Minerva compra frigoríficos na Austrália, Moody’s corta rating da Cielo, Magalu incorpora ações do KabuM! e mais notícias

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta sexta-feira (27)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias do mercado financeiro

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Minerva compra frigoríficos na Austrália, Moody’s corta rating da Cielo, Magalu incorpora ações do KabuM! e mais notícias; invistaja.info;


CURY3 | Mrg.Ebit: 0.2264 | EV/EBITDA: 6.41 | ROIC: 0.2284 | Pat.Liq: 541253000.0 | P/VP: 4.38 | ROE: 0.4544

A aprovação de pagamento de dividendos pela Usiminas, a aquisição feita pela Minerva na Austrália, o rating da Cielo rebaixado e outrs notícias são destaque no radar corporativo. Confira abaixo:

Petrobras (PETR3;PETR4)

A Petrobras informou na quinta-feira que, concluída a etapa de verificação e efetividade da proposta comercial, a companhia Excelerate Energy avançou para a etapa de habilitação do processo de arrendamento do Terminal de Regaseificação de GNL da Bahia (TR-BA).

+BC autônomo ajuda inflação transitória a não se tornar permanente, diz Guedes

Além disso, o comprador da Refinaria Isaac Sabbá (Reman), da Petrobras, em Manaus (AM), disse na quinta-feira que a aquisição tem como objetivo elevar a oferta de combustíveis e derivados de petróleo e gás para a região de influência da unidade. A Petrobras informou na quarta ter assinado contrato com a Ream Participações para a venda da Reman e de seus ativos logísticos associados, por US$ 189,5 milhões.

Também na quinta, a Associação Nacional dos Petroleiros Acionistas Minoritários da Petrobras (Anapetro) afirmou em comunicado que encaminhou requerimento à petroleira pedindo que não participe da 17ª Rodada de Licitações de blocos exploratórios neste ano, “dada a fragilidade ambiental e jurídica” de áreas em oferta. A rodada está marcada para 7 de outubro, com a oferta de 92 blocos exploratórios marítimos nas bacias de Campos, Santos, Pelotas e Potiguar.

Usiminas (USIM5)

O Conselho de Administração da Usiminas aprovou a distribuição de R$ 1,211 bilhão em proventos referentes ao lucro do primeiro semestre. Serão R$ 829,9 milhões em dividendos totalizando R$ 0,646624597 por ação ordinária e R$ 0,711287057 por ação preferencial e mais R$ 448,6 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP), o que representa um valor líquido de R$ 0,297122971 a cada ação ordinária e de R$ 0,326835268 a cada ação preferencial.

O pagamento será feito no dia 5 de outubro e a data com, que é o dia em que os investidores precisam ter papéis da empresa em carteira para terem direito aos proventos, é o dia 31 de agosto. As ações serão negociadas “ex-proventos” no dia 1º de setembro, ou seja, quem comprar os papéis a partir desse dia não terá direito a receber os dividendos ou os JCP.

Banco do Brasil (BBAS3)

O BB informou que, em reunião de 18 de agosto, foi aprovado o valor de R$ 527,136 milhões a título de remuneração aos acionistas sob a forma de Juros sobre o Capital Próprio (JCP), relativos ao terceiro trimestre de 2021, correspondendo a R$ 0,18473964825 por ação.

Os JCP serão pagos em 30 de setembro e terão como base a posição acionária de 13 de setembro, sendo as transferências de ações a partir de 14 de setembro efetuadas “ex” JCP.

Camil (CAML3)

A Camil comunicou a aprovação de pagamento de JCP no valor bruto de R$ 25 milhões, o que equivale a R$ 0,068715167 por ação ordinária. Os JCP serão pagos no dia 13 de setembro de 2021.

“O valor indicado poderá ser atualizado, em decorrência das operações do programa de recompra vigente, caso haja movimentação”, destacou em comunicado.

Minerva (BEEF3)

hotWords: minerva austrália, ações kabum! cielo, mais notícias frigoríficos

Seja anunciante no invistaja.info

A Minerva Foods celebrou na quinta-feira suas primeiras iniciativas para investimentos no mercado da Austrália, com a aquisição dos frigoríficos Sharke Lake e Great Eastern Abattoir, ambos especializados em ovinos e localizados na costa oeste do país, informou a empresa em comunicado.

Segundo a Minerva, maior exportadora de carne bovina da América do Sul, os investimentos serão realizados e as plantas exploradas por meio de uma joint venture em fase final de constituição com a SALIC, na qual a empresa brasileira deterá fatia de 65% e a SALIC a participação restante de 35%.

O investimento total da joint venture será de aproximadamente US$ 35 milhões, incluindo a aquisição dos ativos, aportes para melhoria das estruturas das plantas e capital de giro, disse a companhia. A Minerva acrescentou que a expectativa é de que os frigoríficos estejam aptos para início de operação no prazo de 60 dias.

Cielo (CIEL3)

A agência de classificação de risco Moody’s cortou o rating da Cielo de Ba1 para Ba2, com perspectiva estável, citando a queda na participação de mercado e dos lucros da maior empresa de pagamentos do país.

“Embora o mercado brasileiro de cartões e pagamentos eletrônicos apresente fundamentos de crescimento de longo prazo favoráveis, a Moody’s acredita que a concorrência continuará a aumentar, não só de outros adquirentes que estão reduzindo os preços, mas de meios de pagamento alternativos, desenvolvimentos tecnológicos e regulatórios”, afirmou a Moody’s no relatório.

A agência citou entre outros fatores que o Ebitda da Cielo caiu de R$ 8,2 bilhões em 2016 para R$ 2,7 bilhões, e previu que Ebitda da companhia será de, em média, R$ 3 bilhões anuais nos próximos dois anos.

Magazine Luiza (MGLU3)

O Magazine Luiza informou que as assembleias gerais extraordinárias da companhia e da KabuM! aprovaram a incorporação de 1,4 milhão de ações da empresa adquirida. O Magalu também adquiriu outras 564,8 mil ações da KabuM!.

Com isso, depois da transação, a Kabum se torna subsidiária integral da companhia. Os acionistas que não votaram favoravelmente à incorporação, que se abstiveram de votar ou que não compareceram à assembleia contam com 30 dias para exercer direito de retirada.

Méliuz (CASH3)

O Méliuz comunicou a aprovação da substituição de Bernardo Francisco Pereira Gomes ao cargo de membro independente do Conselho de Administração, elegendo, para o seu lugar, Marcos de Barros Lisboa.

O conselheiro eleito completará o mandato remanescente, em consonância ao artigo 13 do Estatuto Social da Companhia.

(Reuters e Estadão Conteúdo)

As melhores recomendações de investimentos por 30 dias grátis: conheça o Expert Pass

palavras-chave: Minerva compra frigoríficos na Austrália, Moody’s corta rating da Cielo, Magalu incorpora ações do KabuM! e mais notícias; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – Minerva compra frigoríficos na Austrália, Moody’s corta rating da Cielo, Magalu incorpora ações do KabuM! e mais notícias

REFLEXÃO: Harold Pollack, da Universidade de Chicago: Guarde entre 15 e 20% e invista em fundos de índices com taxa baixa.

Tópicos mais acessados:

Número de mortos em ataque em Cabul, no Afeganistão, passa de 100

Lucro industrial de empresas da China desacelera e tem alta anual de 16,4% em julho

População brasileira chega a 213,3 milhões de pessoas em 2021

Caixa paga auxílio emergencial a nascidos em agosto

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade