Macron: depender da soja brasileira é o mesmo que apoiar desmatamento

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

– Atualizado em 12/01/21 – 18h03

O presidente da França, Emmanuel Macron, fez críticas ao desmatamento da Amazônia e citou especificamente a soja brasileira, relacionando-a ao problema ambiental. “Continuar a depender da soja brasileira seria ser conivente com o desmatamento da Amazônia”, afirmou Macron, em sua conta oficial no Twitter.

A publicação dele é acompanhada de um vídeo, no qual comenta a questão a repórteres.
+ Premier da Polônia acusa gigantes da tecnologia de silenciar vozes críticas
“Nós somos coerentes com nossas ambições ecológicas, estamos lutando para produzir soja na Europa”, afirma o presidente francês.

A declaração é dada no momento em que a União Europeia e o Mercosul negociam um acordo comercial, mas o fracasso brasileiro na proteção ambiental, na opinião de algumas autoridades europeias, seria um entrave para avançar no tema.
No vídeo, Macron fala em “não depender mais” da soja brasileira, e produzi-la no continente.

BRASIL | economia | invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.