Lucro do BNDES cresce 78% e atinge R$ 9,8 bilhões no 1º trimestre

Segundo o BNDES, o resultado do primeiro trimestre do ano foi impulsionado pela venda de ações e pela intermediação financeira
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Investindo como profissionais

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Lucro do BNDES cresce 78% e atinge R$ 9,8 bilhões no 1º trimestre; invistaja.info;


LAME4 | P/ACL: -83.72 | ROIC: 0.0781 | P/EBIT: 23.71 | P/VP: 2.94 | PSR: 1.623 | P/L: 130.12

ListenToMarket: Lucro do BNDES cresce 78% e atinge R$ 9,8 bilhões no 1º trimestre – Áudio gerado às: 17:0:56

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro líquido de R$ 9,8 bilhões no primeiro trimestre, alta de 78% ante igual período de 2020, informou nesta quinta-feira, 13, a instituição de fomento. Segundo o BNDES, o resultado do primeiro trimestre do ano foi impulsionado pela venda de ações e pela intermediação financeira.

Os desembolsos para empréstimos já aprovados somaram R$ 11,3 bilhões nos três primeiros meses do ano, alta de 35% ante igual período de 2020. Já as vendas de ações de grandes companhias somaram R$ 12,6 bilhões, com destaques para os desinvestimentos das participações na mineradora Vale e na fabricante de papel e celulose Klabin.

Com isso, a carteira de participações societárias encerrou o primeiro trimestre avaliada em R$ 61,5 bilhões, 21,1% abaixo do valor do fechamento do quarto trimestre de 2020. Além das vendas, a queda foi impactada pela “desvalorização dos investimentos em não coligadas, com destaque para Petrobras e Eletrobras”, informa nota divulgada pelo BNDES.

+Rio pretende vacinar todos grupos até 18 anos até outubro

O presidente do banco, Gustavo Montezano, destacou a saída total do capital da Vale, incluindo as debêntures participativas da companhia. O executivo ressaltou que o banco continuou com a estratégica de se retirar “de posições financeiras meramente especulativas”.

“Continuamos com o reposicionamento da nossa carteira de ações”, afirmou Montezano, que classificou os resultados do primeiro trimestre de “robustos” e afirmou que são uma continuidade dos resultados anuais de 2020.

O produto de intermediação financeira atingiu R$ 4,4 bilhões, aumento de 7,8% em comparação ao primeiro trimestre de 2020, segundo o banco de fomento. “A receita com operações de crédito e repasses aumentou 10,8% em relação ao primeiro trimestre de 2020, chegando a R$ 9,2 bilhões”, diz a nota.

A inadimplência acima de 90 dias subiu de 0,01% da carteira, em 31 de dezembro de 2020, para 0,04% em 31 de março de 2021, “ficando bem aquém da inadimplência do Sistema Financeiro Nacional (2,19% em 31 de março de 2021)”, conforme a nota do BNDES.

hotWords: bilhões atinge trimestre lucro

Publique seu negócio no invistaja.info

Após adotar uma suspensão das cobranças de dívidas, como medida para mitigar a crise causada pela covid-19, o índice de renegociação atingiu 51,85% da carteira bruta em 31 de março de 2021. A medida de suspensão temporária das cobranças alcançou 44,5% da carteira bruta.

O lucro do primeiro trimestre foi beneficiado ainda pela reversão de R$ 432 milhões de provisão para risco de crédito.

“A reversão decorre de recuperação de créditos, principalmente por honra do Fundo de Garantia à Exportação (FGE), além da melhora da classificação de risco de algumas empresas”, diz a nota do BNDES. No primeiro trimestre de 2020, o BNDES registrou provisão de R$ 1,7 bilhão, influenciada pela revisão dos ratings dos setores mais afetados pela pandemia da covid-19.

Com isso, o BNDES fechou o primeiro trimestre com ativo total de R$ 737,2 bilhões em 31 de março de 2021, diminuição de R$ 41,1 bilhões (5,3%) no trimestre. “A redução se deu, principalmente, devido ao pagamento antecipado de R$ 38 bilhões ao Tesouro Nacional e à desvalorização da carteira de participações societárias em função de oscilações dos papéis no mercado financeiro”, diz a nota.

Após a devolução antecipada de R$ 38 bilhões, a dívida do BNDES com a União ficou em R$ 153,9 bilhões no encerramento do primeiro trimestre, uma queda de 21,2% em relação à posição em 31 de dezembro de 2020. Além do pagamento antecipado, houve pagamentos ordinários de R$ 3,4 bilhões.

A posição de Tesouraria do BNDES ficou em R$ 139,4 bilhões, disse a diretora financeira, Bianca Nasser.

Stock Pickers lança curso online e gratuito que ensina a identificar ativos com ótimo potencial de valorização. Inscreva-se.

palavras-chave: Lucro do BNDES cresce 78% e atinge R$ 9,8 bilhões no 1º trimestre; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | mercados | invistaja.info – Lucro do BNDES cresce 78% e atinge R$ 9,8 bilhões no 1º trimestre

REFLEXÃO: Tom Gardner, da Motley Fool: Encontre lideres notáveis e uma missão para o longo da vida.

Leia também:

Anvisa autoriza uso emergencial de coquetel contra a Covid-19

Resultado do 1º tri não ajuda a retomar ânimo e ações da Oi caem forte, mas analistas veem alguns sinais positivos

Petrobras divulga resultado do 1º trimestre nesta quinta-feira: o que esperar dos números da estatal?

Ações de Natura&Co e Yduqs saltam 6%, Eletrobras e Via avançam 4% após balanços; BRF e Oi caem 2%

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.