Preço do aluguel volta a subir em fevereiro; veja bairros que mais valorizaram e desvalorizaram no Rio e em São Paulo

Segundo o Índice QuintoAndar, preço do metro quadrado de locação subiu em fevereiro e em janeiro de 2021, na comparação com meses imediatamente anteriores
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para traders e investidores

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Preço do aluguel volta a subir em fevereiro; veja bairros que mais valorizaram e desvalorizaram no Rio e em São Paulo; invistaja.info;


LAME3 | Cotacao: 22.72 | P/Cap.Giro: 2.92 | ROE: 0.0472 | Div.Brut/Pat.: 1.28 | Cresc.5anos: 0.0334 | P/Ativo: 1.055

BRASIL | invistaja.info — Os preços do aluguel residencial apresentaram alta em janeiro e fevereiro de 2021 – revertendo uma tendência de queda no valor médio do metro quadrado de locação, vista desde março de 2020. Mas essa recuperação ainda não é suficiente para compensar a baixa nos preços acumulada nos últimos 12 meses – e pode demorar para o mercado de locação se reaquecer.

Os dados são do Índice QuintoAndar. O indicador é feito pela plataforma de compra e aluguel residencial e é baseado nos preços efetivamente praticados em contratos (não nos anunciados).

O estudo elencou a elevação de preços de locação nos imóveis com um, dois ou três dormitórios. Também mostrou os bairros mais caros em termos absolutos, e os que mais valorizaram e desvalorizaram percentualmente nos últimos seis meses.

+Ações de Petrobras têm queda de mais de 5%; bancos têm baixa de até 4% com alta na CSLL, enquanto Aura avança após resultado

Aluguel em São Paulo

O valor médio do metro quadrado de locação em São Paulo aumentou 0,97% na comparação entre janeiro e fevereiro de 2021. Mas no acumulado dos últimos 12 meses a queda do metro quadrado do aluguel foi de 6,32% na capital paulista.

O preço médio por metro quadrado ficou em R$ 36,16, o que significa que um imóvel de 70 metros quadrados tem um aluguel médio de R$ 2.531, segundo o índice do QuintoAndar.

O preço do aluguel por metro quadrado dos imóveis com um quarto subiu 1,1% em fevereiro ante janeiro. No mesmo período, houve alta de 0,48% e 0,62% no valor médio de locação por metro quadrado dos imóveis de dois e três dormitórios, respectivamente.

Os bairros com aluguel mais caro por metro quadrado da cidade são Vila Olímpia, Pinheiros e Vila Nova Conceição. Relativamente, o bairro que mais se valorizou nos últimos seis meses na capital paulista foi a Vila Formosa, na zona leste da capital. Ela foi seguida por Jd. São Savério e Jd. Estér Yolanda, os dois localizados na zona oeste da capital. Já as maiores quedas nesse intervalo foram no Centro, Santo Amaro e Liberdade. Veja:

Bairros que mais valorizaram nos últimos 6 meses (SP)

 

Bairros que mais desvalorizaram nos últimos 6 meses (SP)

Aluguel no Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, o crescimento mensal no valor do metro quadrado de locação foi de 1,06%. Mas a baixa foi de 2,51% no acumulado dos últimos 12 meses na capital fluminense.

hotWords: volta veja bairros preço valorizaram aluguel

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Os imóveis de três dormitórios tiveram alta no preço do metro quadrado de locação – a expansão foi de 0,85% em fevereiro, na comparação com janeiro. Imóveis com dois quartos tiveram aumento de 0,77%. Já imóveis de até um dormitório se mantiveram estáveis na capital fluminense.

O preço médio por metro quadrado ficou em R$ 29,35 em fevereiro. Ou seja, segundo o índice do QuintoAndar, o aluguel de um imóvel de 70 metros quadrados custou, em média, R$ 2.054 no Rio de Janeiro no mês passado.

Ipanema, Leblon e Botafogo são os bairros mais caros para locação em valor por metro quadrado. As maiores altas em locação por metro quadrado foram vistas em Taquara, Vl. Isabel e Recreio. Já as maiores retrações vieram de Santa Teresa, Centro e Grajaú. Veja:Bairros que mais valorizaram nos últimos 6 meses (RJ)

 

Bairros que mais desvalorizaram nos últimos 6 meses (RJ)

Mercado de locação ainda desaquecido

Apesar da reversão de tendência, um reaquecimento nos preços de locação ainda deve demorar, segundo a startup. “A valorização dos imóveis de aluguel deve demorar para acontecer, embora comece a apresentar leve retomada”, disse em comunicado sobre o estudo Fernando Paiva, diretor de dados do QuintoAndar. “O avanço da Covid-19 no Brasil e os possíveis impactos na economia devem segurar ainda mais a valorização do metro quadrado em SP e RJ.”

Para Paiva, uma série de fatores explicam as movimentações de valorização e desvalorização nos bairros mencionados em SP e no RJ. “Uma das principais é a tendência, iniciada com a pandemia e que vem se fortalecendo, de maior demanda por imóveis em regiões menos caras, mais tranquilas e distantes dos centros comerciais e menor procura por bairros centrais e próximos a áreas de escritórios.”

Leia maisReajuste do aluguel nunca esteve tão distante do IGP-M, mostra levantamento

O mercado ainda moroso pode ser visto pelo descolamento do reajuste real dos novos contratos de locação na comparação com sua principal referência – o IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), calculado pela Fundação Getúlio Vargas. Em janeiro, o indicador acumulava alta de 25,7% em 12 meses. Já os contratos de aluguel haviam sido reajustados em 2,7% no mesmo período, conforme apontava o Índice FipeZap de Locação Residencial.

Paiva comenta que o valor dos novos contratos continuam abaixo do que estavam um ano atrás, reflexo do impacto da crise na renda das pessoas. “O IGP-M está fora da realidade das pessoas. Então, inquilinos que recebem reajuste por esse índice encerram o contrato antecipadamente e alugam imóveis com preços mais baixos. Isso acaba movimentando o mercado, embora seja ruim para os proprietários. Eles não apenas deixam de receber o reajuste do IGP-M, como ficam sem a renda do aluguel enquanto durar a vacância do imóvel”, diz.

palavras-chave: Preço do aluguel volta a subir em fevereiro; veja bairros que mais valorizaram e desvalorizaram no Rio e em São Paulo; invistaja.info;

CALIFORNIA | economia | invistaja.info – Preço do aluguel volta a subir em fevereiro; veja bairros que mais valorizaram e desvalorizaram no Rio e em São Paulo

REFLEXÃO: Bill Mann, da Motley Fool Asset Management: Busque investir em conjunto com grandes gestores, depois, é só ser paciente.

Tópicos mais acessados:

Com guinada digital, Via Varejo reverte prejuízo e lucra R$ 336 milhões no 4º trimestre de 2020

Democratas terão votos para aprovar pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão dos EUA, diz líder no Senado

Medidas de compensação somam R$ 3,689 bi, diz Receita; desonerações de PIS/Cofins, R$ 3,676 bi

Ação de Petrobras fecha no zero, bancos sobem após “susto” com CSLL e Braskem cai 4%; Aura salta e PetroRio cai com resultados

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *