Se há tendência para taxa de juros neutra é de que seja mais alta, diz Campos Neto

Taxa neutra mantém a inflação estável em torno da meta; presidente do BC disse que autoridade vai fazer o que for preciso para atingir as metas de inflação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Se há tendência para taxa de juros neutra é de que seja mais alta, diz Campos Neto; invistaja.info;


ORVR3 | Liq.2meses: 10462500.0 | DY: 0.0 | Cresc.5anos: 0.0 | ROE: -0.1178 | P/ACL: -13.95 | Mrg.Ebit: 0.1301

ListenToMarket: Se há tendência para taxa de juros neutra é de que seja mais alta, diz Campos Neto – Áudio gerado às: 16:51:16

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

BRASÍLIA (MarketMsg) – O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou nesta quinta-feira que se há alguma tendência para a taxa neutra de juros – que mantém a inflação estável em torno da meta – é de que seja mais alta.

Ao participar de webinar realizado pelo UBS BB, ele disse que o BC não tinha um número imediato para a taxa, mas ponderou que a autoridade segue atenta às variáveis descritas em seu balanço de riscos para a inflação.

Atualmente, a mensagem do BC é de que há assimetria altista no balanço em função do quadro fiscal brasileiro, em meio à incerteza do mercado sobre a sustentabilidade das contas públicas conforme o ano eleitoral se aproxima e os desejos do governo federal de gastar mais vão sendo explicitados.

+Lucro líquido da MRV sobe 86% e vai a R$ 203 milhões no 2º trimestre

“Temos dito que olhamos para o balanço de riscos e tudo que tem impactado o balanço de riscos”, disse Campos Neto em inglês, ao ser questionado sobre a taxa neutra.

“Óbvio, quando você leva em consideração os novos dados econômicos, você começa a pensar que, se há algo, a tendência é que seja mais alta e não mais baixa, embora eu não tenha um número e não comuniquemos um número neste momento”, disse.

Em algumas ocasiões, o BC mencionou trabalhar com uma taxa neutra nominal de cerca de 6,5%, com a taxa real em torno de 3%.

Leia também:• Tesouro Direto: taxas dos títulos públicos prefixados voltam a subir e a bater máximas históricas nesta 5ª

hotWords: juros taxa tendência neto neutra alta,

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Campos Neto ressaltou que, em pesquisa do BC junto aos agentes de mercado, a maioria dos economistas manteve a taxa neutra por volta de 3%, embora alguns tenham modificado o número para algo entre 3% e 3,5%.

Mais cedo nesta quinta-feira, Campos Neto já tinha reafirmado o compromisso do BC em levar a inflação para as metas, mensagem que repetiu no webinar desta tarde.

“Mensagem principal é que vamos fazer o que for preciso para atingir as metas de inflação, para ancorar as expectativas”, disse.

Diante das pressões inflacionárias, o BC aumentou na semana passada a dose de aperto monetário a 1 ponto percentual, levando a Selic a 5,25% ao ano, e também indicou que deve adotar outra elevação de igual magnitude na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em setembro.

Desde o comunicado, o BC tem reiterado que vê a necessidade de uma Selic acima do patamar neutro para que a inflação seja domada. No mercado, agentes já passaram a ver a Selic fechando o ano em 7,25%, conforme boletim Focus mais recente.

palavras-chave: Se há tendência para taxa de juros neutra é de que seja mais alta, diz Campos Neto; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | economia | invistaja.info – Se há tendência para taxa de juros neutra é de que seja mais alta, diz Campos Neto

REFLEXÃO: Harold Pollack, da Universidade de Chicago: Guarde entre 15 e 20% e invista em fundos de índices com taxa baixa.

Notícias relacionadas:

Messi recebe parte do pagamento da contratação pelo PSG em “fan tokens”; conheça a cripto

Rio de Janeiro retoma vacinação de jovens contra a Covid-19 nesta sexta-feira

Via (VVAR3) tem bom desempenho do marketplace, mas decepção com margem faz ação cair forte: o que esperar para a empresa?

JBS tem recordes no 2º tri, mas ações caem na Bolsa: o que esperar para os próximos trimestres

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade