Índice de blue-chips da China tem maior queda em quase 7 meses

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou em queda de 3,14%
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

XANGAI (Reuters) – O índice de blue-chips da China registrou a maior queda diária em quase sete meses nesta segunda-feira, depois de tocar máximas recordes na semana passada, com os investidores preocupados com as altas valorizações das ações e o risco de aperto da política monetária.

A China deixou inalterada sua taxa de empréstimo para empresas e famílias pelo 10º mês seguido no sábado, mas tem aumentado a especulação de que as autoridades podem começar a adotar uma postura de política monetária mais apertada.

“As condições monetárias se apertaram na prática desde o início do ano. Esperamos que o banco central formalize a mudança com altas na taxa de juros nos próximos meses”, disseram analistas da Capital Economics.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou em queda de 3,14%, maior perda percentual desde 24 de julho de 2020. O índice de Xangai caiu 1,45%.

O setor de consumo básico recuou 5,96%, o de saúde perdeu 5,15% e o financeiro caiu 1,75%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,46%, a 30.156 pontos.
. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,06%, a 30.319 pontos.

Reuters | Editado por invistaja & MarketMsg

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade