Publicidade

Oi (OIBR3) informa que deve concluir venda da unidade móvel em 20 de abril

Companhia comunicou que, em função do fechamento da operação, iniciará oferta pública para aquisição de notes com garantia sênior com vencimento em 2026
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para o trader investidor

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Oi (OIBR3) informa que deve concluir venda da unidade móvel em 20 de abril; invistaja.info;


LUXM4 | Liq.Corr.: 0.96 | PSR: 3.333 | Pat.Liq: 97554000.0 | EV/EBITDA: 11.04 | P/Cap.Giro: -346.8 | Cotacao: 84.23

A Oi (OIBR3;OIBR4) comunicou ao mercado nesta quarta-feira (13) que deve concluir a venda da unidade móvel, ou a UPI de Ativos Móveis, em 20 de abril. A companhia, em recuperação judicial, vendeu o ativo para o consórcio formado por Vivo (VIVT3), TIM (TIMS3) e Claro por um valor de R$ 16,5 bilhões em dezembro de 2020.

As companhias informaram em comunicado terem trocado notificações confirmando o cumprimento ou dispensa, conforme o caso, de “todas as condições precedentes para a conclusão da operação e, nos próximos dias, darão continuidade aos procedimentos necessários para o fechamento”.

A Oi informou ainda que, em função do fechamento da operação, iniciará uma oferta pública para aquisição em dinheiro de todas as notes com garantia sênior com vencimento em 2026, conforme a Cláusula 4.07 da escritura de emissão das notes, datada de 30 de julho de 2021.

+Jeff Bezos faz aporte em fintech do Brasil criada por jovem goiano; conheça negócio

A empresa diz que divulgará na data de hoje comunicado ao mercado contendo explicações mais detalhadas sobre a oferta pública de aquisição.

Recuperação judicial

Cabe ressaltar que, no final de março, a Oi teve o fim do seu processo de recuperação judicial adiado. O prazo venceria no em 31 de março, mas a postergação, em até 60 dias, foi necessária para acolher novas determinações do juiz responsável pelo processo, Fernando Viana, da 7.ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro.

A Oi entrou em recuperação judicial em 2016 após acumular R$ 65 bilhões em dívidas com 55 mil credores. De lá para cá, a tele conseguiu aprovar um plano de recuperação, que mais tarde foi modificado, incluindo mais vendas de ativos, descontos nos pagamentos a credores e prorrogação de prazos.

hotWords: unidade concluir informa (oibr3) móvel

Publique seu negócio no invistaja.info

Leia mais: 

De “super tele” a maior recuperação judicial do Brasil: o que aconteceu com a Oi? Administrador da recuperação judicial da Oi pretende entregar quadro de credores antes de 60 dias

Esse processo tinha o fim previsto para outubro de 2021, mas recebeu aval dos credores para se estender até maio de 2022 por causa de sua complexidade. Na ocasião, entretanto, o juízo fixou a data de março, que acabou também não sendo cumprida.

(com Estadão Conteúdo)

 

BRASIL | mercados | invistaja.info – Oi (OIBR3) informa que deve concluir venda da unidade móvel em 20 de abril

REFLEXÃO: Rich Greifner, da Motley Fool: Pense a longo prazo, seja paciente e busque por retornos assimétricos.

Leia também:

AIE: liberação de reservas de petróleo vai ajudar a compensar oferta russa menor

Reino Unido: taxa anual do CPI acelera a 7,0% em março, acima do esperado

Donos de Riachuelo, Madero e outras quase 300 empresas apresentam proposta para recriar CPMF

Produção da PetroRecôncavo (RECV3) e AGO da Petrobras (PETR4); prévias de Even (EVEN3), Lavvi (LAVV3), Cury (CURY3) e mais

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade