PetroRio interliga campos de Polvo e Tubarão Martelo, vê corte de custos de U$ 50 milhões ao ano e reduz riscos

O custo total de operação do cluster, que estava em cerca de US$ 120 milhões por ano, será reduzido para aproximadamente US$ 70 milhões
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação de quem vive o mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: PetroRio interliga campos de Polvo e Tubarão Martelo, vê corte de custos de U$ 50 milhões ao ano e reduz riscos; invistaja.info;


CVCB3 | Mrg.Liq.: -0.3979 | PSR: 13.873 | DY: 0.0 | P/L: -39.61 | P/Ativo: 1.131 | Liq.Corr.: 1.04

ListenToMarket: PetroRio interliga campos de Polvo e Tubarão Martelo, vê corte de custos de U$ 50 milhões ao ano e reduz riscos – Áudio gerado às: 10:0:28

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

A petroleira PetroRio (PRIO3) informou na quarta-feira que concluiu a interligação entre os campos de Polvo e Tubarão Martelo, em movimento que cria um polo (cluster) de produção de campos maduros na Bacia de Campos e deve representar uma economia de US$ 50 milhões por ano para a empresa.

Segundo a companhia, a redução de custos operacionais corresponde ao valor de leasing da plataforma FPSO Polvo, atualmente afretada ao campo, e gastos com manutenção e diesel. O projeto, que teve duração de 11 meses e custo de 45 milhões de dólares, interliga a plataforma Polvo-A e o FPSO Bravo.

O custo total de operação do cluster, que estava em cerca de US$ 120 milhões por ano, será reduzido para aproximadamente US$ 70 milhões por ano, disse a empresa em fato relevante.

+Bolsas mundiais operam sem direção definida com investidores monitorando Fed e à espera de dados de emprego nos EUA

“A redução dos custos absolutos do novo cluster permitirá que mais óleo seja recuperado nos reservatórios, durante um maior período, aumentando consideravelmente o fator de recuperação dos campos”, acrescentou a Petro Rio.

A petroleira informou ainda que, a partir desta data, passará a ter direito sobre 95% do óleo do polo Polvo + Tubarão Martelo até os primeiros 30 milhões de barris de óleo produzido, e 96% após 30 milhões de barris, assim como será responsável por 100% dos custos de Opex, Capex e abandono dos campos.

O Itaú BBA avalia a notícia como positiva e aponta que, apesar da interligação já estar contemplada no modelo do banco, a conclusão do projeto reforça a capacidade de execução da PetroRio. A percepção do mercado sobre os riscos de execução de projetos futuros (como a ligação Frade-Wahoo) também deve melhorar à medida que a empresa continua a construir credibilidade.

hotWords: interliga riscos corte custos tubarão martelo,

Seja anunciante no invistaja.info

“Acreditamos que o foco do mercado agora se voltará para a estabilização da produção do cluster Polvo e TBMT. Uma vez que o gargalo potencial tenha sido deixado para trás, esperamos que o foco retorne ao crescimento inorgânico potencial – em que a empresa entregou uma criação de valor significativa nos últimos anos – dado que os marcos para Frade-Wahoo só devem ser alcançados em 2024”, apontam os analistas.

O Bradesco BBI, por sua vez, destaca que a redução de custos para o novo cluster permitirá que mais óleo seja recuperado por períodos mais longos, aumentando o fator de recuperação nos campos.

De acordo com o relatório de certificação de reservas publicado este ano pela DeGolyer & MacNaughton, o cluster agora tem vida econômica até 2037 (considerando as reservas 1P), o que representa uma extensão de 10 anos para Polvo e 12 anos para Tubarão Martelo.

“Este é um marco importante de redução do risco para a PetroRio. Além da redução significativa de custos, o FPSO Bravo em operação é relativamente novo (construído em 2012), tem alta confiabilidade operacional e permitirá maior eficiência operacional no campo de Polvo”, afirmam os analistas.

(com Reuters)

Quer entender o que é o mercado financeiro e como ele funciona? Assista à série gratuita “Carreira no Mercado Financeiro” e conheça o setor da economia que paga os melhores salários de 2021.

palavras-chave: PetroRio interliga campos de Polvo e Tubarão Martelo, vê corte de custos de U$ 50 milhões ao ano e reduz riscos; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | mercados | invistaja.info – PetroRio interliga campos de Polvo e Tubarão Martelo, vê corte de custos de U$ 50 milhões ao ano e reduz riscos

REFLEXÃO: Michael Kitces, conselheiro financeiro: Invista pensando no longo prazo, não especule, mas, não ignore as flutuações do mercado.

Notícias relacionadas:

Lojas Renner anuncia contrato para compra da plataforma de revenda Repassa

Membro do BCE alerta contra redução prematura de estímulo

À prova de escândalo: fortuna dos irmãos Batista, da JBS, soma quase US$ 6 bilhões

Prefeitura de SP diz que vacinas contra a Covid não foram aplicadas fora de validade

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.