PUBLICIDADE

Por que o mercado não ‘comprou’ a reviravolta da Cogna? Diretor da empresa explica

Falamos muito de Cogna no ano passado. Trouxemos gestores céticos e otimistas, mas agora chegou a vez de conversar com a própria empresa
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para o trader investidor

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Por que o mercado não ‘comprou’ a reviravolta da Cogna? Diretor da empresa explica; invistaja.info;


CTKA3 | Pat.Liq: -200883000.0 | P/VP: -0.77 | Mrg.Liq.: 0.371 | ROE: -0.6724 | Div.Brut/Pat.: -2.63 | P/L: 1.14

Dizer que os últimos meses foram ruins para a ação da Cogna (COGN3) poderia parecer até um eufemismo.

Os papéis da empresa, que começaram o ano de 2020 na casa dos R$ 12, bateram R$ 3,72 em abril, quando a Bolsa inteira derreteu.

+Bitcoin já consome mais energia que toda a Argentina e gasto gera alertas de Bill Gates e Yellen

Assim como o resto da Bolsa, a empresa parecia em franca recuperação nos meses seguintes – em julho, a ação já havia passado dos R$ 9. Mas aí ela descolou de novo.

Após o IPO na Nasdaq de sua subsidiária Vasta, as ações começaram a cair mais um vez e hoje valem R$ 3,68, menos que durante a pandemia.

Falamos muito de Cogna no ano passado. Trouxemos gestores céticos, otimistas e agora chegou a vez de falar com a própria empresa.

Nesta quarta-feira (3) conversamos com Bruno Giardino, diretor de Relações com Investidores da companhia. Confira abaixo os principais pontos da conversa.

Cogna day

Os 3 motivos para o Cogna Day não ter conquistado o mercado:

Expectativa de venda da Saber, o que na opinião de muitos aliviaria a questão da alavancagem da companhia, não foi mencionado no evento, em 14 de dezembro

hotWords: mercado diretor empresa ‘comprou’

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Guidance de longo prazo pode ter frustrado os analistas sobre onde estaríamos em 2024

Dúvida do mercado sobre onde estará o ponto de inflexão da empresa. Na visão da Cogna, será ainda em 2021.

Evolução

A comparação do primeiro trimestre de 2021 com o primeiro trimestre de 2020 será bem difícil por causa da Covid. 2021 vai ser um ano de recuperação, mas não será tão cedo. Como no curto prazo não devemos ter boas novidades, o investidor não quis esperar.

Pandemia

A pandemia foi considerada nos nossos modelos, talvez não num modo tão intenso. Sim, isso vai ter um impacto na captação de alunos, não há dúvida, vai fazer um ano mais difícil do que esperávamos. Mas, mesmo com toda essa dificuldade, temos certeza que vamos ter um ano com Ebitda maior, mesmo com queda na receita e na base de alunos.

Por que não fechou mais campi?

Talvez o melhor indicador para olhar seria a metragem quadrada de propriedades e salas de aula por aluno, porque aí mostraria se eu fechei unidades pequenas ou unidades grandes. Tem também o ponto de usarmos melhor o espaço: teve campus que não fechamos, mas reduzimos de 1.000 m² para 500 m². O que posso garantir é que tivemos uma redução significativa de custos.

Se a empresa fosse um time de futebol

Cogna seria nosso capitão, mas o nosso camisa 10 hoje é a Vasta. A Platus quer ser a revelação do campeonato e a Saber foi o jogador promissor da categoria de base mas que recebeu uma proposta para jogar no exterior.

palavras-chave: Por que o mercado não ‘comprou’ a reviravolta da Cogna? Diretor da empresa explica; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – Por que o mercado não ‘comprou’ a reviravolta da Cogna? Diretor da empresa explica

REFLEXÃO: James Early, do Motley Fool: Explore a fraqueza cognitiva dos outros

Veja também:

Série histórica mostra agravamento na ocupação de UTIs no SUS

Economia dos EUA ainda tem um longo caminho até a recuperação, diz Powell

Crime de “insider trading” teve só uma condenação penal em 20 anos

Ministros da Opep+ decidem manter nível de produção de petróleo de março também em abril

Seja anunciante no invistaja.info

PUBLICIDADE

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE