Pacheco diz ser tolerável modelo proposto pelo governo para Eletrobras

Executivo assinou uma medida provisória incluindo a estatal no Programa Nacional de Desestatização e condicionando a capitalização à aprovação da MP
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdos sobre investimentos

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Pacheco diz ser tolerável modelo proposto pelo governo para Eletrobras; invistaja.info;


BRSR5 | Liq.2meses: 2323.43 | P/VP: 0.92 | Div.Brut/Pat.: 0.0 | P/ACL: 0.0 | Cotacao: 18.7 | P/EBIT: 0.0

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), classificou como “tolerável” o modelo proposto pelo governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para privatização da Eletrobras. O Executivo assinou uma medida provisória incluindo a estatal e suas subsidiárias no Programa Nacional de Desestatização (PND) e condicionando a capitalização à aprovação da MP.

Antes de ser eleito para o comando do Senado, Pacheco tirou a privatização da Eletrobras da lista de prioridades para sua gestão. Agora, porém, após o envio da MP ao Legislativo, o presidente do Senado afirmou que o modelo proposto pelo governo não é a privatização pura e simples, mas um processo de capitalização com oferta de novas ações ao mercado, de modo que o poder público fique com 45% dos ativos totais da empresa.

Para se tornar lei e viabilizar a capitalização da empresa, a MP precisa ser aprovada pela Câmara e pelo Senado até junho. Na tentativa de facilitar a votação, o governo incluiu dispositivos na medida provisória para atender parlamentares.

+Governo Bolsonaro é denunciado na ONU por “tragédia humanitária” na pandemia

Dentro do texto, estão a prorrogação por 30 anos da concessão da hidrelétrica de Tucuruí, a destinação de recursos para investimentos e a criação de uma golden share da União, permitindo ao governo poder de veto em decisões estratégicas mesmo não sendo mais o controlador da Eletrobras.

“Acho essa medida tolerável sob o ponto de vista da inteligência de mercado de conciliar a preservação de um ativo nacional que pertence a todos os brasileiros, mas que seja um ativo valorizado pela possibilidade de competitividade daquela empresa da qual a União participe”, afirmou Pacheco durante evento promovido pelos jornais O Globo e Valor Econômico. O presidente do Senado disse ser a favor do conceito de privatização, mas ponderou que é preciso avaliar caso a caso.

palavras-chave: Pacheco diz ser tolerável modelo proposto pelo governo para Eletrobras; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | mercados | invistaja.info – Pacheco diz ser tolerável modelo proposto pelo governo para Eletrobras

REFLEXÃO: Bill Mann, da Motley Fool Asset Management: Busque investir em conjunto com grandes gestores, depois, é só ser paciente.

Leia também:

IMC, dona da rede Frango Assado, anuncia ex-CEO global da Popeyes como novo diretor-presidente; ação MEAL3 sobe 5,5%

Ações de Copel saltam 7% e Eletrobras avança 3% com sinais de menor participação estatal; Sabesp ameniza e fecha em alta de 2%

Como ganhar dinheiro (ou perder) com o Copom de uma maneira que você provavelmente não conhecia

Bancos colocam Petrobras de volta ao radar após turbulência, mas ação fica para trás entre as preferências do setor

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.