CPI que o vereador pelo Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos), filho do presidente, participou da reunião no Palácio do Planalto com representantes da farmacêutica e o ex-chefe da Secretaria Especial de Comunicação Social do governo, Fabio Wajngarten, atual secretário-executivo do Ministério das Comunicações. Aziz considerou que esse relato “não compromete” Carlos Bolsonaro, e que não vê necessidade de convocá-lo.

Nesta terça será ouvido na CPI o ex-ministro das Relações Exteriores do governo Bolsonaro, Ernesto Araújo. Ele deve ser questionado sobre eventuais ações ou omissões de sua pasta na compra de vacinas contra a Covid.

Também deve ser questionado sobre o enfoque de sua pasta na aquisição de insumos para fabricar cloroquina, um remédio usado para o tratamento de malária, cuja eficácia contra a Covid não foi cientificamente comprovada.

Senadores também devem abordar falas de Araújo contra a China, maior parceiro comercial do Brasil e país responsável pela produção e venda de insumos necessários para a produção local da vacina Coronavax, desenvolvida pela chinesa Sinovac e fabricada no Brasil pelo Instituto Butantan, e da vacina desenvolvida em parceria entre Universidade de Oxford e a farmacêutica Astrazeneca, fabricada no Brasil pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

Segundo informações de bastidores citadas pelo jornal Valor, a preocupação de integrantes do governo é de uma eventual mágoa do ex-chanceler pela forma turbulenta como deixou o governo.

hotWords: estende ganhos futuro pontos dólar

Seja anunciante no invistaja.info

Na quarta-feira, deve falar o ex-ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello. Ele também deve ser questionado a respeito da promoção pelo governo da cloroquina, especialmente durante a crise de Manaus, quando o estado estava na iminência de falta de oxigênio, que acabou por elevar a morte de pacientes em hospitais.

O ex-ministro obteve um habeas corpus do STF (Supremo Tribunal Federal) que permite que fique calado quando confrontado com questões que possam incriminá-lo. Segundo o jornal Valor, como o senador Omar Aziz (PSD-AM) preside o colegiado, há expectativa de que a falta de oxigênio no Amazonas seja bastante explorada.

Na segunda, a comissão do Ministério da Saúde responsável por assessorar a pasta no processo de incorporação e exclusão de medicamentos no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde) contraindicou o uso da cloroquina, da hidroxicloroquina e da azitromicina no tratamento de pacientes hospitalizados com Covid-19.

“Não há evidência de benefício seja no seu uso de forma isolada ou em associação com outros medicamentos”, disse relatório técnico da Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde).

O documento destacou ainda que a cloroquina e a hidroxicloroquina não devem ser utilizadas, independentemente da via de administração: oral, inalatória ou outras. O Também recomenda não utilizar o vermífugo ivermectina em pacientes hospitalizados com Covid-19 ante o que consideram de “certeza da evidência muito baixa”.

O relatório Conitec, de 101 páginas, servirá de base para uma decisão final do Ministério da Saúde sobre o uso dessas medicações para o tratamento de Covid-19.

A orientação dada pelo órgão vai na contramão da defesa enfática que o presidente Jair Bolsonaro vem fazendo do uso desses medicamentos sem, que compõem o chamado “kit Covid” para tratar a doença, e cuja eficácia não tem comprovação científica.

Na segunda-feira, o presidente afirmou a apoiadores que o aguardavam em frente ao Palácio do Planalto, enquanto agradecia o apoio que recebeu no fim de semana de produtores e representantes do agronegócio que participaram de ato em Brasília: “Tem uns idiotas aí até hoje do fique em casa. Se o campo tivesse ficado em casa esse cara tinha morrido de fome”.

Projeção para o PIB, ICMS sobre combustíveis e autarquia nuclear

Segundo reportagem de bastidores publicada pelo jornal Valor Econômico, o Ministério da Economia deve elevar para 3,5% sua projeção para o crescimento do PIB brasileiro para 2021. Atualmente, a estimativa oficial é de 3,2%. Bancos e consultorias já vêm elevando suas projeções sobre o crescimento do PIB.

Um levantamento junto a 35 instituições realizado pelo serviço Projeções Broadcast, ligado ao jornal O Estado de S. Paulo, indica que a previsão de alta para o PIB em 2021 passou de 3,2% em média para 3,8%.

A melhora das previsões se deve à divulgação de dados melhores do que o esperado no primeiro trimestre, que afastaram o temor de uma recessão. XP e Ativa, os bancos de investimento Credit Suisse, UBS, Bank of America e Goldman Sachs e as consultorias MB Associados e Parallaxis Economics estão entre as instituições que elevaram suas projeções.

De acordo com o jornal, a elevação pelo governo deve ser divulgada nesta manhã, quando será publicado o Boletim Macrofiscal, produzido pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia.

Além disso, na segunda-feira o presidente Jair Bolsonaro afirmou que pretende apresentar ao STF (Supremo Tribunal Federal) uma ação visando definir um valor fixo em cada estado para o ICMS que incide sobre os combustíveis. O presidente afirmou prever que sofrerá uma derrota no Congresso na votação de um projeto de lei sobre o tema.

“Entramos com um projeto lá, pedimos urgência e acho que vou ser derrotado, para que cada Estado defina um valor fixo do ICMS… Como devo perder isso daí, só tenho um caminho, vou depender do STF. É o que temos no momento”, disse Bolsonaro. A fala foi dirigida a apoiadores que aguardavam o presidente ao sair do Palácio da Alvorada. “Seria talvez uma Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) por omissão para a gente definir o preço do ICMS”, afirmou.

O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) é calculado atualmente com um percentual em cima do valor cobrado pelas refinarias. A intenção do presidente com o projeto de lei enviado ao Congresso era que a cobrança passasse a ser feita com um valor fixo em reais, como a Cide, uma contribuição federal que também incide sobre os combustíveis.

Bolsonaro tem reclamado das críticas feitas ao governo federal pelo preço alto dos combustíveis, alegando que os governadores têm a maior responsabilidade devido ao ICMS. “Tem Estado que é um estupro o ICMS. E o pessoal me culpa. Então queremos a definição. O Estado cobra o que quiser, mas ele que diga o que está cobrando, porque hoje em dia você não sabe disso. Aí quando aumenta a gasolina o pessoal me culpa”, afirmou.

Além disso, na segunda o presidente assinou medida provisória que cria a ANSN (Autoridade Nacional de Segurança Nuclear), uma autarquia com autonomia administrativa, técnica e financeira que ficará responsável por monitorar, regular e fiscalizar a segurança nuclear no Brasil e atividades no setor.

Segundo a MP 1.049, publicada no Diário Oficial da União de segunda, a ANSN será criada sem aumento de despesa, por meio de uma cisão da CNEN (Comissão Nacional de Energia Nuclear), atual órgão regulatório responsável pela indústria.

O movimento do governo ocorre no momento em que o Ministério de Minas e Energia busca retomar as atividades de construção da usina nuclear de Angra 3, e enquanto os planos de longo prazo da pasta apontam para a construção de até 10 gigawatts em novas centrais de geração nuclear no país até 2050.

Com sede no Rio de Janeiro, a nova agência do setor nuclear terá um diretor-presidente e dois diretores, que serão nomeados pelo presidente da República.

Entre as atribuições da ANSN estarão o estabelecimento de normas sobre segurança nuclear e instalações nucleares, além da fiscalização no setor, incluindo a definição de critérios para licenciamento de depósitos de rejeitos radioativos.

Radar corporativo

Na reta final da temporada de balanços, o lucro líquido da Boa Vista teve queda de 9,6% no primeiro trimestre de 2021 na comparação anual, para R$ 17 milhões. Mosaico, Cruzeiro do Sul, Focus, Linx e Gafisa também divulgaram seus números.

Fora da temporada de balanços, a Copel Geração e Transmissão, da elétrica Copel, assinou contrato para a compra de 100% do Complexo Eólico Vilas, localizado em Serra do Mel (RN) e atualmente pertencente à Voltalia Brasil. O empreendimento possui 186,7 megawatts (MW) de capacidade instalada e o valor da transação é de R$ 1,059 bilhão.

A Eneva informou que deu início ao comissionamento à quente do campo de gás de Azulão, localizado na bacia do Amazonas, por meio de um teste de produção em um dos poços do ativo, realizado na semana passada. O teste ocorreu na Unidade de Tratamento Primário e foi bem sucedido, segundo a empresa, que agora prevê a realização do comissionamento das unidades de autogeração e liquefação, embora a produção no local ainda dependa da conclusão de obras na unidade de tratamento de gás de Azulão.

Stock Pickers lança curso online e gratuito que ensina a identificar ativos com ótimo potencial de valorização. Inscreva-se.

palavras-chave: Ibovespa Futuro supera 123 mil pontos e estende ganhos da véspera; dólar cai a R$ 5,25; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – Ibovespa Futuro supera 123 mil pontos e estende ganhos da véspera; dólar cai a R$ 5,25

REFLEXÃO: Harold Pollack, da Universidade de Chicago: Guarde entre 15 e 20% e invista em fundos de índices com taxa baixa.

Tópicos mais acessados:

Jovens mulheres dizem que educação foi a área mais afetada durante pandemia

SP: vacinação de motoristas e cobradores de ônibus começa hoje

Estudo espanhol aponta que vacina da Pfizer após dose da AstraZeneca é segura e eficaz

Gafisa reverte prejuízo e lucra R$ 12,9 mi no 1º tri, Mosaico, Linx e mais resultados; MP da Eletrobras e outros destaques

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.