Publicidade

Resultados fortes do Bradesco, expectativa por acordo da Vale com MG, estreia da Intelbras na B3 e mais destaques

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta quinta-feira (4)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

invistaja.info | Informação para quem vive o mercado

BRASIL | invistaja — O noticiário corporativo é bastante movimentado na sessão desta quinta-feira (4), com os investidores repercutindo os resultados do quarto trimestre de 2020 do Bradesco, considerados bastante fortes, além de repercussão dos dados de produção da Vale.

palavras-chave: Resultados fortes do Bradesco, expectativa por acordo da Vale com MG, estreia da Intelbras na B3 e mais destaques; invistaja.info;

A sessão ainda marca a estreia da Intelbras na B3. Confira mais destaques:

Bradesco (;)

+EUA criam 174 mil vagas no setor privado em janeiro, mais do que o esperado, mostra relatório ADP

O Bradesco registrou lucro líquido recorrente de R$ 6,8 bilhões no quarto trimestre de 2020, o maior resultado trimestral da história do banco, 2,3% superior ao que foi identificado um ano antes e com aumento de 35,2% em relação aos três meses anteriores. O banco, contudo, terminou 2020 com lucro acumulado de R$ 19,458 bilhões, retração de 24,8% em relação a 2019.

No lucro contábil, o banco somou R$ 5,464 bilhões, alta de 30,3% em relação ao trimestre anterior e de 11,9% na comparação com igual período de 2019.

“Estamos bastante satisfeitos com o resultado do quarto trimestre do ano e, claro, de todo o exercício de 2020. São números que refletem o esforço e dedicação de todas as nossas equipes, num ano reconhecidamente difícil, desafiador em todos os aspectos, no qual a palavra de ordem foi superação e humildade”, afirma o presidente do Bradesco, Octavio de Lazari, em nota à imprensa.

A carteira de crédito expandida do Bradesco totalizou R$ 664,414 bilhões no último trimestre do ano passado, saldo 10,3% maior que o visto nos três meses anteriores. Em um ano, o crescimento foi de 3,4%.

Dessa vez, os empréstimos foram impulsionados pelo segmento pessoa física, ao contrário do que ocorreu no início da pandemia, quando o governo entrou com estímulos para socorrer empresas.

A carteira para pessoa física teve avanço de 6,9% no quarto trimestre em relação a igual período do ano anterior, para R$ 260,258 bilhões, enquanto para pessoa jurídica a expansão foi mais tímida, de 1,4%, para R$ 426,711 bilhões. O banco encerrou dezembro com R$ 1,644 trilhão em ativos totais, incremento de 16,7% em um ano. No comparativo trimestral, porém, foi identificada queda de 0,9%. Já o patrimônio líquido do Bradesco foi a R$ 143,713 bilhões no quarto trimestre, aumento de 4,5% em relação ao anterior. Ante o mesmo intervalo do ano passado, subiu 7,5%.

A rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio (ROE, na sigla em inglês) subiu e passou de 15,2% no terceiro trimestre para 20% no quarto. Ainda está abaixo, porém, do nível de um antes, de 21,2%. Em 2020, ficou em 14,8%, contra 20,6% em 2019.

Segundo Lazari, o desempenho em 2020 mostrou a capacidade do Bradesco de enfrentar cenários adversos. “Tivemos agilidade e adotamos ações objetivas de gestão para mobilizar a nossa rede de distribuição de produtos e serviços, além de contarmos com uma estrutura tecnológica robusta para o atendimento digital”, disse.

Para 2021, mostrou confiança e disse que o cenário não é mais de desolação, mas, sim, de reconstrução, com incertezas menores que no ano passado. “A pandemia está aí, um problema grave, mas já temos a vacinação em andamento em todo o mundo. Sem dúvida, a velocidade e o impacto dessa imunização são menores que o nosso desejo, mas é o caminho possível e o cenário é positivo para o médio prazo”.

O banco informou ainda que seu conselho de administração aprovou pagamento de juros sobre o capital próprio suplementares no valor total de R$ 184 milhões referentes ao exercício de 2020.

O Bradesco divulgou a suas projeções para algumas linhas do balanço em 2021, o chamado guidance. Para a carteira de crédito, a projeção é de expansão entre 9% e 13% neste ano. A margem financeira com clientes (sem levar em consideração o resultado da Tesouraria) deve ter aumento de 2% a 6%. Já para as receitas com prestação de serviços, a projeção é de  avanço entre 1% e 5% em 2021. A expectativa é de que as despesas com provisão fiquem entre R$ 14 e R$ 17 bilhões.

De acordo com Marcel Campos, analista da XP Investimentos, o Bradesco reportou resultados muito fortes no último trimestre de 2020, com o resultado impulsionado por: i) forte margem financeira que se expandiu significativamente no trimestre, uma vez que o banco foi capaz de melhorar o spread por meio de um portfólio mais rentável e voltado para o varejo; ii) receitas de serviços mais altas do que o esperado, uma vez que o banco se beneficiou da recuperação da atividade econômica; e também por iii) custos menores do que o previsto, uma vez que o Bradesco lidera a redução de custos dentro do setor bancário com o fechamento de 403 agências no trimestre e 1.083 em 2020.

“Tudo isso sem consumo de cobertura. O banco também divulgou um forte guidance para 2021, com uma projeção de crescimento moderado de receitas e forte corte de custos”, aponta o analista. Campos reitera a recomendação de compra e preço-alvo de R$ 27, pois acredita que o banco esteja comparativamente atraente, mais bem defendido e com boa dinâmica de lucros.

O Credit Suisse também destaca o resultado muito mais forte do que o esperado para o quarto trimestre de 2020 mas, mais importante ainda, um guidance para 2021 bem à frente do consenso, com expectativa de crédito e crescimento de receita líquida de juros (NII, na sigla em inglês), menor custo de risco e redução significativa de custos definindo o tom para umforte ano. Os analistas do banco suíço têm recomendação outperform para os ativos, com preço-alvo de R$ 34.

Vale ()

A produção de minério de ferro da Vale no quarto trimestre de 2020 alcançou 84,508 milhões de toneladas, alta de 7,9% em relação ao reportado um ano antes. Em relação ao trimestre imediatamente anterior, houve um recuo de 4,7%. Com isso, no acumulado do ano, a mineradora produziu um total de 300,385 milhões de toneladas, queda de 0,5% ante 2019.

Ainda no radar da companhia, a  Vale participa nesta quinta-feira de audiência de conciliação com autoridades de Minas Gerais, às 9h. Os termos financeiros para acordo de reparação ao rompimento da barragem em Brumadinho já foram definidos, e encontro servirá para entendimentos finais e possível assinatura do acerto.

Eletrobras (;)

A Eletrobras informa que o juiz Jesse M. Furman, do Distrito Sul de Nova York (EUA), rejeitou na quarta todas as reivindicações feitas contra a empresa e seus diretores na ação judicial intitulada “Eagle Equity Funds”.

“A decisão conclui que os autores da ação não apresentaram certos requisitos para suas reivindicações sob o Securities Exchange Act, incluindo danos conhecidos aos instrumentos financeiros relevantes, e não demonstrou confiança razoável nas supostas declarações falsas ou omissões dos Requeridos”, informa a empresa em comunicado ao mercado.

A decisão, acrescenta a empresa, extingue o processo e impede que os autores entrem com ação semelhante em tribunais federais norte americanos. Os autores podem optar por recorrer da decisão e/ou buscar uma medida pós-julgamento junto ao Tribunal Distrital. Em qualquer dos casos, a elétrica diz que pretende continuar a se defender até que decisão transite em julgado e, portanto, não possam ser utilizados novos recursos.

Ainda no radar da companhia, na lista das propostas prioritárias elaborada pela Secretaria de Governo e entregue ontem aos novos chefes do Poder Legislativo está a privatização da Eletrobras, que sofre resistência política no Congresso. Ela consta como objeto de uma possível medida provisória, que ocuparia o lugar do atual projeto que tramita desde novembro de 2019.

Intelbras ()

A ação da Intelbras  estreia na B3 na sessão desta quinta-feira (4).

A Intelbras concluiu sua oferta inicial de ações no final da terça-feira, movimentando R$ 1,3 bilhão. A companhia precificou os papéis a R$ 15,75 cada – perto do piso da faixa indicativa entre R$ 15,25 a R$ 19,25 por ação – e levantou R$ 724,5 milhões. Os recursos restantes – R$ 579,6 milhões – ficarão com os acionistas vendedores.

A companhia foi fundada em 1976, em Santa Catarina, quando iniciou as atividades com a fabricação de centrais e aparelhos eletrônicos.

De acordo com a companhia, que cita monitoramento Intelbras de dados de importação (Midi), atualmente, é a maior fabricante nacional de câmeras e equipamentos de segurança eletrônica e comunicação. A companhia aponta estar presente em 98% dos municípios com potencial de consumo eletrônico no Brasil e exportar para diversos países. A rede de distribuição tem 370 distribuidores e quase 80 mil revendedores.

CVC ()

Em entrevista ao jornal Valor, o presidente da CVC, Leonel Andrade, afirmou que somente com a vacinação global o setor de turismo se recuperará. Ele afirmou acreditar que, caso a vacinação seja bem-sucedida, haverá um dezembro forte pela demanda reprimida.

Hidrovias do Brasil ()

A Hidrovias do Brasil precificou nesta quarta-feira uma captação de US$ 500 milhões em bônus de 10 anos.

Os papéis, sem garantia, poderão ser resgatados a partir de cinco anos após a emissão e embutem rentabilidade ao investidor de 4,95% ao ano. De acordo com a publicação, a captação está sendo feita por meio da Hidrovias International Finance, sendo coordenada por Itaú BBA, JPMorgan, Bank of America, Morgan Stanley.

Lopes Brasil ()

A Lopes Brasil anunciou na quarta seus resultados referentes ao terceiro trimestre de 2020. O valor geral de vendas intermediado total foi de R$ 2,445 bilhões, alta de 18%. O valor geral de vendas de franquias ficou em R$ 1,152 bilhão, alta de 44% frente o mesmo período de 2019. O lucro Ebitda ficou em R$ 26,1 milhões, alta de 84%. A Margem Ebitda ficou em 52%.

Itiquira

A brasileira Itiquira, uma Spac, companhia criada com o propósito específico de fazer uma aquisição, levantou US$ 200 milhões em sua oferta de ações (IPO) na Nasdaq, a US$ 10 por ativo.

Os ativos vão ser listadas para negociação no Nasdaq Capital Market com o símbolo “ITQRU” a partir desta quinta.

Criada para aquisição no Brasil, a Itiquira teve oferta ancorada por fundos da gestora SPX. A Spac não tem um mandato setorial definido, mas vai buscar um ativo de “growth” – em setores como tecnologia, saúde, educação e serviços, que não estejam ligados diretamente a ciclos econômicos e tenham um time com histórico de gestão. A oferta da Itiquira foi coordenada por Citi e UBS.

 

BRASIL | mercados | invistaja.info – Resultados fortes do Bradesco, expectativa por acordo da Vale com MG, estreia da Intelbras na B3 e mais destaques

palavras-chave: Resultados fortes do Bradesco, expectativa por acordo da Vale com MG, estreia da Intelbras na B3 e mais destaques; invistaja.info;

Veja também:

Ministério da Saúde negocia aquisição de 30 milhões de doses das vacinas Sputinik V e Covaxin

Participação das mulheres no mercado de trabalho é a menor em 30 anos – e a pandemia é parte do problema

Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta quinta-feira – 4/2

Produção de minério da Vale tem queda de 5% e atinge 84,5 milhões de toneladas no 4º trimestre

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade