Startup de biometria se torna mais novo unicórnio brasileiro, após cheque de R$ 625 milhões de General Atlantic e SoftBank

Empresa de tecnologia unico atende cerca de 800 clientes com soluções como biometria para autenticação de identidade e para assinaturas eletrônicas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias do mercado financeiro

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Startup de biometria se torna mais novo unicórnio brasileiro, após cheque de R$ 625 milhões de General Atlantic e SoftBank; invistaja.info;


DOHL3 | Mrg.Ebit: 0.1083 | Cresc.5anos: 0.0575 | P/L: 19.09 | Div.Brut/Pat.: 0.07 | PSR: 3.448 | P/Cap.Giro: 5.13

ListenToMarket: Startup de biometria se torna mais novo unicórnio brasileiro, após cheque de R$ 625 milhões de General Atlantic e SoftBank – Áudio gerado às: 14:0:31

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

BRASIL | invistaja.info — A unico, conhecida anteriormente pelo nome Acesso Digital, tornou-se o mais novo unicórnio brasileiro. O negócio de proteção de identidade digital atingiu uma avaliação de mercado superior a US$ 1 bilhão após um investimento liderado pelos fundos General Atlantic e SoftBank. O aporte foi de R$ 625 milhões e também contou com a participação de Micky Malta, sócio do fundo Ribbit Capital, e do fundo Big Bets.

A nova rodada acontece menos de um ano depois do último aporte recebido pela unico. Em setembro de 2020, o General Atlantic e o SoftBank já tinham investido R$ 580 milhões no negócio. Somando uma rodada de R$ 40 milhões liderada pela Igah Ventures, o total captado pela unico é de R$ 1,245 bilhão.

Diego Martins, fundador e CEO da unico, afirmou em comunicado que o aporte coloca a empresa no caminho certo para se tornar uma big tech brasileira com inovação proprietária. O objetivo da unico é fazer a identidade digital se tornar a chave para conectar pessoas a serviços e transações do dia a dia.

+Itaú tem surpresas positivas no 2º tri e revisa projeções para cima, mas concorrência segue sendo questão para analistas

A Unico foi criada com o nome de Acesso Digital em 2007. A empresa atende cerca de 800 clientes com soluções como biometria para autenticação de identidade e para assinaturas eletrônicas. Assim, permite atividades como compras online, solicitação de crédito e contratação digital de funcionários.

Entre os clientes estão bancos, marketplaces e varejistas como B2W, Carrefour, Magazine Luiza e Vivo. A startup afirma que, de janeiro a junho de 2021, a solução de biometria facial unico|check evitou R$ 22 bilhões em prejuízos a empresas e pessoas e identificou uma fraude de identidade a cada 12 segundos.

hotWords: unicórnio milhões startup após brasileiro, novo atlantic

Anuncie no invistaja.info

“O Brasil vive uma transformação digital acelerada pela pandemia de COVID-19 e a unico tem um papel fundamental nessa transformação digital, protegendo os usuários das fraudes de identidade. Existe um futuro digital com autenticação de identidade instantânea, sem senhas e com segurança. Esperamos que a unico contribua para fazer esse futuro acontecer”, afirmou no mesmo comunicado Martin Escobari, copresidente, diretor-executivo e chefe para a América Latina da General Atlantic.

Para Paulo Passoni, sócio do SoftBank Latin America Fund, o retorno do investimento feito em setembro de 2020 pelos fundos confirma o potencial do segmento. “Em meio a uma crise tão severa, nos traz confiança ver uma empresa que triplica de tamanho enquanto desenvolve tecnologia proprietária. O ecossistema e o pipeline da unico tornam a IDtech um celeiro de inovação dentro e fora do Brasil. Por isso, continuamos a investir e a acreditar nesse novo unicórnio”, afirmou Passoni no comunicado.

A Acesso Digital trocou seu nome para unico no final de 2020, como parte da estratégia de entrar em mais segmentos e de facilitar o reconhecimento em mercados internacionais. As aquisições são uma das formas de explorar novos mercados. A unico comprou as empresas dotBR (gestão de processos digitais); Arkivus (gerenciamento digital de documentos); Meerkat (análise de imagens); Vianuvem (venda online de veículos); e CredDefense (atenticação por biometria facial). A unico tem quase 700 funcionários.

palavras-chave: Startup de biometria se torna mais novo unicórnio brasileiro, após cheque de R$ 625 milhões de General Atlantic e SoftBank; invistaja.info;

BRASÍLIA | negocios | invistaja.info – Startup de biometria se torna mais novo unicórnio brasileiro, após cheque de R$ 625 milhões de General Atlantic e SoftBank

REFLEXÃO: Harold Pollack, da Universidade de Chicago: Guarde entre 15 e 20% e invista em fundos de índices com taxa baixa.

Leia também:

Por que as ações da Marcopolo (POMO4) caem até 7% apesar do lucro saltar mais de 3.600% no 2º tri?

Itaú tem surpresas positivas no 2º tri e revisa projeções para cima, mas concorrência segue sendo questão para analistas

Encomendas à indústria dos EUA sobem 1,5% em junho ante maio

Presidente da SEC defende regulação rígida sobre criptomoedas para proteger investidores

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade