Núcleo dos preços ao consumidor nos EUA desacelera com força em agosto

A expectativa da Refinitiv era de alta de 0,4% frente julho e alta de 5,3% na comparação anual.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Negociando na bolsa de valores

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Núcleo dos preços ao consumidor nos EUA desacelera com força em agosto; invistaja.info;


HBRE3 | P/Ativo: 0.392 | P/ACL: -1.89 | Cresc.5anos: 0.0 | EV/EBITDA: 25.9 | P/L: -29.15 | Liq.Corr.: 2.25

ListenToMarket: Núcleo dos preços ao consumidor nos EUA desacelera com força em agosto – Áudio gerado às: 10:10:19

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O núcleo dos preços ao consumidor nos Estados Unidos subiu no ritmo mais lento em seis meses em agosto, sugerindo que a inflação provavelmente atingiu seu pico, embora possa permanecer alta por um tempo em meio às persistentes restrições de oferta.

O Departamento do Trabalho informou nesta terça-feira que o índice de preços ao consumidor excluindo os componentes voláteis de alimentos e energia subiu 0,1% no mês passado. Foi a taxa mais fraca desde fevereiro, após aumento de 0,3% em julho. Na base anual, o núcleo dos preços avançou 4,0%, depois de alta de 4,3% em julho.

O índice geral avançou 0,3% no mês passado depois de subir 0,5% em julho. Nos 12 meses até agosto, a inflação teve alta de 5,3%, depois de 5,4% em julho nessa base de comparação.

+BC recolhe R$ 1 milhão em depósitos voluntários, com taxa de 5,15% ao ano

Economistas consultados pela Reuters projetavam alta de 0,3% do núcleo dos preços e de 0,4% do índice geral.

A inflação aqueceu no início do ano, devido ao aumento dos preços para carros e caminhões usados, assim como serviços em setores mais afetados pela pandemia de Covid-19.

hotWords: desacelera agosto preços núcleo

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Há sinais de que os preços de carros e caminhões usados já chegaram a seu pico. Os custos de hotéis e motéis estão agora acima do nível pré-pandemia, sugerindo ganhos moderados à frente.

A desaceleração nas taxas mensais de inflação fica em linha com a afirmação do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, de que a inflação alta é transitória.

Mas gargalos na cadeia de oferta permanecem e o mercado de trabalho está apertando, elevando os salários.

Os dados da inflação foram divulgados em meio ao crescimento das especulações nos mercados financeiros sobre quando o Fed irá anunciar o início da redução de seu programa de compra de títulos. Powell não ofereceu sinais sobre quando o banco central dos EUA planeja reduzir suas compras de títulos, dizendo apenas que poderia ser “este ano”.

Conheça o plano de ação da XP para você transformar os desafios de 2022 em oportunidades de investimento.

palavras-chave: Núcleo dos preços ao consumidor nos EUA desacelera com força em agosto; invistaja.info;

RIO DE JANEIRO | economia | invistaja.info – Núcleo dos preços ao consumidor nos EUA desacelera com força em agosto

REFLEXÃO: Michael Kitces, conselheiro financeiro: Invista pensando no longo prazo, não especule, mas, não ignore as flutuações do mercado.

Veja também:

Índice de preços ao consumidor dos EUA sobe 0,3% em agosto na base mensal, levemente abaixo do esperado

SoftBank vai investir mais US$ 3 bilhões em startups da América Latina

Ibovespa Futuro abre em queda após alta da véspera e com investidores de olho em inflação nos EUA

Volume de serviços cresce 1,1% em julho e atinge maior nível em cinco anos; dado fica em linha com o esperado

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade