Publicidade

Refis para pequenos negócios deve sair até terça, diz Bolsonaro

Presidente afirma que o governo editará medida provisória ou portaria para garantir renegociação de débitos tributários
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Refis para pequenos negócios deve sair até terça, diz Bolsonaro; invistaja.info;


BAHI11 | PSR: 0.264 | P/VP: 0.46 | Mrg.Ebit: 0.0072 | EV/EBITDA: 5.86 | ROIC: 0.0035 | P/L: -1.63

O presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado que o governo trabalha para editar uma medida provisória ou uma portaria nos próximos dias para tratar do Refis (parcelamento de dívidas tributárias) para micro, pequenas e médias empresas. Após recomendação do Ministério da Economia, ele vetou o projeto que criava o Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no âmbito do Simples Nacional (Relp), com desconto em juros e multas e parcelamento em até 15 anos.

Parlamentares já avisaram ao presidente que vão trabalhar para derrubar o veto quando o Congresso Nacional voltar, após o recesso de fim de ano. A reabertura do programa poderia permitir a renegociação de R$ 50 bilhões em dívidas. Hoje, no Brasil, há 16 milhões de microempreendedores individuais e empresas de pequeno porte. A proposta vetada do Refis foi aprovada com votação praticamente unânime no Congresso.

“Nosso interesse era aprovar, mas havia duas inconsistências, dois riscos. Não havia a fonte de compensação, o que poderia levar a um crime de responsabilidade. E existia também uma fragilidade com relação à questão da legislação eleitoral”, afirmou Bolsonaro. “Dei a missão para o (ministro da Economia) Paulo Guedes e sua equipe buscarem alternativas. Talvez uma MP ou uma portaria nesse sentido. Não vamos desamparar esse pessoal, eles serão atendidos com certeza até no máximo a terça-feira”, completou.

+Exchange descentralizada da rede Cosmos ultrapassa US$ 1 bilhão em valor investido

Somente às 23h36 de quinta-feira o governo bateu o martelo na decisão de vetar a lei, após um vaivém de informações desencontradas. Prevaleceu a orientação da assessoria jurídica.

hotWords: para sair bolsonaro refis terça,

Publique seu negócio no invistaja.info

PRESSÃO DE SERVIDORES

Sobre a pressão de servidores federais, o presidente afirmou que todas as categorias podem ficar sem reajuste este ano, já que não há espaço no Orçamento para dar aumento para todos. “Não está garantido o reajuste para ninguém. Tem uma reserva de R$ 2 bilhões que poderia ser usada para a PF (Polícia Federal) e a PRF (Polícia Rodoviária Federal), além do pessoal do sistema prisional. Mas outras categorias viram isso e disseram ‘Eu também quero’, e veio essa onda toda”, afirmou. “Reconheço que os servidores perderam bastante o poder aquisitivo, mas apelo para a sensibilidade deles.”

Conheça as futuras gigantes da Bolsa e acelere sua liberdade financeira em um curso gratuito: assista!

palavras-chave: Refis para pequenos negócios deve sair até terça, diz Bolsonaro; invistaja.info;

BRASIL | negocios | invistaja.info – Refis para pequenos negócios deve sair até terça, diz Bolsonaro

REFLEXÃO: Tim Hanson, da Motley Fool: Compre ações impressionantes por preços que não refletem sua grandiosidade.

Saiba mais:

IPCA de 2021, indicador de serviços e vendas do varejo: o que acompanhar nesta semana

Pedágio por km rodado? veja novo modelo que aposenta as cabines de cobrança e promete dar fluidez às rodovias privadas

“Petrobras não pode fazer política pública”, diz Joaquim Silva e Luna

Barragem de rejeitos de minério da Vallourec transborda em Nova Lima (MG)

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade