Índices futuros americanos ficam estáveis e bolsas europeias sobem após dados de inflação nos Estados Unidos

Já as bolsas asiáticas fecharam com desempenhos variados entre si
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Investindo como um profissional

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Índices futuros americanos ficam estáveis e bolsas europeias sobem após dados de inflação nos Estados Unidos; invistaja.info;


VALE3 | P/VP: 2.86 | EV/EBIT: 4.31 | Mrg.Ebit: 0.5634 | ROE: 0.2713 | Liq.Corr.: 1.96 | P/ACL: -3.67

Os índices futuros americanos operam perto da estabilidade nesta sexta-feira (11). Os mercados asiáticos fecharam com desempenhos variados, e as bolsas europeias registraram altas. Investidores reagem à divulgação de dados de inflação mais aquecidos do que o esperado nos Estados Unidos.

O Departamento de Emprego americano divulgou na quinta o CPI, sigla em inglês para índice de preços ao consumidor, que indicam que a inflação cresceu 5% em maio quando comparada com o mesmo período do ano anterior. É o ritmo mais intenso desde 2008, em um momento em que a economia dos Estados Unidos se recupera da recessão ocasionada pela pandemia.

Na quinta, o índice S&P 500 subiu 0,47%, atingindo um novo patamar recorde; o Dow Jones subiu 0,06%; e o Nasdaq avançou 0,78%.

+Ministério informa nova redução na chegada de vacinas, com quase 2 milhões de doses a menos

Investidores vêm acompanhando o ritmo de inflação, buscando identificar uma potencial mudança na política de estímulo monetário do Federal Reserve, cujas autoridades vêm, no entanto, indicando que encaram a alta dos preços como transitória. O forte crescimento é parcialmente impulsionado pela base de comparação fraca de 2020, o primeiro ano da pandemia.

Na quinta, um levantamento realizado entre economistas pela agência internacional de notícias Reuters indicou que a maioria espera que o Fed anuncie uma redução em seu programa de compra de títulos entre agosto e setembro, com cortes nas aquisições mensais a partir do início de 2022.

Também na quinta-feira o Departamento de Emprego divulgou dados sobre novos pedidos de seguro-desemprego no país, que somaram 376 mil na semana encerrada em 5 de junho, o menor patamar desde o início da pandemia.

Até 9 de junho, os Estados Unidos haviam vacinado 51,45% de sua população, segundo dados oficiais compilados pelo site Our World in Data. A vacinação em massa tem contribuído para reduzir mortes e internações e para reativar a atividade econômica, mas o governo do democrata Joe Biden tem tido dificuldade em elevar o patamar de imunizados para além da faixa de 51%.

As bolsas asiáticas fecharam com desempenhos variados entre si, com destaque para o Sensex, da Índia, que chegou a atingir 52.641,53 pontos, um patamar recorde antes de perder parte dos ganhos, e fechar em alta de 0,33%.

hotWords: ficam americanos inflação unidos após dados bolsas

Publique seu negócio no invistaja.info

No Japão, o Nikkei teve uma leve baixa, fechando em 28.948,73 pontos; na Coreia do Sul, o Kospi subiu 0,77%; o Shanghai composto caiu 0,58%; o índice Hang Seng, de Hong Kong, subiu 0,33%.

Na Europa, o índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, sobe 0,3%, com destaque para o setor de recursos básicos, que avança 1,5%. Bancos perdem 0,6%.

Uma estimativa inicial divulgada na sexta pelo Escritório para Estatísticas Nacionais indica que o PIB do Reino Unido subiu 2,3% em abril frente ao mês anterior. O órgão afirmou que o patamar se mantém 3,7% abaixo do nível de fevereiro de 2020, anterior à pandemia. Mas está 1,2% acima do primeiro pico de recuperação, em outubro de 2020, antes de uma nova onda de Covid atingir o país.

O G7 se encontra nesta sexta-feira em Cornwall, no Reino Unido. O ministro do país, Boris Johnson, espera que o grupo de democracias liberais ricas concorde em doar 1 bilhão de doses de vacinas contra a Covid a países em desenvolvimento. O grupo é composto por: Alemanha, Canadá, França, Estados Unidos, Itália, Reino Unido e Japão.

A expectativa é de que os líderes endossem publicamente a cobrança de um imposto mínimo de 15% sobre empresas, como parte de um acordo mais amplo para atualizar a legislação internacional sobre impostos, levando em conta uma economia mais globalizada e digitalizada.

palavras-chave: Índices futuros americanos ficam estáveis e bolsas europeias sobem após dados de inflação nos Estados Unidos; invistaja.info;

FLORIANÓPOLIS | mercados | invistaja.info – Índices futuros americanos ficam estáveis e bolsas europeias sobem após dados de inflação nos Estados Unidos

REFLEXÃO: Michael Batnick, gestor de patrimônios da Ritholtz: Evitar erros catastróficos é mais importante do que construir o portfólio perfeito.

Tópicos mais acessados:

Grupo bipartidário de senadores dos EUA sela pacto por plano de infraestrutura

Taxa de juros teve elevação em maio para pessoas físicas e jurídicas

Bolsonaro diz que conversou com Queiroga para suspender uso de máscaras contra Covid-19

Enel inicia operação comercial no Piauí de parque eólico de R$ 3 bilhões, o maior da América do Sul

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.