Itália avalia permitir entrada de viajantes vacinados com imunizantes não autorizadas pela União Europeia; CoronaVac na lista

Chefe da agência sanitária diz que assunto está sendo debatido
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Itália avalia permitir entrada de viajantes vacinados com imunizantes não autorizadas pela União Europeia; CoronaVac na lista; invistaja.info;


SMFT3 | P/Cap.Giro: -412.18 | ROE: -0.3229 | Mrg.Ebit: -0.321 | EV/EBIT: -38.42 | Liq.2meses: 37172400.0 | P/VP: 6.92

ListenToMarket: Itália avalia permitir entrada de viajantes vacinados com imunizantes não autorizadas pela União Europeia; CoronaVac na lista – Áudio gerado às: 17:10:18

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

(ANSA) – O diretor-geral da Agência Italiana de Medicamentos (Aifa), Nicola Magrini, afirmou nesta quinta-feira (14) que está sendo avaliada a possibilidade de liberar o “passe verde”, o certificado sanitário do país, para quem tomou vacinas anti-Covid não autorizadas pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

A medida beneficiaria quem recebeu doses das fórmulas produzidas na China, como as da Sinovac Biotech, que no Brasil é chamada de CoronaVac, e da Sinopharm, e na Rússia, como a Sputnik V.

“Acredito que isso terá uma evolução favorável. Está em andamento a avaliação e acredito que será avaliada favoravelmente a ideia de reciprocidade entre os Estados. Isso é importante também na ótica de política externa e não só vacinal”, disse Magrini durante um encontro médico no país.

+Covid: Rio exige vacinação completa ou teste de antígeno para eventos

Leia também:• Brasil passa a aceitar teste de Covid mais rápido e barato de turistas que retornam ao país; tire suas dúvidas

hotWords: viajantes pela permitir vacinados coronavac europeia; imunizantes

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Essa não é a primeira vez que membros de órgãos do governo afirmam que está sendo avaliada a possibilidade de liberar a entrada de pessoas que tomaram as vacinas, especialmente, as chinesas. Isso porque os imunizantes têm a autorização de uso da Organização Mundial da Saúde (OMS), mas não da EMA.

No caso da Sputnik V, porém, não há liberação de nenhuma das duas agências.

Atualmente, a Itália aceita em seu “passe verde” as vacinas da Pfizer/BioNTech, da Moderna, da Oxford/AstraZeneca – inclusive a produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) –, e da Janssen.

Curso inédito “Os 7 Segredos da Prosperidade” reúne ensinamentos de qualidade de vida e saúde financeira. Faça sua pré-inscrição gratuita.

palavras-chave: Itália avalia permitir entrada de viajantes vacinados com imunizantes não autorizadas pela União Europeia; CoronaVac na lista; invistaja.info;

FLORIANÓPOLIS | economia | invistaja.info – Itália avalia permitir entrada de viajantes vacinados com imunizantes não autorizadas pela União Europeia; CoronaVac na lista

REFLEXÃO: Tim Hanson, da Motley Fool: Compre ações impressionantes por preços que não refletem sua grandiosidade.

Leia também:

Setor de serviços é agora o principal motor de crescimento da economia, diz Goldman Sachs

La Niña ameaça piorar secas e agitar mercados

EDP arremata elétrica Celg T em leilão de privatização por R$ 1,977 bilhão, ágio de 80,1%

Impulsionadas por DeFi, transações com criptomoedas crescem mais de 1.000% em um ano nos EUA e Canadá

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade