Inflação ao produtor na China tem maior alta em 12 anos em meio e destaca pressões globais

Investidores estão cada vez mais preocupados que as medidas de estímulo possam superaquecer a inflação global
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias de investidor para investidor

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Inflação ao produtor na China tem maior alta em 12 anos em meio e destaca pressões globais; invistaja.info;


RDOR3 | Cotacao: 69.0 | Mrg.Liq.: 0.0484 | EV/EBITDA: 45.71 | Liq.Corr.: 5.33 | Liq.2meses: 200681000.0 | ROE: 0.0496

ListenToMarket: Inflação ao produtor na China tem maior alta em 12 anos em meio e destaca pressões globais – Áudio gerado às: 9:50:18

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

PEQUIM (MarketMsg) – Os preços ao produtores na China aumentaram em maio no ritmo anual mais forte em mais de 12 anos devido à alta dos preços de commodities, destacando pressões inflacionárias globais no momento em que as autoridades estão tentando revitalizar o crescimento após o impacto da Covid-19.

Investidores estão cada vez mais preocupados que as medidas de estímulo possam superaquecer a inflação global e forçar bancos centrais a apertar a política monetária, potencialmente limitando a recuperação.

O índice de preços ao produtor da China subiu 9,0% em maio sobre o ano anterior, informou nesta quarta-feira a Agência Nacional de Estatísticas, uma vez que os preços se recuperaram das mínimas do ano passado.

+Reestruturação de Iguatemi e Jereissati pode destravar valor, mas analistas questionam governança corporativa

A alta do índice, a mais forte para qualquer mês nessa base de comparação desde setembro de 2008, deveu-se a aumentos significativos nos preços do petróleo, minério de ferro e metais não ferrosos, disse a agência.

Analistas esperavam alta de 8,5% em pesquisa da Reuters depois de o índice ter subido 6,8% em abril.

hotWords: meio pressões globais produtor maior inflação

Seja anunciante no invistaja.info

Pouco depois da divulgação dos dados de inflação, a Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma disse que a China vai monitorar de perto os movimentos de preços das commodities e elevar as previsões para manter a ordem do mercado.

O salto dos preços ao produtor ainda não afetou de forma substancial a inflação ao consumidor, o que significa que o Banco do Povo da China não deve se preocupar por enquanto.

Os preços ao consumidor subiram 1,3% em maio sobre o ano anterior, maior alta em oito meses, mas ficaram abaixo das expectativas de avanço de 1,6%. A inflação ao consumidor permaneceu bem abaixo da meta oficial de em torno de 3%.

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.

palavras-chave: Inflação ao produtor na China tem maior alta em 12 anos em meio e destaca pressões globais; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – Inflação ao produtor na China tem maior alta em 12 anos em meio e destaca pressões globais

REFLEXÃO: Ben Carlson, autor de A Wealth of Common Sense – A riqueza do senso comum, em tradução livre: Menos é mais. O processo de investimento deve ser mais importante que os resultados. Comportamento correto na hora de investir é a chave.

Leia também:

Com cúpula do G7 como 1ª parada, Biden embarca em viagem de 8 dias à Europa

Ibovespa Futuro opera entre perdas e ganhos com mercado em compasso de espera por inflação nos EUA; DIs sobem após IPCA

Pfizer vai ampliar testes clínicos em crianças menores de 12 anos e deve fazer nova oferta ao Brasil para 2022

Inflação medida pelo IPCA sobe 0,83% em maio, acima do esperado e a maior alta para o mês em 25 anos

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.