Produção industrial cai 1,3% em julho, frustra expectativas e fica abaixo do patamar pré-pandemia

A expectativa de analistas ouvidos pela Refinitiv era de queda de 0,5% na comparação mensal, e de alta de 1,8% na comparação anual
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias do mercado financeiro

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Produção industrial cai 1,3% em julho, frustra expectativas e fica abaixo do patamar pré-pandemia; invistaja.info;


CMIN3 | EV/EBITDA: 2.3 | Div.Brut/Pat.: 0.2 | EV/EBIT: 2.52 | ROE: 0.4953 | DY: 0.0545 | P/Ativo: 1.434

ListenToMarket: Produção industrial cai 1,3% em julho, frustra expectativas e fica abaixo do patamar pré-pandemia – Áudio gerado às: 9:10:20

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

RIO DE JANEIRO | invistaja.info — A produção industrial caiu 1,3% na passagem de julho para junho após queda de 0,2% no mês anterior. Os dados foram compartilhados nesta quinta-feira (2) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com o resultado, a indústria acumula queda de 1,5% em dois meses, após alta de 1,2% em maio.

O dado foi pior do que o esperado. A expectativa de analistas ouvidos pela Refinitiv era de queda de 0,5% na comparação mensal, e de alta de 1,8% na comparação anual.

+Ação da Vale zera perdas após cair forte com minério, enquanto Petrobras ameniza baixa; Eneva e Cemig sobem forte

No ano, a indústria acumula alta de 11% e, em doze meses, de 7%. Com o resultado de julho, a produção industrial ficou 2,1% abaixo do patamar pré-pandemia, de fevereiro de 2020.

hotWords: frustra 1,3% pré-pandemia industrial abaixo expectativas

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

O recuo de julho alcançou duas das quatro grandes categorias econômicas e 19 dos 26 ramos pesquisados. “Em linhas gerais, o comportamento de julho não difere muito do que a gente vem observando ao longo desse ano, já que dos sete meses, em cinco houve queda”, explica André Macedo, gerente da pesquisa.

De acordo com Macedo, esse resultado permanece ligado aos efeitos da pandemia da Covid-19. “No início do ano, houve fechamento e restrições sanitárias maiores em determinadas localidades, que afetaram o processo de produção. Com o avanço da vacinação e a flexibilização das restrições, a produção industrial agora sente os efeitos do encarecimento do custo e do desarranjo de toda cadeia produtiva”, observa, lembrando que em janeiro de 2021, a produção industrial chegou a estar 3,5% acima do patamar pré-pandemia.

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.

palavras-chave: Produção industrial cai 1,3% em julho, frustra expectativas e fica abaixo do patamar pré-pandemia; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | economia | invistaja.info – Produção industrial cai 1,3% em julho, frustra expectativas e fica abaixo do patamar pré-pandemia

REFLEXÃO: Robert Brokamp, da Motley Fool: Diversificação reduz os riscos, aumenta a previsibilidade e impulsiona os retornos.

Veja também:

Aquisições feitas por BRF, Kora e Oncoclínicas; estreia da Vittia na B3, OceanPact firma acordo por Petrobras e mais notícias

Cédulas de R$ 200 completam um ano em circulação

Zona do euro: taxa anual de preços ao produtor acelera para 12,1% em julho e supera expectativas

Empresários enviam novo pedido pela volta do horário de verão a Bolsonaro

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade