invistaja.info | Informação p/ quem vive o mercado

Publicidade

Por que “notícias ruins” deixaram de ser positivas para os investidores das Bolsas?

Dados mais fracos vinham criando “otimismo” quanto ao início do corte de juros pelo Federal Reserve; mercado, agora, está mais cauteloso

Conteúdos sobre investimentos

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Por que “notícias ruins” deixaram de ser positivas para os investidores das Bolsas?; invistaja.info;


TASA3 | Mrg.Liq.: 0.0767 | ROE: 0.1209 | ROIC: 0.098 | P/L: 10.6 | Div.Brut/Pat.: 0.47 | EV/EBIT: 9.68

Durante um bom tempo de 2024 — e ao longo de 2023 —, o mercado vinha reagindo “positivamente” às publicações de dados macroeconômicos mais “fracos” do que o esperado nos Estados Unidos, com a interpretação de que isso permitiria ao Federal Reserve ser mais rápido em seus cortes de juros.

+Prefeitura do RJ negocia instalação de bolsa rival da B3 (B3SA3), diz secretário

Ou seja, “notícias ruins” à atividade econômica eram consideradas “positivas” aos investidores da Bolsa. Mas isso aparentemente vem mudando. 

Nas últimas duas semanas, porém, dados mais fracos do que o esperado, sinalizando uma desaceleração da economia norte-americana, vêm derrubando as bolsas de valores ou ao menos não empolgando tanto quanto antes.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos

“A gente viu o mercado por muito tempo negociando nessa narrativa de que dados mais fracos significam uma economia desacelerando, o que abriria espaço para o Federal Reserve [o banco central americano] começar o ciclo de corte antes”, explica Jennie Li, estrategista de ações da XP. 

Um corte de juros pelo Federal Reserve usualmente leva fluxo de capital para as Bolsas de valores. Com o Tesouro e a renda fixa pagando menos, é normal que investidores tirem dinheiro desses papéis para levar às ações. 

Mas além disso, a visão de mais cortes de juros também empolga pela perspectiva de que as empresas lucrarão mais no futuro, com as pessoas tendo maior acesso a crédito, e também com menores despesas financeiras, com o endividamento ficando mais barato. 

O mercado, de olho nesses movimentos, busca se antecipar. Mas agora há a possibilidade de uma desaceleração da economia mais no curto prazo minguar as expectativas.

hotWords: bolsas? investidores deixaram para

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

“Por enquanto, não é o cenário em que trabalhamos, mas vem ganhando força a visão de que a gente pode ver uma desaceleração econômica talvez um pouco mais forte”, diz Li. 

Com a economia desacelerando, investidores também passam a evitar um pouco mais ativos de risco, de olho nos prazos menores. A perspectiva de que empresas podem ter lucros minguando no curto prazo ganha alguma força. 

Más notícias são más notícias

“Por muito tempo, o mercado via que ‘bad news is good news’, onde dados ruins na economia eram bem recebidos pelo mercado, porque tinham efeito de queda de juros. Estamos voltando a um cenário onde bad news na economia são bad news para os mercados”, diz Fernando Ferreira, estrategista-chefe de ações da XP.

Como exemplo desses casos, ele cita a divulgação do JOLTS nesta semana. Apesar de ter vindo consideravelmente aquém do consenso, as bolsas americanas fecharam o dia de sua publicação, na terça, com altas pouco relevantes. Já na segunda o ISM de manufatura abaixo do consenso também não empolgou. 

“A consequência desses dados mais fracos é óbvia. Juros das Treasuries caindo e o mercado voltando a aumentar apostas que o Fed possa cortar juros mais cedo. Mas o que tem chamado mais atenção é que as Bolsas têm reagido negativamente a esses dados mais fracos, e não positivamente, refletindo os juros mais baixos”, explicou Ferreira. 

Para Fernando, o termo de “hard landing“, com o Fed entregando alguma recessão para frear a inflação, voltou a aparecer.

“Ainda está longe de ser um cenário base, mas o mercado volta a se preocupar um pouco com desaceleração, se ela for um pouco mais forte do que o esperado. É por isso que esses dados passaram a pesar na balança”, debate.

palavras-chave: Por que “notícias ruins” deixaram de ser positivas para os investidores das Bolsas?; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | mercados | invistaja.info – Por que “notícias ruins” deixaram de ser positivas para os investidores das Bolsas?

REFLEXÃO: Robert Brokamp, da Motley Fool: Diversificação reduz os riscos, aumenta a previsibilidade e impulsiona os retornos.

Leia também:

Ministério da Fazenda deve fazer nova emissão de títulos verdes, diz diretor do BNDES

Setores se mobilizam contra limite a crédito tributário; tema pode ser judicializado

Ibovespa chega à sexta derrota seguida, puxado por Vale, na contramão de Nova York

Nutrien paralisa 3 misturadoras de fertilizantes no Brasil por tempo indeterminado

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

plugins premium WordPress