Lucro da Pague Menos salta 683% e atinge R$ 71,6 milhões no 2º tri, o maior da história da empresa

Já o Ebitda foi a R$ 192,3 milhões entre abril e junho deste ano, aumento de 37,7% em relação ao segundo trimestre de 2020
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias de trader para trader

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Lucro da Pague Menos salta 683% e atinge R$ 71,6 milhões no 2º tri, o maior da história da empresa; invistaja.info;


WLMM3 | P/Ativo: 2.026 | P/EBIT: 14.54 | EV/EBIT: 13.29 | P/ACL: 8.15 | Cotacao: 35.0 | P/L: 18.3

ListenToMarket: Lucro da Pague Menos salta 683% e atinge R$ 71,6 milhões no 2º tri, o maior da história da empresa – Áudio gerado às: 19:50:24

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

BRASIL | invistaja.info — A rede de farmácias Pague Menos (PGMN3) registrou um salto de 683% do lucro líquido ajustado no segundo trimestre de 2021 na comparação anual, indo de R$ 9,1 milhões para R$ 71,6 milhões, o maior lucro trimestral de sua história.

Já o lucro antes de juros, impostos, depreciações, amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) foi a R$ 192,3 milhões entre abril e junho deste ano, aumento de 37,7% em relação ao segundo trimestre de 2020.

As vendas mesmas lojas apresentaram crescimento de 19,7% e de 18,9% em lojas maduras.

+SLC e Terra Santa anunciam conclusão de acordo para formação de gigante agrícola

“Os resultados evidenciam o salto no nível de rentabilidade alcançado pela empresa nos últimos trimestres. E os indicadores operacionais revelam nosso crescimento consistente alicerçado por operações e processos cada vez mais eficientes, centrados no cliente”, afirmou Mário Queirós, CEO da Pague Menos, no release de resultados.

A margem Ebitda foi de 9,4%, incremento de 1,1 ponto percentual  em relação ao segundo trimestre de 2020.

hotWords: pague história milhões menos 683% 71,6 tri,

Publique seu negócio no invistaja.info

Segundo a companhia, no segundo trimestre de 2021, a Pague Menos acelerou o crescimento de vendas e registrou faturamento recorde de R$ 2,0 bilhões, alta de 20,6% na base anual. A categoria de produtos de marcas próprias totalizou R$ 125,2 milhões em vendas no trimestre, aumento de 22,5% na comparação ano a ano, representando 6,2% das vendas totais.

A Pague Menos destacou que, no período foram investidos R$ 68,1 milhões. A maior parte do investimento foi direcionada para a expansão orgânica e reformas de lojas. Foram inauguradas 6 lojas no trimestre, localizadas majoritariamente na região Nordeste e esse ritmo, de acordo com a companhia deve ganhar força no 3º trimestre.

“Contamos com um conjunto de mais de 130 novos pontos aprovados, dos quais 80 com contratos assinados e em fase de implantação – e inauguração prevista para os próximos trimestres. É importante destacar que, mesmo com a aquisição do portfólio de lojas da Extrafarma, continuamos com muitas oportunidades mapeadas para a expansão orgânica, e por isso o ritmo de abertura de lojas não será afetado”, observa Queirós.

palavras-chave: Lucro da Pague Menos salta 683% e atinge R$ 71,6 milhões no 2º tri, o maior da história da empresa; invistaja.info;

CURITIBA | mercados | invistaja.info – Lucro da Pague Menos salta 683% e atinge R$ 71,6 milhões no 2º tri, o maior da história da empresa

REFLEXÃO: Robert Brokamp, da Motley Fool: Diversificação reduz os riscos, aumenta a previsibilidade e impulsiona os retornos.

Notícias relacionadas:

Parcelamento de dívidas do governo pode abrir espaço para Bolsa Família “turbinado”

Cielo reverte prejuízo e lucra R$ 180,4 mi no 2º trimestre de 2021; empresa aprova distribuição de R$ 63,6 mi em JCP

Lucro do Itaú sobe 55% em um ano e atinge R$ 6,5 bilhões no 2º trimestre

Bolsa Família “turbinado” pode ser bancado por dívidas do governo, mas dentro do teto de gastos

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade