Petrobras: corte da Holanda decidiu prosseguir com ação coletiva contra a empresa

Fundação busca que a Corte do país declare que os réus agiram de maneira ilegal perante os investidores
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para quem vive o mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Petrobras: corte da Holanda decidiu prosseguir com ação coletiva contra a empresa; invistaja.info;


GMAT3 | Cresc.5anos: 0.0 | EV/EBIT: 18.31 | P/Cap.Giro: 3.77 | EV/EBITDA: 14.9 | Liq.2meses: 35361100.0 | P/ACL: 5.0

ListenToMarket: Petrobras: corte da Holanda decidiu prosseguir com ação coletiva contra a empresa – Áudio gerado às: 16:10:23

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

A Petrobras (PETR3;PETR4) informou nesta quinta-feira que a corte da Holanda decidiu prosseguir com ação coletiva contra a empresa. Segundo a estatal, na quarta-feira, foram decididas pela Corte Distrital de Roterdã algumas questões relativas à admissibilidade da ação coletiva proposta em 2017 pela Stichting Petrobras Compensation Foundation (Fundação), na Holanda, em face da companhia e de outros réus.

A estatal lembra que a Fundação alega que representa os interesses de investidores que não estejam abrangidos pelo acordo firmado para o encerramento da class action dos Estados Unidos.

Com base nos fatos revelados pela Operação Lava Jato, a Fundação busca que a Corte declare que os réus agiram de maneira ilegal perante os investidores.

+Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta quinta-feira – 27/5

“Nessa ação, a Fundação não pode pleitear o pagamento de indenizações a investidores. A eventual indenização pelos danos alegados somente poderá ser determinada por decisões judiciais em ações posteriores”, afirma em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A Petrobras esclarece que a fase de mérito da ação ainda não foi iniciada.

A Corte decidiu que a ação coletiva deve prosseguir e que a cláusula de arbitragem do Estatuto Social da Petrobras não impede que acionistas da companhia tenham acesso ao Poder Judiciário holandês e sejam representados pela Fundação.

hotWords: decidiu petrobras: corte ação contra

Anuncie no invistaja.info

Não obstante, informa, estão excluídos da ação os investidores que já tenham iniciado arbitragem contra a Petrobras ou que sejam partes em processos judiciais nos quais tenha sido reconhecida de forma definitiva a aplicabilidade da cláusula de arbitragem.

Segundo a estatal, como a decisão trata de questões processuais, em regra, não está sujeita a recurso nessa fase do processo, salvo mediante autorização judicial.

A ação coletiva prosseguirá para a fase de discussão das questões de mérito. A Petrobras nega todas as alegações apresentadas pela Fundação. “As autoridades públicas que conduzem as investigações da Operação Lava Jato e o Supremo Tribunal Federal reconhecem que a Petrobras é vítima dos fatos revelados por esta investigação. Como resultado, a companhia já recebeu mais de R$ 5,7 bilhões recuperados pelas autoridades, provenientes de companhias e indivíduos envolvidos em práticas criminosas, que prejudicaram a Petrobras”, destaca.

Sócia da XP Investimentos oferece curso gratuito de como alcançar a liberdade financeira. Clique aqui para se inscrever.

palavras-chave: Petrobras: corte da Holanda decidiu prosseguir com ação coletiva contra a empresa; invistaja.info;

FARIA LIMA | mercados | invistaja.info – Petrobras: corte da Holanda decidiu prosseguir com ação coletiva contra a empresa

REFLEXÃO: Eddy Elfenbein, dono do site Crossing Wall Street: Seja paciente e ignore modismos. Foque no valor e não entre em pânico.

Saiba mais:

Fitch reafirma rating do Brasil em “BB-” com perspectiva negativa

Fiocruz alerta para tendência de agravamento na pandemia

Morgan: disparada das ações de Azul e Gol foi exagerada e consolidação não deve acontecer em breve no setor

Opep+ deve manter plano de repor produção, segundo pesquisa

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.