Presidente sanciona lei que autoriza União a aderir ao Covax Facility

Texto foi aprovado com vetos; Covax Facility é uma aliança internacional da Organização Mundial de Saúde
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Presidente sanciona lei que autoriza União a aderir ao Covax Facility; invistaja.info;


AALR3 | ROE: -0.0873 | P/Cap.Giro: -33.38 | Div.Brut/Pat.: 0.68 | EV/EBITDA: 17.24 | PSR: 1.189 | Mrg.Ebit: -0.0234

O presidente Jair Bolsonaro sancionou hoje (1º), com vetos, a lei que autoriza o Poder Executivo federal a aderir ao Instrumento de Acesso Global de Vacinas Covid-19 , o Covax Facility, e estabelece diretrizes para a imunização da população.

A Covax Facility é uma aliança internacional da Organização Mundial de Saúde (OMS), da Gavi Alliance e da Coalition for Epidemic Preparedeness Innovations (CEPI), que tem como principal objetivo acelerar o desenvolvimento e a fabricação de vacinas contra a covid-19 a partir da alocação global de recursos para que todos os países que façam parte da iniciativa tenham acesso igualitário à imunização. É uma plataforma colaborativa, subsidiada pelos países-membros, que também visa possibilitar a negociação de preços dos imunizantes.

Bolsonaro vetou, para adequação à constitucionalidade e ao interesse público, o dispositivo que exigia que a Anvisa concedesse autorização temporária de uso emergencial para a importação, a distribuição e o uso de qualquer vacina contra a covid-19 pela União, pelos estados, pelo Distrito Federal e pelos municípios, em até cinco dias após a submissão do pedido, dispensada a autorização de qualquer outro órgão da administração pública direta ou indireta e desde que pelo menos uma das autoridades sanitárias estrangeiras elencadas no dispositivo tivesse aprovado a vacina e autorizado sua utilização em seus respectivos países.

+Ibovespa fecha em alta de 0,3%, mas termina longe da máxima em meio a queda de bancos; dólar recua a R$ 5,60

Também foi vetado o artigo que previa que, no caso de omissão ou de coordenação inadequada das ações de imunização de competência do Ministério da Saúde referidas neste artigo, ficam os estados, os municípios e o Distrito Federal autorizados, no âmbito de suas competências, a adotar as medidas necessárias com vistas à imunização de suas respectivas populações, cabendo à União a responsabilidade por todas as despesas incorridas para essa finalidade. A justificativa do veto é que o tema se trata de competência privativa do Presidente da República e que contraria o interesse público.

hotWords: sanciona facility união aderir

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

“. Deixe seu e-mail para assistir de graça.

BRASÍLIA | economia | invistaja.info – Presidente sanciona lei que autoriza União a aderir ao Covax Facility

REFLEXÃO: Eddy Elfenbein, dono do site Crossing Wall Street: Seja paciente e ignore modismos. Foque no valor e não entre em pânico.

Leia também:

Lucro da Aura sobe 93,6% e balanços de Pague Menos, Copasa, PetroRio; Mercado Livre investirá R$ 10 bi no Brasil e mais

China mostra preocupação com bolhas em imóveis e mercados externos

Como a Vivo deixou de ser apenas uma empresa de telecomunicações e agora até empresta dinheiro

Expert ESG: evento online e gratuito da XP terá palestras com Yuval Harari, Jean Case e Luiza Trajano

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade